segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Acéfalos


Já muito se disse – ou quase nada, dependendo do ponto de vista – sobre o acto de extraordinária "coragem física e bravura" de alguns "heróis" da PSP de Braga que decidiram atacar com gás pimenta um grupo de ameaçadores e perigosos... miúdos de 12, 13, 14 anos...
Não vale a pena teorizar sobre as liberdades de manifestação e expressão, ou pelo desrespeito dessas liberdade, sobre razão ou brutalidade. Não há volta a dar-lhe!
De que adiantam os discursos reivindicativos, as presenças em manifestações organizadas pelos trabalhadores e suas organizações de classe, as recorrentes tentativas de conquistar a simpatia do povo por parte de (alguns) agentes da polícia... se estes são comandados, ou por fascistas, ou por energúmenos, ou por simples bestas quadradas... e, reiteradamente, optam por obedecer às ordens desses selvagens? Obedecer como autómatos acéfalos!
Como já tenho dito, não contem comigo! Se é para ter simpatia por formas de vida acéfalas, desculpem-me os espíritos mais sensíveis... mas prefiro as couves!

6 comentários:

Rogério Pereira disse...

"...prefiro as couves!"

Maria disse...

E esta coração de boi é bem bonita. Parece apetitosa. Com um chouricito marchava...
Pois, e dos outros nada a acrescentar. Tenho pena que a tendência seja voltar para trás...

Abreijo.

Graciete Rietsch disse...

Também prefiro as couves.Mas, quem sabe, alguns desses acéfalos, que também são vítimas, poderão encontrar as suas cabeças perdidas.

Um beijo.

oasis dossonhos disse...

Os verdadeiros vegetais têm a simpatia do meu palato.
Os vegetativos, que ganham a vida desempenhando o seu papel de esbirros, esses merecem descomunal desprezo e pena é que o povo seja boi manso...

Antuã disse...


Parece que voltámos ao tempo dos polícias cães.

Olinda disse...


Hâ jâ muitos a lembrarem os de outrora.Hâ pouco menos de um mës,na esquadra do Bairro Alto ,prenderam dois jovens que faziam barulho na rua.Um deles,ê uma mîuda que nao chega a metro e meio,deram-lhe um tareao,que teve que ser
levada ao hospital.A mîuda pode nao ter sido "domâvel",ainda por cima,nao tem o aspecto arrumadinho,como manda o figurino burguës,mas nao ê motivo para tal brutalidade.Os polîcias cobardolas devem sentir um gozo concupiscente ao espancar a mîuda.Vem-me ä memôria,Brecht,quando me vierem buscar ,jâ ê tarde.

Um abraco