sábado, 22 de dezembro de 2007

Um amigo...

Para as minhas amigas, amigos (e até pessoas consideradas mais normais) que não estão lá muito entusiamados com esta coisa do Natal, canções de Natal, prendas de Natal, decorações de Natal, famílias (só) de Natal... que tal ficar mesmo só pelos amigos?
Este moço (agora já não é) explicava bem o princípio da "coisa" nesta cantiga com alguns, vá lá, muitos anos e com uma convidada de luxo, a Carole King (ao piano), que é "apenas" a autora da letra e música da canção!...
Aqui vai a versão dele, James Taylor (dizem que é a mais famosa... )
Eu gosto igualmente da versão da autora, no álbum "Tapestry" de 1971.

James Taylor - You've got a friend (1971)
Carole King

11 comentários:

Rui Vasco Neto disse...

sam,
papei tudo, duas vezes.
voz limpinha, sem os roucos que os anos lhe puseram e compuseram a voz. que inveja. o mesmo james, claro. mas mil novecentos e setenta e um, ou seja, há... deixa lá, pronto.

porra, também estou velho.

Maria disse...

Obrigada pela cantiga..... tantas vezes cantada, e tão pouco cantada...

Meg disse...

Pois é...como é bom recordar!
Ou muito me engano ou anda por cá uma onda revivalista.
Não é muito bom sinal, meu caro, mas somos uns felizardos. Temos memórias.
E a juventude de hoje, daqui a 30 anos...?

Um abraço

avelaneiraflorida disse...

Caro Samuel,

"brigados" por esta canção!!!! É sempre bom recordar...e os amigos merecem SEMPRE!!!!

Bjkas!!!!!!

amigona avó e a neta princesa disse...

Faz bem recordar...

Mocho-Real disse...

James Taylor, um grande intérprete que morreu demasiado cedo,não foi?

Um abraço.

samuel disse...

Mocho Real

Infelizmente, quem "morreu" foram os nossos programadores de rádio e televisão...
Felizmente o James Taylor não só está vivo como em actividade, senhor de todas as suas qualidades e com CD editado este 2007.
Felizmente!

Magnolia disse...

Uma canção que me traz muita saudade... ouvi-la hoje deixa-me melancólica e um pouco triste. Vem-me à ideia a imagem da amizade verdadeira (que parece já não existir), sem atropelos, sem mentiras e sem competição. Apenas sincera e leal. Tempos vividos que nos trazem nostalgia. Hoje, gostava de poder viajar no tempo e regressar aos bancos do secundário... só para matar saudades.
Boas Festas a "quem não precisa de
esperar pelo Natal para ser
melhor pessoa". :)
Um beijo.

Mar Arável disse...

Não existem amanhãs sem memórias

abraço

gaivota disse...

james taylor, bom intérprete, deixou de ser ouvido, deixou-se "morrer" o seu som!
que pena, que tristeza...
acontece com tantos e tão bons cantadores de coisas lindas!
beijinho

gasolina disse...

Grande som!
Sempre!

Abraço