domingo, 15 de junho de 2008

Onde é que assino?





Há pouco, numa entrevista na RTP2, perguntaram a Saramago o que pensava sobre o "deslize" ou "gaffe" de Cavaco Silva a propósito do famoso "dia da raça". O escritor respondeu algo que também penso. "Não há gaffes nem deslizes". Há sim um momentâneo lapso no controlo... e lá sai o que realmente e lá no fundo se pensa.
Quando um tipo se embebeda e diz que a sogra é uma megera ou faz comentários racistas sobre um jogador do seu próprio clube, a sua atenuante não é estar com os copos, mas sim o estar a ser, finalmente, sincero, ao contrário dos outros dias em que se mantém tão sóbrio quanto hipócrita. Cavaco Silva está quase sempre muito sóbrio...
Agora, comentando o resultado do referendo, obrigatório, segundo a Constituição do Estado e do povo da Irlanda, lá teve mais uns "deslizes" ou "gaffes" que são verdadeiras pérolas de espírito democrático. 
Por exemplo...  “O Governo irlandês tem que propor uma solução para ultrapassar esta dificuldade que seja aceite pelos outros 26 Estados-membros” ...ou seja, votaram assim mas não deviam ter votado, portanto agora o problema é deles. 
Ou ainda...   “Os tratados internacionais nunca deveriam ser objecto de referendo e tivemos agora a prova disso”... esta já sabíamos.
Depois ainda conta descaradamente como no seu tempo, recorrendo à chantagem mais rasteira (que é o que vão fazer também agora) acabaram por "convencer" a Dinamarca a mudar o sentido de voto expresso no seu NÃO ao então em causa Tratado de Maastricht.

Como tenho a sorte de ter leitores que não só comentam como o podem fazer melhor do que eu, comento apenas com uma declaração:
Ainda bem que o representante da monarquia e "nosso" pretendente ao trono é "aquilo", senão eu sei lá... num momento de fraqueza...
E uma pergunta:
Onde é que uma pessoa se pode dirigir para assinar um papel ou seja lá o que for, no sentido de deixar de ter esta... digamos assim... porcaria de presidente?

33 comentários:

alex campos disse...

Também quero assinar.
Excelente post, ao nível do habitual.
Um abraço.

Lúcia disse...

O Cavaco foi favorecido pela democracia, mais do que alguma vez ele vá favorecer a democracia! E tem-se visto. Nos últimso tempos, além das gaffes, contamos com as suas próprias opiniões que são exemplos de reflexões amadurecidas debaixo de algum cacho de uvas(Madeira; agora isto). Durante 2 anos andou de peúgas. Mas agora vá de calçar as galochas. Se é que algumas vez as tirou.
Abraço

Susete Evaristo disse...

Olá Samuel
Eu que até hoje pouco tinha ldo sobre o tratado ia morrendo de riso.
Dei-me ao trabalho de pesquisar na net e o que encontrei sobre "o tratado explicado aos alunos do ensino secundário" na pág. do Centro de Informação Jacquer Delors, foi de morte, tanto nos considerando como no português escrito.
Quanto ao teu último parágrafo por favor informa-me que também quero subscrever.

** L e n a ** disse...

Hoje Sarkozy disse " Espero que este incidente não provoque uma crise";
a partir do 1 de julho é a França a presidir a Europa;
esse presidente tem mais "de un tour dans son sac"...
cuidado com ele, vamos ficar atentes.

Optimo fim de semana.

Bjos

João Ricardo Vasconcelos disse...

Onde assinar? Bem, eu começo por assinar aqui. JRV

Gi disse...

também estive a ver a entrevista, sou fa incondicional de saramago, o nosso Presidente sempre que me lembro dele lá me vem à cabeça o episódio do bolo rei. isso para mim é que foi uma gaffe. Esta se não tivessem feito tanto alarido até me tinha passado ao lado. Levei em conta o facto de tantas vezes se dizer que somos um povo de raça como sinónimo de garra, não levei em consideração ser uma frase do antigo regime. Afinal de contas somos bichinhos de hábitos e há coisas que ficam enraizadas, Esta, ao contrário de muitas outras, desculpo-o :) Não sei se a minha absolvição conta para alguma coisa mas pronto, fiz a minha boa acção do dia :)

Um beijinho e um sorriso

Anónimo disse...

Que fotografia tão estranha...
Será que entrou mosca???
Rui Silva

Anónimo disse...

Que fotografia tão estranha...
Será que entrou mosca???
Rui Silva

Anónimo disse...

E se eu tivesse um momentâneo lapso no controlo e mandasse o cavaco pro... vá lá que me controlei...

éme. disse...

"... está quase sempre muito sóbrio..." !! ahahahah...

E não é que também me passou pela cabeça essa coisa do momento de fraqueza?? ;)
Eu sei lá...

Mas, falando sem pernas a fraquejar: há algures um papel desses, há? Eu também assino, sim?!

Maria disse...

Podemos todos assinar o papel, nem tenho dúvidas de que recolheria muitas mil assinaturas.
Mas parece que não é assim que funciona. E apesar do teu post ser excelente (ai, esse teu humor fininho...) o que temos mesmo que fazer é acordar quem vota! Leva tempo, mas vamos lá chegar...

Abreijos

Crixus disse...

E ainda temos de o aturar pelo menos mais três anos, mas lá que compromete a saude publica... Já temos muito pouca paciencia para aturar os "deslizes" do nosso PR. O que vale são os posts do Cantigueiro que sempre compensam a repugnancia que nos provoca o sr. Cavaco.

Fernando Samuel disse...

Esse homem é só gaffes: é a gaffe do dia da raça, é a gaffe dos tratados internacionais que nunca deviam ser votados...
Esse homem é uma gaffe.
Esse homem é A gaffe.

Abraço grande.

Justine disse...

Este homem é abaixo de cão e acima de fascista! Raisopartam.
Ganda post, Samuel:))

António Chaves Ferrão disse...

Se os cidadãos que o elegeram são assim uns mentecaptos incapazes de fazer escolhas difíceis, é o seu estatuto de eleito que fica desvalorizado em primeiro lugar. Se valoriza tão pouco a sua qualidade de representante, que motivos temos nós para nos preocuparmos com o que diz? É apenas um fala-barato que nem sabe tirar ilações das suas próprias afirmações. Deixemo-lo em paz.

Anónimo disse...

O Cavaco está ao nível do américo Thomaz. Este quando veio inaugurar a fábrica da Toyota, em ovar, afirmou no seu discurso "Vim inaugurar mais uma fábrica no distrito de Setúbal....".

Anónimo disse...

Olha lá camarada, se estás a pensar mandar este Presidente embora, pensando que eles te vão propôr que arranjes outra solução;-"tira o cavalinho da chuva"

ferroadas disse...

Bem, com tanta gaffe junta nem sei por onde começar.

Vou começar pelo tipo que só fala verdade quando está com os “copos”. Neste caso particular o Silva de Boliqueime estava com uma bebedeira de criar bicho.

Quanto à ideia do mesmo Silva do governo Irlandês propor uma solução que seja “aceite” pelos outros 26, para ultrapassar a “crise”, pergunto ao Silva que por acidente de percurso é Presidente de Portugal se a porra das consultas populares não servem para nada, e aonde está o respeito (dele) pelos resultados eleitorais.
Porque assim sendo, também os que não votaram no dito, podem (segundo as suas (dele) ideias) por em causa a legitimidade dele mesmo como Presidente da República. Quanto a mim o homem está salazarento demais.

Quanto ao gajo afirmar que os tratados internacionais deveriam ser feitos nas costas do povo (não foi isto mas quer dizer o mesmo) mais uma vez a veia salazarenta do sacana veio ao de cima.

E dizem estes pulhas que “estamos” a construir uma Europa dos cidadãos, quais?
Se nem sequer querem aceitar o resultado eleitoral?

Esta (construção europeia!!!!!) cheira-me mal, fede a esgoto a céu aberto, na minha opinião, os gajos estão-nos a ir ao traseiro com uma pinta do caraças.

Parabéns pelo post.

Abraço

AC disse...

Mesmo segundo as suas regras,esta canalha nunca aceitará um NÃO!
Talvez o tempo leve os povos a equacionar outras vias,para que possa viver em democracia.

Anónimo disse...

Isso mesmo, digamos assim... porcaria de presidente.
E como aqui foi dito, é muito salazarento e tipo américo tomás

Anónimo disse...

Deixá-lo em paz!!! Pois, pois, fia-te-te na virgem e não corras... logo vês onde vais parar.
Ele não é apenas o Silva de Boliqueime. Para azar nosso é também o Presidente da República Portuguesa, cuja Constituição jurou defender. E como a irá defender contra os ataques dele mesmo?

Campaniça

Anónimo disse...

Mais um grande post!
Sendo adequado ao personagem, trata-o como ele merece. Com escárnio (veja-se a foto) e mal-dizer (a "bem-dezer"...)
Mas a questão é muito séria. Cavaco, Sócrates, Sarkosi, Merkl, Sapatero, Brown... que é isto? A quem entregámos a nossa representação? Como aconteceu, ou como foi acontecendo? E quem manda neles?! Em que estado estamos?
Nunca nos esqueçamos como Hitler chegou ao poder. E quando. E em que anos. Com que similitudes.
Sem dramatismos, mas muito responsavelmente, estejamos atentos... e em luta!

Anónimo disse...

Aparentemente o nazi-fascismo já está no poder. Teremos que lutar para derrubá-lo. Temos a força da razão e da humanidade.

Anónimo disse...

Aparentemente o nazi-fascismo já está no poder. Teremos que lutar para derrubá-lo. Temos a força da razão e da humanidade.

XICA disse...

Sinceramente, admiro estes comentadores que conseguem sempre acrescentar algo, e esse algo muitas vezes é uma mais valia, a textos destes. Eu, só consigo sair daqui a rir, quase sempre e irritada porque não consigo escrever assim.
Excepcional, este também.

Sal disse...

Excelent Post!

This Silva you have there in Portugal, can i have one for me, here, in the White House?

G.W. Bush


tradução:

Exelente poste!

Esse Silva que tu tens aí em Portugal, posso arranjar um para mim aqui para a Casa Branca?

G.W. Arbusto


beijinhos

Anónimo disse...

O podengo algarvio a ladrar e a cuspir baba mais uma vez!
P.S.: Será que esta coisa do "podengo algarvio" pega? Se pegar, já fiz algo de giro na vida: inventar um cognome para um idiota...

Sal disse...

Silva, o podengo algarvio...

é, sôa bem..

Pata Negra disse...

Declaração após declaração o descaramento vai crescendo. Eu também vou dizer uma coisa: "o cargo de presidente da república nunca deveria ser objecto de sufrágio directo e a prova disso está aqui".
Um abraço descavacado

Orlando Gonçalves disse...

Ele deveria andar sempre bébado assim sempre iamos sabendo as verdades. E com grade lata ainda vêm com discursos como o do 25 Abril a dizer que a juventude não se interessa por politica, podera com politicos destes quem é que se pode interessar. Vão lá por tentativas e por desgaste, isto é até à exaustão.

Anónimo disse...

O que eu acho é que aquilo não pode ser só vinho ele também deve andar a snifar algo, e a prova está na foto junta...
Helena

Lídia Craveiro disse...

O Saramago é um homem inteligente. Lê para lá do obvio, o conteudo latente dos discursos, é isso que irrita muita gente. Ainda bem! Ri a ler este post. O Presidente Robocop. Viram o filme? Um robot que tinha emoções. Mas este não tem. E cerebro duvido.
Lidia.

BlueVelvet disse...

"Onde é que uma pessoa se pode dirigir para assinar um papel ou seja lá o que for, no sentido de deixar de ter esta... digamos assim... porcaria de presidente?"
Se descobrir importa-se de me informar???
:))))
Abreijinhos