terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

A importância


(“Reportagem” da visita de Obama às Lages, na Ilha Terceira, por um “fotógrafo” desconhecido)

O senhor Miguel Monjardino, professor do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica, considera que «a redução da presença norte-americana na Base das Lajes, Açores, é um sinal de que a Europa se tornou menos importante para Washington».

Poderá até ser... mas há diferente maneira de ver a coisa.

Para mim, por exemplo... e para não ir mais longe, um grande sinal da importância da Europa, de Portugal e das Lages em particular, seria não ser aí permitida a instalação de bases militares dos EUA... e isto independentemente de simpatias, alianças, o que quer que fosse.

Ou então eu estou muito mal informado... e ao abrigo dessas “amizades”, Portugal também tem uma base militar em território norte-americano. Quem sabe?...

9 comentários:

Maria disse...

Às tantas... ou será a tua dor de garganta que refina a tua acutilância e vês mais longe... :)))

Abreijos.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

O citado comentário quanto a mim e na conjuntura actual Portuguesa nada acrescenta ou diminui, ao terror social e económico que os E. U. A. têm causado Mundo fora.
Desculpem a repetição, mas quem não sabe governar bem a sua "casa" não é exemplo.. para ninguém, seja o governo de índole Presidencial Americano, seja o actual da República Portuguesa.
Um "exemplo recente" do regabofe e mau exemplo desgovernativo Português: o Carnaval na Região Autónoma da Madeira; era para ter custado x de euros, ficou em muitos mais y(s) de euros. Responsáveis?
100% sem medo nenhum a favor da transparência, seja em que campo da vida fôr.

Provoca-me disse...

São só rebuçados.

Jorge Reis disse...

O problema caro Samuel é a base ser americana,porque por um outro acaso da história a base fosse cedida há
URSS,essa inef´vel super potência amiga dos povos,o que diria voçê?

samuel disse...

Jorge Reis:

Sim... o que diria eu?

Ora bolas! Agora nunca saberemos... :-) :-)

Graciete Rietsch disse...

Não acredito na falta de interesse dos americanos pela base das Lages.
Eles precisam é de mais homens para mais guerras e as Lages são um bom ponto de apoio.

Um beijo.

Antuã disse...

Os nazis também têm direito a um prémio nobel da paz.

do Zambujal disse...

Excelente a foto e o "post"!

E hilariante o comentário de um tal Jorge Reis, esse emérito historiador que se terá esquecido de Guantanamo e do episódio, decisivo para a paz mundial (e a Humanidade!), daquela pretensão cubano-soviética de criar uma base no território cubano, de que resultou o "acordo" de não se concretizar tal pretensão e de Guantanamo sair de Cuba, que 50 anos passados até já se transformou em prisão inominável.
Ah! estas coisas dos "donos do mundo"!

Um grande abraço para ti

Jorge Reis disse...

Senhor Zambujal eu não sou"emérito historiador" nem sei tanto como o senhor,mas posso garantir que o que escrevi foi:SE por um acaso da história...Quanto a bases deve saber melhor que eu,as que a URSS da altura tinha,como as mantinha e para que serviam.Quanto a Guantanamo tambem penso como o senhor.