sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Brando país




Enquanto as muitas vítimas dos pedófilos do famoso "Processo Casa Pia" esperam indefinidamente para verem o seu caso avançar nem que seja uns centímetros, enquanto o país vai descobrindo a conta-gotas as manobras dos "santarrões" que geriam o BCP para roubarem o estado e os clientes, enquanto grandes médicos necessitam de muitos milhares de euros de "incentivos" para fazerem operações, quais vedetas do bisturi, enquanto se vêem "saír" inexplicavelmente das áreas protegidas e reservas ecológicas, milhares e milhares de hectares de território que é prontamente ocupado por empreendimentos turísticos e afins, enquanto (desgraçadamente) temos que continuar a encarar todos os dias com os "projectos" de José Sócrates (não, não estou a falar das célebres casas), nós lá vamos, levados... levados, sim!
Todos? Não. Ainda há gente com quem "não se brinca". Os intrépidos escuteiros!
Uma empresa de electrodomésticos e similares, aceitou retirar da comunicação social uma campanha de publicidade, que dava pelo nome genérico de "A Parvónia", constituida por vários anúncios e que lhes deve ter custado uma fortuna, porque os escuteiros protestaram, alegando que a dita campanha os "punha a ridículo".

Apenas duas observações:
1. A retirada da campanha é uma coisa boa, há que o admitir, já que os anúncios eram uma bela bosta.
2. Além de má, a campanha era algo redundante, pois uma boa parte dos escuteiros que tenho visto ao longo da vida, não precisa da "ajuda" de nada nem ninguém, para cair no ridículo.

16 comentários:

GR disse...

Aqui está um tema que é raro ser abordado em post. Os escuteiros!
Vejo-os ao fim de semana na estação. Ridículos homens gordos de calções, cajado na mão enviando olhares duvidosos, piropos cretinos e alguns beliscos a jovens esguios também eles de calções, também eles ridículos. Lembra-me a mocidade portuguesa, treinada por antigos legionários. Vêm-se centenas de crianças e jovens, filhos e netos de todas as correntes políticas. Hoje é moda, “os meninos precisam de convívio!” Sei que lhes ensinam/falam dos horrores que os comunistas fizeram ao longo dos anos (!) .
Enquanto estes milhares de jovens e crianças aprendem ao fim de semana os males do comunismo. Sócrates e os pss vão cantando e rindo, com o adormecimento do Processo da Casa Pia. Enganam-se!
http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html
A justiça tem que ser feita!

Mais um excelente post.
Desculpa ter sido tão extensa.

GR

Fernando Samuel disse...

Não sei porquê, mas enquanto lia o teu excelente post, pensei cá para mim que o Sócrates e os do BCP e os etc, começaram com o escuteiros...

amigona avó e a neta princesa disse...

Estou contigo Samuel! E o pior nem é o ridículo. Então e os valores? As práticas, pretensamente cristãs,boazinhas? E o reacionarismo? E o anticomunismo'!!!!!!!!!
Hoje é dia de aniversário! Aceitas uma fatia de bolo?! Abraço...

vovó disse...

digamos que as ditas "criaturas", até são bastante racistas.sei-o, por experiência no "terreno".
témi.

Sérgio Ribeiro disse...

Foi bom e útil, como sempre, ler-vos (a ti, cantigueiro-blogueiro, e aos dois comentadores).
Só se me levantou uma dúvida ou preocupação: a reacção a uma (ex)posição como esta, nossa, daqueles que, de boa-fé, aderiram aos ecuteiros e nestes encontram o espaço que não encontraram e que procuram para as "boas acções" (não as outras!). E é essa, sobretudo, a nossa tarefa: mostrar-lhes que não é ali, e com "aqueles", mas noutros espaços que existem e que estão cercados por "cordões sanitários" de desinformação e boicote.
Isto é só uma reflexão, neste post que apela à reflexão.

beta disse...

Reconheço que sou pouco dada ás "internetes", razão pela qual descobri os blogues há pouco tempo.E durante a época de exames retirei-me um bocado,embora o vicío me faça dar uma espreitadela diaria.Mas entre testes,trabalhos com prazo marcado,emprego,partido (e demais tarefas),filha e umas horitas a dormir,fiquei longe deste mundo desde Dezembro. Ontem regressei!! E, ao partilhar o magnifico "O tempo das cerejas" com a minha filha, encontrei o Cantigueiro!Caramba homem!Eu já era uma fã incondicional do Samuel/Cantor mas ADOREI o Samuel/Cantigueiro! Foi rir à farta com a minha filha e voltar a rir quando voltavamos a trás.Pronto,agora tens-me à perna todos os dias! Tu e os outros blogueres que pertencem ao bando dos que sonham,claro!! Gostei de te (re)conhecer Samuel. Um abraço.
Beta

Anónimo disse...

Eh, éh, éh, éh, gostei do ponto 2 das observações!
Mas, vou abester-me de comentar, apenas pelo receio de ser mal interpretado.
O assunto, é melindroso, pois meche com alguns interresses reais, que por sua vez, geram oportunismos duvidosos!
E...por aquí me fico!
Um abraço
José Manangão

o terrorista disse...

Sobre escuteiros, lembro-me sempre da velha definição do Juca Chaves: «Um grupo de meninos vestidos de imbecil comandados por um imbecil vestido de menino». Ná. Fardas são fardas, não gosto, pronto.

samuel disse...

Sérgio

Tens razão. Por isso é que eu digo que é "só uma parte dos escuteiros..."
Claro que deve existir gente interessante, a começar nos padres e a acabar nos miúdos e miúdas. Acho é que é uma pena não canalizarem a energia e vontade de fazer coisas, para se ligarem a colectividades populares, organizações ambientais, de solidariedade social, etc, etc. Não éra preciso entrarem naquela santarronice fardada do pateta Baden-Powel, para se tornarem "bonzinhos".
Já que falei em colectividades, Sérgio, lembras-te de quando a malta estava a sério nas ditas... e uns faziam teatro e outros música e outros secções de cinema e fotografia, que acabavam a ser verdadeiros cineclubes, com conversas sobre os filmes e as músicas e os "teatros"...
Não estaria na altura de redescobrir as colectividades?

samuel disse...

Beta

Pois então, bem-vinda!
A casa é tua, aparece sempre.Obrigado por teres gostado...

Abreijos

Ana M. disse...

Pois cá estou eu contra a corrente de todas as opiniões aqui expressas.
Tenho uma filha, hoje já casada e mãe, que pertenceu à Associação Guias de Portugal. Uma organização ligada aos Escuteiros.
NUNCA me constou que ali se perdesse tempo a dizer mal de comunistas ou outros. Aprendia-se, sim, o convívio são, o amar a natureza, a solidariedade, o companheirismo, a ajuda aos mais fracos. A minha filha pertencia a estes últimos.
E ali obteve uma ajuda que se revelou essencial na formação do seu carácter. Isso estende-se até aos dias de hoje.
Em todas as associações há bons e maus.
Generalizações são sempre de evitar para não incorrermos em injustiças.

Quanto ao anúncio em causa, é parvo como todos os outros do Media Markt.
Não tinha que ser censurado.

Abraço

samuel disse...

Sininho

Lá está! Exactamente por isso é que eu escrevi "uma boa parte dos escuteiros que tenho visto ao longo da vida, não precisa da "ajuda" de nada nem ninguém, para cair no ridículo".

Em tudo é preciso ter sorte... até para acertar com as excepções e a "gente boa". Parabéns!
Eu, mesmo não tendo nunca pertencido aos escuteiros, nem podia, por não ser católico, fui encontrando de tudo. Um ou outro padre que era uma pessoa normal, instrutores, ou lá como se chamam, que eram "tipos porreiros", mas o grosso da coluna foram salazaristas, reaccionários em geral, gente retrógrada a impingir "princípios e valores" retrógrados aos miúdos e a cereja no bolo... alguns pedófilos.
Azar o meu! Mais propriamente de alguns desses miúdos do "meu tempo".
Se calhar agora está tudo muito mudado!...
Mesmo assim uma graçola a propósito dos anúncios idiotas do Media Markt, nestas condições, é desculpável.

Templo do Giraldo disse...

http://templodogiraldo.blogspot.com/


Passem por aqui e comentem. SAUDAÇÕES.

Pata Negra disse...

Um abraço de um escuteiro que nunca foi escuteiro de farda e de chapéu colonial, que andou sempre por aí tentando ser bom sem ser por cartilha. Os escuteiros são como as cobras de água, não fazem mal mas causam impressão!

Luis Eme disse...

Os meninos estão cheios de poder... (não terá sido o opus dei?)

Anónimo disse...

Há coisas que não entendo. Então os escuteiros são ridículos? O meu amigo sabe que o escutismo é a maior organização juvenil do mundo? Só o Cantigueiro é que é esperto?

Joaquim Ferreira