terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Cavaco, sem surpresas...






Por notória falta de inteligência política e igualmente, falta de “têmpera”, Aníbal Cavaco Silva resolveu não pedir ao Tribunal Constitucional que se pronunciasse sobre duas ou três minudências do Estatuto dos Açores com as quais não concorda. Não tivesse ele tido medo de que o TC não o apoiasse e talvez, como tantos analistas e constitucionalistas, este lhe tivesse dado a razão que (neste caso) parece ter. Assim, teve de provocar uma tempestade institucional, ancorado no que parece, aos olhos de muitos portugueses, apenas uma birra, numa altura em que tantas coisas mais urgentes haveria para resolver no país.

Por notório oportunismo político, José Sócrates, que até agora se tinha servido descaradamente do "perfeito entendimento" com Cavaco, para esmagar o pouco que o PSD tivesse e que ainda se pudesse chamar de oposição ao Governo e, de passagem, subtrair-lhe um terço dos eleitores, resolveu, sob a ameaça real de pesadas perdas eleitorais entre os seus simpatizantes mais à esquerda e até de militantes e dirigentes, exibir exuberantemente as suas “divergências” com Belém, na esperança de que isso ainda venha a tempo de lhe avivar as tão desbotadas cores “socialistas”.

Já estamos em campanha eleitoral! Sócrates encontra todos os dias meios para dar, emprestar, inventar, prometer, tudo o que até agora era "impossível, irresponsabilidade, demagogia da oposição". Cavaco fará tudo para com razão, como no caso do Código do Trabalho (embora tenha ficado curto), ou sem ela, como no assunto do divórcio, por exemplo, estorvar, sabotar, promulgar as leis só à segunda ou terceira tentativa, com os atrasos que se adivinham... e ainda assim dizer que são absurdas.

Para ajudar ao circo, temos os analistas que defendem que o Presidente devia dissolver o Parlamento e convocar eleições. Uns, como Santana Lopes, por pura indigência. Outros, mais ligados aos vastos interesses “socialistas”, porque vêem esse acto de “agressão” por parte de Belém como a grande hipótese de, vitimizando-se, o PS garantir a maioria absoluta que vê desmoronar-se mais um pouco a cada dia que passa.

O que é que se poderia esperar da coabitação de um Presidente da República e de um Primeiro Ministro, igualmente arrogantes, igualmente mesquinhos, igualmente calculistas e sobretudo, igualmente incultos e sem ideologia que se conheça?

Isto, exactamente! Sem surpresas!

20 comentários:

Maria disse...

Foi uma tristeza.
É uma tristeza...
(para além de outras expressões que me recuso a escrever aqui, afinal é a tua casa...)

Abreijos

salvoconduto disse...

Ao que parece, nesta fase, já não podia enviar o estatuto ao TC.

Quanto ao resto não nos "preocupemos" que no essencial eles entendem-se.

samuel disse...

Salvoconduto

É o que eu digo... Não o mandou quando podia, por falta de coragem quanto ao resultado e confiou no braço de ferro. Ficaram todos mal na fotografia, ou quase todos, pois honra seja feita aos deputados da CDU, estes votaram a favor do Estatuto, antes e depois, mas desde o princípio disseram que aqueles artigos, exactamente, deixavam muitas dúvidas.

Abraço

Sal disse...

Post muito pertinente. Só não concordo com o ponto "(...)sem ideologia que se conheça". Porque há nisto tudo, neste pacto, chamemos-lhe assim, algo muito premeditado, e eles os dois estão ao serviço de uma ideologia: o capitalismo selvagem, o grande capital ordena e Sócrates e Cavaco cumprem. Eles sabem muito bem que senhor servem, e onde querem chegar! Conhecemos bem a sua ideologia, infelizmente. Estamos a ser vítimas dela!
beijinho para ti e para a Vovó

BlueVelvet disse...

Concordo com quase tudo o que diz, excepto numa coisa que me preocupa e deveria preocupar toda a gente:
mudar uma lei prevista na constituição através de uma lei ordinária é grave. Abre um precedente grave. É disso que se trata. Não é do Estatuto dos Açores. Por mais que não concorde com outras coisas que Cavaco faz, ele aqui tem razão.
Qualquer dia, por dá cá aquela palha, um qualquer Governo não lhe agrada qualquer coisa na CRP e como tem maioria no Parlamento, nem pensa duas vezes. E as revisões constitucionais, ficam onde?
Abreijinhos

samuel disse...

Sal:
Espero que acredites que o meu "sem ideologia que se conheça" é irónico. O presidente do conselho, começou no PPD e está onde está, não tendo, ou pelo menos, não usando um pensamento político que se veja para fazer valer os seus pontos de vista, apenas o trauliteirismo.
O Cavaco, foi parar à frente do PPD por acaso e é apenas um reaccionário sem doutrina, só as contas o fazem mover.
De resto, penso que a ideologia que lhes atribuis, praticada como um a praticou enquanto PM e agora como PR e o outro, como actual PM, não é ideologia! É canalhice!!! :-)))

Abreijos

Blue:
E eu lá disse, na linha nº não sei quantos, que neste caso (por muito que me custe admiti-lo) o homem "parece ter razão" e disse "parece" por reconhecer a minha condição de analfabeto legal ao pé dos eminentes constitucionalistas, cujas opiniões se dividiram sobre o assunto. Mesmo assim, pendo para o lado da inconstitucionalidade da coisa... e se alguém volta a obrigar-me a escrever "inconstitucionalidade", hoje, dá-me uma coisa má!

Abreijos

cs disse...

E Gaza?

Aristides disse...

Será que a maioria absoluta se esboroa diariamente? Não sei se hei-de acreditar nas sondagens, mas o que é certo é que o nosso primeiro se mantém quase incólume depois de tanta asneira, tanto ataque aos trabalhadores, tanta trapalhada.
Será mesmo? Seremos um povo de masoquistas?

Ana Camarra disse...

Para me poupar á expectativa, não vi, não ouvi....
Tenho por ele a mesma consideração que tem por mim.

duarte disse...

o aníbal e o zé...tudo farinha do mesmo saco.
este manteve-se quase sempre calado,o outro tem sido uma presença constante.
agora, para équilibrar a balança, vem-me este "fantoche" com manobras de diversão...
quanto a sondagems, não acredito em sondagems...a margem daqueles que não sabem,não votam ou não se pronunciam é muito elevada.
vamos avisar a malta, que o resto acontecerá com a maior das naturalidades.mais um bom post.
abraço do vale

Fernando Samuel disse...

E, também sem surpresa, um dia destes voltam a cair nos braços um do outro...


Um abraço.

Estafermococus disse...

Tão diferentes e tão iguais, estes dois. Pai e filho em desavença.

CRN disse...

Prisão!

fotógrafa disse...

Já nem perco tempo a ouvir e ver o homem do bolo rei...rsrsrs
Obrigada pelo carinho demonstrado ao longo deste ano, no meu humilde cantinho…
Nesta passagem de mais um ano, o que desejo para ti sinceramente é que SEJAS FELIZ!!!...
abraço

Pata Negra disse...

Entre Cavaco e Sócrates não meto a colher, um disse um dia que não lê, o outro não me consta que alguma vez tivesse escrito alguma coisa!
Estatutos! Estatutos! Isso come-se?!
Antes que chova, para o PS vinham mesmo a calhar as eleições!
2009 não me assusta.
Um abraço pronto para o que der e trouxer 2009

Nocturna disse...

É isso, meu caro Samuel, como diz o Duarte , zé e aníbal são tudo farinha do mesmo saco, agora fazem uma birrinha e a seguir caem nos braços um do outro . Eles nem precisam de ideologias para se entenderem, eles só obedecem ao rei cifrão.Estão-se burrifando para nós, para a Constituição que ambos juraram respeitar e da qual só falam quando lhes convém . Até às eleições ainda vamos ter surpresas muito interessantes destes dois. Infelizmente quem ganha as eleições já todos sabemos , só falta saber por quanto, para fazer-mos apostas acerca de com quem o PS vai fazer alianças.
Procurem nos «suspeitos» do costume.

Antuã disse...

eles são uma e a mesma coisa. Apenas lacaios e incultos. as sondagens merecem-me tanta credibilidade como a bruxa de Fermelã.

Anónimo disse...

MENSAGEM DE ANO NOVO

Como mais um cidadão deste País à beira da ruína, quero deixar aos que tiveram paciência para me ler, a seguinte mensagem, que este ano que começa nos traga Paz e Saúde, que é o binómio fundamental para a harmonia entre os povos; não quero deixar de salientar que sem ilusões a vida não faz sentido, já que a vida é uma ilusão:
QUE CAMBADA
E isto assim é que é
à política me refiro
O Cavaco deu no pé
sem a pistola um tiro!
-
E nisto já me baralho
Vê lá não t'enganes
já o apoiou Ramalho
direi que foi o Eanes!
-
E César dos Açores
é de lá o imperador
ora vejam Senhores
deu bala a professor!?
-
Já falou Jorge Lacão
e não quis comentar
qu'o Chefe da Nação
a seu povo deve falar!
-
e um Vitalino Canas
manda canas pró ar
como certos sacanas
a foguetes estoirar!
-
disse o Dr. Marcelo
não, sem um deslize
a bater seu martelo
à tal coisa da crise!?
-
Da Madeira, Jardim
acha inconstitucional
mas ele diz por fim
que isto cá vai mal!
-
Alegre cumprimenta
A Cavaco faz-se a piso
atirando só a pimenta
e esboçando o sorriso!
-
e os doutores de leis
que fazem a doutrina
falam como uns reis
qu'a matéria domina!
-
só sei que o tabaco
com a sua proibição
ficou como Cavaco
gostam e outros não!
-
do País sua imagem
suja e mui manchada
paga mais portagem
a toda esta cambada!?
-
não quero ser verde
tão pouco comunista
mas toda gente perde
meu voto lá na lista!
-
Pisco

costume jewelry disse...

i agree your idea ! very nice blog

alerts disse...

dolce bag
dolce gabbana handbags
dolce gabbana bag
dolce gabbana handbag
balenciaga bag