quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Fátima Felgueiras




Esta mulher vai sendo repetidamente indiciada, acusada, julgada, até já foi condenada. Talvez volte a sê-lo... e ri. Ri sempre. Este riso meio apalermado, que não se sabe bem se é para gozar com a cara das pessoas, se é indigência mental.

Não haverá alguém, eleitor de Felgueiras, Juiz, sei lá... alguém, que consiga tirar-lhe este sorriso da cara?

Felizmente, aqui onde moro, não temos que lidar com este problema. Nem de carácter, nem de “grandes superfícies” decotadas. A pessoa que dirige o nosso Município é séria, competente, bastante discreta, veste com bom gosto... e chama-se Carlos.

15 comentários:

Prec disse...

Samuel, olha que te invejo! Acredita que há muitos outros como a fatima de felgueiras e com muito menos problemas judiciais. E recandidatam-se e são reeleitos ... foi este o mesmo povo do 25 de Abril? enganaram-se ...

Maria disse...

... e eu que me ia "meter" contigo por causa do frio que a senhora deve sentir nestas fotografias... mas tu falaste...
A mulher anda a gozar-nos, a todos!

Sabes quem dirige o município onde vivo? Pois, é ainda o mesmo...

Abreijos

Anónimo disse...

Caro amigo, devia ser mais solidário com quem não tem a sua... como dizer, sorte.
É que eu resido em Gondomar.....
Um abraço a todos, e um conselho: Não desistam de participar e escrutinar diariamente o trabalho dos vossos autarcas!!!
A democracia é isso mesmo. Não é votar e deixá-los em roda livre....

Aristides disse...

A reciclagem no Brasil fez-lhe bem.
Ela ri porque a vida lhe corre bem, como a todos os passarões que pululam neste país cada vez mais triste e cinzento. Para quando uma reviravolta, daquelas grandes?
Abraço

Fernando Samuel disse...

Cá pelos meus lados... a diferença é que este não ri tanto como a Fátima nem se desnuda assim em público...


Um abraço.

Carlos Duarte disse...

Estou solidário, com o anónimo gondomarense (pois cacique por cacique), antes a dita de "grandes superfícies" que o "quantos somos..." dos apitos...
É este o mesmo povo do 25 de Abril, que vota, elege e alimenta, com o fruto do seu trabalho, esta fauna!!!
Porquê?

Carlos Duarte

Swt disse...

Ora!!! Se não é a Fátinha...
É mesmo!

salvoconduto disse...

Com que então Fátima Felgueiras? Eu já tenho a minha Cruz e chama-se Valentim Loureiro, alguém o quer para a troca?

samuel disse...

Prec:
Anda de facto muita gente distraída...

Maria:
Não me canso de lhe “isaltar” as qualidades.

Anónimo:
Realmente... em Gondomar não é fácil!

Aristides:
Se lhe vão tirar o tapete, ela ainda não deu por isso. Por enquanto ri com gosto...

Abreijos per tutti

samuel disse...

Fernando Samuel:
Pronto... já é alguma coisa!...

Carlos Duarte:
E é de estar! Realmente, antes as “grandes superfícies”.

Swt:
Em todo o seu esplendor!

Salvoconduto:
Olha outro gondomarense!... Passo.


Abreijos colectivos.

Nuno Góis disse...

Se fossem todos como o carlos!...

BlueVelvet disse...

É claro que é a gozar connosco. E se quer que lhe diga tem toda a razão. Pois a mulher pinta a manta e está sempre na maior. Não havia de se rir.
Ah, outra coisa: se puder sair por uns instantes do doce sossego do lar, dê um salto ao Bluvelvet. Tem lá lá umas distinções para levantar.
Abreijinhos

do zambujal disse...

Regressado ao Zambujal - onde não há sequer uma "venda" -, encontro estas amostras de grandes "superfícies" para impressionar o pagode com o sorriso "cheese" p'rás fotos. Ao contrário do que sempre me faz as tuas mensagensa, mesmo sobre aaauntos (ainda) mais escabrosos, desta vez não me deu para rir. Fiquei assim: triste! É que isto das estéticas, ligadas às éticas...
Ou, como dizia o Ruben Fonseca: deste mundo prostituto só guardo saudades do meu charuto!
Um abraço amigo

jrd disse...

Tem um sorriso vertical até ao umbigo...e sem dentes.

samuel disse...

Nuno Góis:
Há bastantes, felizmente.

BlueVelvet:
Rirá melhor quem rir no fim...
Lá irei!

Do Zambujal:
É uma comedia triste, companheiro.

Jrd:
O que não ajuda nada...


Abreijos colectivos.