sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Os crimes "acidentais"





Nos últimos vinte dias os criminosos de guerra de Israel já assassinaram para cima de mil palestinianos, mais uma vez, na sua maioria, civis e centenas de crianças e feriram vários milhares, destruindo, de passagem, casas particulares e toda a espécie de infra-estruturas que poderiam permitir uma “espécie” de vida normal naquele lugar. Fizeram isto em “resposta” às várias centenas de rockets que foram lançados sobre o Sul de Israel nos últimos oito anos, causando doze mortos e pouco mais de cinquenta feridos. No decorrer do actual massacre, as baixas israelitas limitam-se a cerca de dez militares e um ou dois civis.

Da mesma forma que existem desequilibrados mentais que tentam convencer o mundo de que isto são números próprios de um conflito equilibrado, também não faltará quem nos queira fazer acreditar que esta destruição “cirúrgica” da ajuda humanitária foi acidental.

14 comentários:

salvoconduto disse...

Vi hoje um vídeo em que se cantava e dançava em Nova Iorque de contentamento por estes números...

Abraço

Anónimo disse...

Li bem? Um hospital também?

A imprensa estrangeira deve ser para não virem contar….

Médicos acusam uso explosivo experimental por Israel em Gaza

Dois médicos noruegueses que passaram dez dias na Faixa de Gaza disseram hoje suspeitar que o exército israelita utiliza uma arma pouco conhecida chamada DIME (Dense Inert Metal Explosive), que produz uma explosão muito poderosa num raio limitado.
Creio que há uma forte suspeita de que Gaza está actualmente a ser utilizada como um laboratório de ensaios para novas armas", declarou Gilbert.
Gilbert citou estudos segundo os quais os ferimentos causados pelas armas DIME podem causar cancros mortais em apenas meses.

http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/491478

Israel atacou hoje o edifício-sede da UNRWA, o hospital Al Qduds e um complexo de escritórios de vários órgãos da comunicação social árabes e ocidentais.

http://aeiou.expresso.pt/israel_bombardeia_predio_...=f492048

Dona Sra. Urtigão disse...

O que dizer dessa situação. Crimes, crimes, a espécie mais irracional é que foi capaz de desenvolver tecnologias extremamente cruéis e tão letais. Acabo por ter que acreditar que a vida não é só isso, tem que haver um porque.

Maria disse...

Eu já não tenho palavras para comentar este post. Apenas uma dor muito grande, cá dentro...

Abreijos

Antuã disse...

Que essperar dos SS, Soldados Sionistas?

Rosa dos Ventos disse...

Um nojo!

Abraço

cicuta disse...

Uma pequena correcção os misseis sobre Israel, nunca saberemos quais foram sobre Israel de 1967 e quais sobre território "legalmente" palestiniano, mas penso (até devido ao curto alcance destes) que poucos devem ter caído no Israel "legal" isto se existe Israel "legal". Um país fundado por terroristas... Espero que Marrocos não reivindique o território a Sul do Douro, só sairão de cá há 900 anos.

Hoje ouvi na antena 1 "Llanto para Alfonso Sastre y todos" que saudades.

Abraço

Justine disse...

E irão parar, esses criminosos, ou irão até à destruição total do povo??

Ana Camarra disse...

Samuel

Juro-te que já nem consigo processar essa informação, doi-me logo o estomago!

beijos

Anónimo disse...

Imagino que os nazis originais (os do Hitler), se pudessem cá voltar, ficariam espantados com o grau de crueldade que estes filhos e netos daqueles que por pouco não exterminaram totalmente foram capazes de atingir. Estes novos selvagens, matam com requintes de malvadez, num desafio nunca antes visto à humanidade, permanentemente renovando tecnologias guerreiras, não só mais sofisticadas mas, sobretudo, causadoras de maior dor e danos físicos e morais às suas vítimas inocentes. Um dia chegará em que, tal como os seus anteriores algozes, haverão de prestar contas e, espero, dessa vez, sejam devidamente punidos. Até lá, todos os que repudiamos este horror e esta canalha criminosa, não devemos perder a mínima oportunidade de denunciar estes carrascos da espécie humana.

Joao Carlos disse...

Samuel, tu daí, com SEIS POST'S de indignação e denúncia e nós daqui com 92 COMENTÁRIOS, emitidos desde o inicio do monstruoso crime que os judeus praticam diariamente na Palestina, dizia eu nós, JÁ FIZEMOS MAIS e DENUNCIÁMOS MAIS que qualquer dos dirigentes das democracias livres, capitalistas, "defensoras dos direitos humanos", defensores do livre mercado, da terra das oportunidades, do salve-se quem for malandro e de sei lá mais o quê, que eles se apregoam.
Nós sempre soubemos que Israel iria assassinar todos os que aparecessem pela frente. Por isso alertámos e denunciámos.
Com direito ainda vêem falar de genocídio e tocar trombetas a comemorar, do Gueto de Varsóvia, dos campos de concentracao, das perseguicoes. Nao se entende este povo que sofreu e agora só tem ódio para mostrar ao Mundo.
Bem Haja POvo de ISrael, POvo escolhido por deus para espalhar a desumanidade sem limites. Vao todos pró Céu, tá mais que visto.

Fernando Samuel disse...

E no entanto têm vindo a público grandes preocupações pelo facto de os média... «estarem a favorecer escandalosamente os palestinianos»...


Um abraço.

Prec disse...

nem os media conseguem deixar de mostrar o que é óbvio: estão a dizimar os palestinianos. Há um grande dsiquilibrio entre as forças envolvidas e, o que nos choca a todos, um total desrespeito pela vida humana.
Que raio de mundo é este!!!

superior disse...

hermes birkin bag
hermes birkin
hermes bag
hermes handbags
gucci handbags