segunda-feira, 28 de junho de 2010

Provavelmente



Provavelmente é perfeitamente natural que um assessor do Ministério das Obras Públicas Transportes e Comunicações, o senhor Pedro Bento, se interesse tanto, mas tanto!, pelo projecto dos chamados “chips” para pagamento automático nas SCUT... que acabe por transitar do gabinete do Secretário de Estado para a empresa pública que gere o sistema de pagamentos nas auto-estradas e daqui para a empresa que fornece os dispositivos electrónicos e de que agora é o representante.

Provavelmente é perfeitamente natural que estas notícias já nem causem surpresa... quanto mais indignação!...

Provavelmente é um exagero da minha parte ficar enojado com estas estórias e, por vezes, sentir-me um pouco como deve sentir-se a família do cidadão assassinado a quem o Hospital de Viseu achou por bem enviar uma factura de tratamentos médicos, factura que, curiosamente, diz respeito aos cuidados prestados... ao suspeito do homicídio.

Provavelmente...

12 comentários:

Maria disse...

Pois, provavelmente pois.

Abreijos.

Zé Povinho disse...

Provavelmente é tudo natural, ... em Portugal!
Abraço do Zé

maia disse...

Provavelmente não há nenhum exagero da tua parte. Ele foi o Jorge Coelho, outros coelhos saídos doutras cartolas e os porcos a engordar. Estes porcos mealheiros, claro. Provalmente lá o Hospital nem reparou, coisa tão sem importância! Um cidadão foi assassinado e, ao tentar defender-se, a vítima molestou o assassino. Este precisou de cuidados médicos e a família do morto assassinado paga a factura. Haverá outro País, onde esta situação monstruosa pudesse acontecer?
Provavelmente... É bom que fiquemos enojados, revoltados, que protestemos, que gritemos. Tudo, menos a passividade!

Antuã disse...

Temos que dar volta a isto.

Cloreto de Sódio disse...

This is Portugal, man!!!

Bernardo disse...

Eu gosto de saber que continua tudo na mesma, quem gosta de mudança?

Graciete Rietsch disse...

Provavelmente temos que fazer outro 25 de Abril, mas um pouco menos brando.

Um beijo.

jrd disse...

A Tugalândia no seu melhor.
"Poupem-me" que eu estou longe.
Abraço

Suq disse...

ê cá axo quéi nu extrangero de fora.

Caqui C´isto éi c´cá na havera daveri
I THINK MAN
YA MEU!

Pintassilgo disse...

Provavelmente vivemos num país de cleptocratas.

Fernando Samuel disse...

Tudo casos do dia, normais, naturais..., o quotidiano, enfim...

Um abraço.

correia disse...

É fartar vilanagem!