terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Pedro Passos Coelho – Cuidado, senhor doutor!


Excelentíssimo senhor doutor Pedro Passos Coelho.
Parece começar a tornar-se um hábito dos seus ajudantes e cúmplices - e agora de si próprio - mandar os portugueses emigrar. Ao que sei, desta vez toca aos professores serem mandados por vossa excelência, se não estou em erro, para Angola e para o Brasil.
Hoje não estou com disposição para grandes conversas, muito menos consigo... mas tenha cuidado, senhor doutor! Olhe que os portugueses podem começar a apanhar o jeito à coisa e decidirem igualmente mandar vossa excelência para esta ou aquela parte... e em termos que, embora não passando sempre se figuras de estilo, não deixarão, ainda assim, de ser tão desagradáveis quanto injustos para com a pobre da senhora sua mãezinha.


14 comentários:

Maria disse...

LOLOLOLOL......
Tu não existes...

Abreijos.

Anónimo disse...

Ponham lhe uns patins e que emigre para a mãezinha.... Mais, e bem longe daqui.
Vicky

Alberto disse...

Goste-se ou não do Sr. Coelho, de certo que deve haver unanimidade em considerá-lo para além de todos os defeitos, um tipo seboso. veja-se como ele se posiciona quando na presença da madame alemã e do seu colega francês. E para gajos sebosos, nada melhor limpar-lhe o sebo. De preferência numa lavandaria 5àSec. Ficava tudo em família.

Graciete Rietsch disse...

Essa de mandar emigrar os professorea é inconcebível. Nem o Salazar que só obrigava a sair do País aqules que não o aceitavam.
Apenas um exemplo, entre muiutos outros, porque fui a uma homenagem promovida pela URAP, na terra do seu nascimento. JOSÉ MORGADO.

Um beijo.

trepadeira disse...

Pois mandam.
Pois que emigre,com bilhete só de ida.

Um abraço,
mário

Post scriptum:
Lembro-me de ver escrito na parede de uma câmara,ali pelos anos 60:

"vaz,não vás,para,escuta,não vás sem levar contigo os outros filhas da .....".

Anónimo disse...

Caro Samuel,

Quem esteve hoje em grande forma, na RDP Antena 1, foi o Manuel Alegre que acusou este governo de fazer aquilo, aconselhar os portugueses a emigrar, o que nem Salazar se atreveu. Grande Manuel Alegre, que respondeu à altura desta gente que nos governa.
Já o seu partido, ao enviar as condolências aos seus camaradas da Coreia do Norte, é que constinua, para nosso mal, a dar permanentes tiros nos pés. Enfim, do Governo à oposição, haja quem nos acuda. O pior é que não há quem...

Saudações

António Ramos

Antuã disse...

Só nos faltava um coelho alegre!...

Fernando Samuel disse...

As figuras de estilo têm grandes potencialidades...

(Mais uma vez, encalhámos no mesmo tema...)

Um abraço.

carol disse...

Gostei daquele registo do comentador Alberto: "limpar-lhe o sebo". Ele que tenha cuidado. Que tenha mesmo muito cuidado que os portugueses são calminhos e boa gente, mas pode um ou outro passar-se dos carretos e fazê-lo emigrar para o quinto dos infernos...

O Guardião disse...

Quem não respeita quem o elegeu não merece também ser respeitado. Creio que também se pode fazer uma caldeirada de coelho...
Cumps

Donatien disse...

Houve um primeiro ministro que foi para o Brasil...Este não é mais que ele...

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Samuel, mesmo nesta "quadra" desculpa-me a correcção mas o P. P. C., não tem o grau académico de Doutor. Licenciado isso sim, e ex-professor.

relogio.de.corda disse...

Já pensaram nisto?... o Socas também emigrou para Paris. Não é professor mas consta que foi estudar. Nã... não me venham cá com coisas; gente fina não emigra por necessidade. Gente fina, emigra por prazer, porque precisa de ir reciclar conhecimentos, gente fina emigra com os bolsos cheios de guito, gente fina vais para Paris, Londres ou Nova Iorque. Em suma, gente fina é outra coisa.
Eu faço questão que o Passos Coelho e demais como ele, vão para a m***a mesmo; o único lugar de onde nunca deviam ter saído.

renatomoraes disse...

Apesar do bom momento em que a economia do Brasil se encontra, como Brasileiro não aconselho a professores Portugueses migrarem para o Brasil.
Não por barreirismo patriótico, sou isento desta coisa, pois ate que seria maravilha para nos que educadores da terra mãe migrassem para o Brasil.
O salário dos professores no Brasil é de da medo e vergonha, é por isso.
Acho bom que pesquisem antes de fazer esta burrada.
Boa sorte aos irmãos Portugueses, espero que essa fase ruim na economia passe logo, abraços.
Renato Moraes