sábado, 22 de outubro de 2011

Miguel Macedo – Tudo dentro da lei...



Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm;
todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam.
(Primeira carta do apóstolo Paulo aos coríntios, capítulo 10, versículo 23)

Lembro-me muitas vezes desta passagem da carta do apóstolo Paulo aos cristãos da cidade de Corinto, sempre que vejo governantes e outras figuras públicas ou privadas, brandirem a “legalidade” para justificar actos absolutamente injustificáveis.
O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, bem pode cobrir-se de códigos e decretos-lei... que não conseguirá justificar, nem por um momento, o facto de “mamar” cerca de 1400 euros, todos os meses, para custear uma despesa que não existe.
Os milhares de funcionários públicos (para ficar só por estes), tanto no activo, como aposentados, a quem o seu governo vai roubar os subsídios de férias e de Natal... não compreendem. Ninguém compreende!
Os vários elementos deste governo que se orgulham do seu catolicismo, deviam lembrar este singelo ensinamento do apóstolo ao seu colega Miguel Macedo... caso ele esteja esquecido, ou não seja de todo praticante, ou mesmo crente.
Por vezes, as lacunas da lei têm que ser colmatadas com a vergonha na cara!

7 comentários:

trepadeira disse...

Nem tudo o que a lei permite,permite a minha consciência.

"Quem não tem vergonha todo o mundo é seu.".

Um abraço,
mário

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Não reconheço a este senhor e seus parceiros de governo, qualquer tipo de moral para imporem mais sacrifícios a todos aqueles que dia a dia já há muito sofrem e lutam.
Com que moral há governantes que recebem subsidio de renda de casa, e há muito que não estão radicados nas suas origens, jantam em luxuosos restaurantes, têm segurança pessoal 24h por dia e toda uma panóplia mais de mordomias, comparativamente com um desempregado, ou um servente da construção civil, por exemplo?.
EU,

lino disse...

Para isso era preciso que tivessem vergonha na cara!
Abraço

heretico disse...

qualquer dia a leitura da Biblia paga imposto - há que moderar as citações da dita.

Antuã disse...

Os católicos crucificam Jesus todos os dias.

Graciete Rietsch disse...

Não há lei que justifique todas as injustiças que se estão cometendo neste país.

Um beijo.

Maria disse...

Tudo isto é um nojo. Que não nos falta e paciência...

Abreijo.