sábado, 26 de janeiro de 2013

Vital Moreira – Bravo! Bravo! Muito bem! Bravo! Bravo!! Bravo!!!!



Enquanto cresce a desconfiança generalizada sobre o carácter “martelado” das contas do governo de Passos/Portas, nomeadamente quanto ao défice.
Enquanto se vai desmontando a tremenda peta relativa a qualquer mérito do governo e de Vítor Gaspar (ou qualquer mérito... ponto final!), no que respeita ao festejado “regresso aos mercados”.
Enquanto se reafirma a certeza de que, ainda que houvesse alguma meta atingida, isso teria sido conseguido criminosamente, à custa do sacrifício dos explorados... e, como sempre, para gáudio (e lucro) dos exploradores.
Enquanto tudo isto, claro que há sempre vozes prontas a aplaudir. Ou por convicção fanática da bondade desta política “talibã”, ou porque são bem pagas para o fazer. Em artigos de opinião, comentários televisivos, blogues, facebook... aonde calha.
Não é de admirar... e espera-se que essas vozes venham da área política mais radicalmente neoliberal dos partidos do poder.
“Maravilhoso” é que o texto mais sucinto no seu escancarado entusiasmo venha de Vital Moreira... num post em que lambe o governo de Passos Coelho de cima a baixo e pela frente e por detrás... acabando numa festiva frase: «Reconheçamos o mérito a quem ele é devido».
Quem ainda se admira, levante a mão! Vá lá... estou a ver... uma... estou a ver uma... ... duas, duas, já há duas... ... três, com aquela senhora com ar distraído... três, três... três... há mais? Três... e dou-lhe uma... e duas... duas e meia...

11 comentários:

Anónimo disse...

Não são apenas os combóios que deslizam nos carris, em Alfarelos, sem se saber porquê.
Também esta lesma, viscosa, manhosa, vai deslizando, rastejando, sem se saber até onde, mas sabendo-se muito bem porquê.

Rui Silva

do Zambujal disse...

O teu "post" e as etiquetas dizem tudo do personagem.
Onde lhe cheire poder, lá vai ele. E nós que, na passagem ponhamos as molas da roupa a apertar as narinas.
É vital!

Um abraço

JAN disse...

Este "vendido" avô cantigas está senil ou ficou deslumbrado c/putas e gasificados de Bruxelas, passou de prof. Respeitado a réptil da política rasteira. Morre longe, garoto deslumbrado...

Maria disse...

Não remato... não quero, nem dado!
Fosgasse.

Abraço.

O Puma disse...

Vital

o tresmalhado

Luis Filipe Gomes disse...

"Reconheçamos o mérito a quem ele é devido" mas, sobretudo o tacho a quem é de tacho.

José Gomes disse...

P que é que podias esperar deste "senhor"? Quem o viu e quem o vê...
José Gomes

Abelha disse...

Oportunistas e traidores para mim não! obrigada.

Graça Pimentel disse...

Tanto PSD ou CDS que gostaria de ter escrito estas palavras.
Se eu não visse, não acreditava que eram palavras de Vital Moreira.

Eduardo Baptista disse...

O comentário que gostaria é impossível de fazer. Não há palavras que descrevam tanta pulhice, tanta desonestidade intelectual. Vital Moreira afunda-se na lama da direita e fá-lo de forma imbecil, sem respeito por si próprio. Não só mostra o seu oportunismom político como a ignorãncia do que diz. Como se atreve um sujeito que se devia ser prudente para se respeitar a si mesmo a embarcar numa estupidez que o governo utiliza para enganar tolos. Como é que um fulano que deveria ter alguma inteligência, encontra mérito na ação do governo e em particular no "regresso aos mercados". O povo mais uma vez tem razão. Ó sapateiro, não queiras ir além do chinelo.

Graciete Rietsch disse...

Vital Moreira nada merece. É um nojo!!!

Um beijo.