sábado, 9 de outubro de 2010

Selecção Nacional & Paulo bento




Em cada um dos cafés em que entrei hoje e em cada capa de jornal por que passei, pelo menos até agora, a felicidade é geral no mundo do futebol. Será que realmente regressou de vez a “tranquilidade”? Espero bem que sim, pois já não se aguentava mais o fado da desgraçadinha da Selecção, do Queiroz, do senhor do doping e da senhora sua mãe...

Agora, por amor da santa!, joguem o que na verdade até sabem, e calem-se.

5 comentários:

José Rodrigues disse...

Nome de papas:Paulo (II) e Bento (XVI);não é por falta de apoios "eclesiais"(e outros €€€) que a coisa não vai lá...

Abraço

Fernando Samuel disse...

Aliás, se se calarem até jogam melhor - eles é que julgam que não...

Um abraço.

joão l.henrique disse...

Com «tranquilidade», empenhamento e sem intrigas, os resultados vão aparecer.

Um abraço.

Graciete Rietsch disse...

O futebol é como um íman. Atrai as pessoas e fixa-lhes o pensamento.
Se ao menos se transformasse num desporto!!!!!!

Beijos.

Membro do Povo disse...

Ganda Paulo Bento.