domingo, 11 de janeiro de 2009

Bach, Busoni e Helena




Esta jovem pianista nascida em 1969, é já uma glória do piano “tocado em francês”. Percorreu a verdadeira via sacra que todos os músicos de excepção ostentam nas suas carreiras, uma vida totalmente cheia de horas, dias e noites, imoladas no altar da arte que escolheram, via sacra que (por vezes) os compensa com fama, prémios, fortuna e em casos mais raros, até felicidade pessoal.

Há alguns anos, quando se cruzava com um desconhecido que passeava pela trela, num parque, uma jovem loba, os seus olhos afundaram-se nos olhos da “fera” e algo de muito estranho aconteceu entre as duas, que a mudou. Vinda de uma adolescência problemática, adolescente inadaptada salva pela música, como admite, a sua vida ganhou mais um sentido, tão forte como a música, a convivência com os lobos. Para isso, criou uma instituição de protecção daqueles animais, hoje já com uma razoável dimensão, onde passa a maior parte do tempo que a música lhe deixa livre, amando e sendo efusivamente amada pelas suas “feras” que não poupam nos carinhos que lhe dão e exigem, nem nas cenas de ciúmes encenadas como lutas, “feras” que alimenta de mãos nuas, as mesmas com que toca piano, para desespero de empresários musicais e aflição dos amigos. Acredita que é dos lobos que bebe a energia com que enfrenta a vida pessoal e artística.

Construiu a sua personalidade de intérprete à sua maneira, obsessivamente, construindo uma voz original e fugindo ao mundo, tantas vezes cruel, dos concursos de piano, que acaba por formatar tantos dos pianistas que saem para o “mercado”.

No vídeo que se segue, toca-nos a sua versão muito pessoal da peça “Chaconne”, ela própria uma reinvenção escrita pelo compositor Busoni, a partir de uma composição de Bach.

Dizem alguns entrevistadores que falaram com ela, que tem (como os seus lobos) uns olhos muito claros e intensos, que desde que se fixam no seu interlocutor, nunca mais se desviam.

Chama-se Hélène Grimaud, é francesa e (acho que já disse) toca piano.

Bom Domingo!

"Chaconne" - Hélène Grimaud
(Bach / Busoni)


6 comentários:

oasis dossonhos disse...

Um muito bom ano de 2009 com saúde e criatividade. O blogue da Aldraba mudou de endereço.
http://associacaoaldraba.blogspot.com/

Caim disse...

Samuca, você nos esqueceu de dizer se ela é casada ou tem compromisso. Como sou um tolo e a música erudita não me cai bem (sempre durmo), não tenho ouvido sensível, a fera aqui prefere mais a sereia do que a música. Belíssima!

Anónimo disse...

Obrigado pelos belíssimos momentos que nos proporcionou.
Belo presente de Domingo!

duarte disse...

bela....e selvagem
abraço

salvoconduto disse...

Toca, toca piano e Bach vai bem nos seus dedos, Busoni também deu uma ajuda. Sabe bem neste domingo.

Obrigado

Da Naia disse...

Fiquei fã de H.Grimaud logo na primeira vez que a ouvi. É nova ainda mas o tempo a vai tornar fabulosa. Vai ser uma das primeiras figuras mundiais.
Bem hajam
www.edanaia.com