quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Grécia. Aqui tão perto...




Costas Karamanlis, de seu nome completo Konstantínos Aléxandru Karamanlís, ou, para quem se quiser ver grego para ler o nome, Κωνσταντίνος Αλεξάνδρου Καραμανλής, é dirigente do partido da direita conservadora “Nova Democracia” e actualmente, Primeiro Ministro da Grécia. Vários anos de políticas erradas na condução do país têm feito da Grécia um barril de pólvora, com as novas gerações praticamente privadas de esperança no futuro. O desastroso Governo deste senhor Costas, somado à sua clientela mergulhada até ao pescoço em casos de gravíssima corrupção, pioraram a situação exponencialmente. A morte recente de um jovem (morto pela polícia) foi a faísca que faltava.

Todos temos seguido os acontecimentos. Não é isso que me faz escrever este texto.

O senhor CostaKaramanlis, num discurso à Televisão Pública e mostrando que tem andado a ler pela mesma cartilha dos nossos Constâncios, Dias Loureiros e associados, declarou que “não se tinha apercebido da gravidade dos casos de corrupção” (!!!). Pediu desculpa aos cidadãos gregos e diz que “assume totalmente a responsabilidade política que lhe cabe”.

E pensam vocês: portanto, demitiu-se. Aí é que se enganam!... Claro que não se demitiu!

Estes gregos são ou não são um “pessoal” muito parecido connosco?

Observação: O ar aflito e urgente com que alguns dos nossos “grandes”, como Soares e outros, alertam para o perigo de “esta coisa” da Grécia poder alastrar pela Europa e até (cruzes!) chegar a Portugal, se não se der depressa muitíssima atenção às desigualdades e instabilidade social, mostra como alguns desses nossos “grandes” não têm um meio termo entre o “autismo arrogante” e o “borrar-se nas calças”.

13 comentários:

duarte disse...

já o disse a partir de agora vou mandar vir acendalhas da grécia....
duarte a juntar lenha

Maria disse...

Ele não percebeu (não sabia) e até pediu desculpa... onde é que eu já ouvi isto?

Abreijos

salvoconduto disse...

A cartilha realmente é a mesma. O governo francês que estava para pôr cá fora uma lei dirigida para os alunos resolveu adiá-la por um ano dada a situação que se vive na Grécia. Por cá também temos uns quantos "Costas".

Abraço.

GR disse...

Os cúmplices, covardes e os traidores da Democracia tremem.
Afinal, move-se! o povo quando quer grita!
Os Constâncios, Loureiros & Cª, os valentões neste momento voam como os crocodilos, baixinho, muito baixinho, para ninguém dar por eles.

GR

Pata Negra disse...

Vejo-me grego para me conter, não sei se hei-de rir, se hei-de chorar, só me apetece ir para a rua gritar - será que vou ser preso?!
Um abraço sem mão na próxima revolução

Antuã disse...

Na verdade a cartilha é a mesma. esta coisa tem que mudar. Faremos o que estiver ao nosso alcance.

Lúcia disse...

Sim - infelizmente acho que o que começou na Grécia tende a ser inevitável, mais tarde ou mais cedo. É o curso normal de tantas desiguladades, de tantas injustiças e de tanta protecção que o poder político dá a quem é suficientemente abastado. A malta passa-se, né?

Beijos

BlueVelvet disse...

Mas esta gente nunca se demite.
O outro até tem a consciência tão tranquila que acha que pode continuar a ser Conselheiro de Estado.
Deve ser um problema de língua:eles falam uma e nós falamos outra.
Abreijinhos

fjorge disse...

Bem!ás x até gostava que acontecesse algo parecido por cá...talvez acordasse algumas pessoas q andam adormecidas... Mas tb Poderemos estar à vontade, que por aqui são tudo meninos de copo de leite bem comportados durante o dia enquanto à noite alimentam o seu ego de "shots" e seus derivados.
abraço!
fj

Ana Camarra disse...

Samuel

São todos farinha do mesmo saco, os nosss (salvo seja, que eu dispensava a minha parte), o francês, o grego, o italiano, a alemã, o inglês, tudo pela mesma cartinha!
Por outro lado, nós os gregos, os italianos, os espanhois e os franceses dp sul, smos muito meridionais, gritamos fazemos fitas mas vamos papando estes grupos.

Beijos

Fernando Samuel disse...

Muito parecidos connosco, de facto. Em tudo: na política que fazem; nas consequências dessa política; e nas reacções a essas consequências...
Dir-se-ia que os nossos e os deles governantes são gémeos...


Abraço.

runescape gold disse...

i agree your idea ! very nice blog

materials disse...

louis vuitton speedy
louis vuitton wallet
louis vuitton purses