terça-feira, 7 de agosto de 2012

Eu não acredito em fantasmas... mas que los hay, los hay!


9 comentários:

Maria disse...

O que tu descobres...
Até parece que o antigamente foi anteontem. Raisparta!

Abreijos.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Eu também não acredito em fantasmas, mas efectivamente que se corre sérios perigos na Democracia a continuar este estado de coisas, é uma realidade.

Antuã disse...

De que há fascistas aos montes eu tenho a certeza.

maia disse...

Que fantasma! Este prof. Marcello (porque há outro, não há? mais l, menos l...,) com ar de "Senhor dos Passos" estendeu a mão ao presente, a outro novo "Senhor dos Passos", aprovando a mesma ideologia de exploração.
Todos os jornais eram, então, visados pela "comissão de censura". Travemos estes passos.

Graciete Rietsch disse...

Ou será que o antigamente vai passar a ser hoje?!!!!1

Um beijo.

trepadeira disse...

O verdadeiro fantasma e mentor é o outro.

Deixa puxar a corda que ainda vai cair de costas não tarda.

Um abraço,
mário

ferroadas disse...

Recordo-me quando Caetano tomou posse a minha avó dizia-nos: ....tenham cuidado com este Salazar, tem olhos de carneiro mal morto, não gosto dele....

Tal como agora, "este" Sócrates é o clone do outro.

E como podemos constatar os discursos não diferem assim tanto, aliás, esta manchete do Diário de Lisboa, cabia na perfeição na boca dos actuais governantes.

Abraço

Jorge disse...

Tudo igual. Sem mais nem ontem!

Anónimo disse...

Muitos são aqueles que nada aprenderam e desejosos que os fantamas voltem. Pois olham mais para o passado e não vêem as suas barbas já a chamuscarem. Que todos os fascistas vão para o inferno!NÓS CÁ ESTAMOS E SEMPRE NA LUTA!
Vicky