terça-feira, 17 de janeiro de 2012

A farsa


Foi, em tempos idos, uma técnica muito utilizada pelos pequenos contrabandistas, adoptada agora por grandes traficantes, bandidos de vários ramos e governantes desonestos: fazer os possíveis por “deixar-se apanhar” numa pequena falcatrua, ou medida polémica, de preferência com grande alarido... para, noutro local, fazer passar discretamente a grande carga de contrabando, do roubo... ou, por exemplo, um “pacote laboral”.
Assim, vemos a farsa da "queda" da mediática meia hora de trabalho extra (quem terá convencido Carvalho da Silva de que aquilo estava confirmado?), logo seguido pela dúvida sobre a mesma "queda"... exatamente com o mesmo fim e a mesma técnica dos contrabandistas e bandidos. Para tentar ludibriar a vigilância e “passar” tudo o que realmente queriam fazer passar.
Não enganam (quase) ninguém! Os restantes serão coniventes...
No pacote de medidas que vi num jornal, estava um novo motivo "justificativo" para despedimento: a redução da qualidade de trabalho.
No meio desta desgraça e lixo, ainda tive um pretexto para sorrir... imaginando o tremendo pânico que a esta hora reinaria na redação do dito jornal (e doutros), assim muitos dos seus jornalistas tivessem a lucidez de apreciar a sua própria "redução de qualidade do trabalho".


Adenda: E a "meia hora" lá caiu mesmo... mas, evidentemente, a "queda" trazia muita água no bico...

12 comentários:

do Zambujal disse...

Quem é q'avalia?
Farsa & fantochada!

Bem dadas!

Um abraço

Antuã disse...

De bandidos e criminosos está este governo cheio.

Eduardo Miguel Pereira disse...

A propósito deste mesmo assunto, mas desta vez com outro jornalista, aproveito este teu espaço para lançar um grito (o mais alto que posso) de revolta e de nojo pelo triste papel desempenhado ontem pelo jornalista (?) Mário Crespo aquando da entrevista com o Arménio Carlos da CGTP.

Devo confessar que aquele terá sido, para mim, o mais odioso momento jornalistico (?) a que assisti neste país.
Eu já nem parava sossegado no sofá, e por pouco não me enfiei no carro a caminho de Carnaxide, ou lá onde fica essa merda da SIC, esperar pela saida desse bandalho-jornalista para lhe dizer umas quantas verdades olhos nos olhos.

Que nojo, pá ! que revolta !
Aquilo foi angustiante de ver e de ouvir.

trepadeira disse...

A falta de qualidade no trabalho também vai ser fundamento para despedir a bandalhada no poder?

Um abraço,
mário

O Guardião disse...

Esta farsa é já uma tragédia para a maioria dos portugueses. O que eu mais estranho é que se queira convencer quem trabalha que o aumento da produtividade e o crescimento económico se consegue apenas à custa dos salários e dos direitos dos trabalhadores.
A estupidez devia ter limites, bem como afalta de vergonha dos políticos, mas não é assim neste pobre país.
Cumps

Bolota disse...

Moços,

Vou apostar com vocês, o culpado das coisas se terem passado assim foi de Carvalho da Silva em geral e da CGTP em particular.

Mas um coisa vos garante se Caravlho da Silva não saisse faria o papel de BANDALHO que sempre fez João Proença.Simplesmente vergonhoso.

Abraços

Fernando Samuel disse...

Vê bem o que são as coisas: também eu encalhei nesta farsa: coincidências...

Um abraço.

Graciete Rietsch disse...

Foi uma farsa bem elaborada. Este governo até é bonzinho. Até deixa cair uma medida que desagrada aos trabalhadores que,no fundo, não querem é trabalhar.
E não digo mais nada porque para os classificar só me surgem palavras que não costumo usar.

Um beijo.

Bolota disse...

Fado,



Nem que fosse só por isto...A CGTP tem razão.


Aparente,

Carregado de razão. Pior que Mario Crespo, só João Proença.

Isto tem um nome LACAIOS


http://5dias.net/2012/01/17/armenio-carlos-debate-com-mario-crespo-nos-proximos-dias-suceder-se-ao-monologos-entre-todos-os-duques-para-convenientemente-higienizar-a-opiniao/

Abraços

Anónimo disse...

Mas, não haverá justiça laboral, até ao dia em que despedir, seja igual a contratar...
Isto é tão simples e puro, que nem sequer vale a pena discutir!

Pedro Fanqueiro disse...

As bolotas não fazem comentários ,ou andamos a brincar aos Bloguistas? qualquer dia ainda aparece um a assinar
Porco Preto.

Anónimo disse...

Já existe um Pata Negra,é um fartote
se o samuel não põe mão nisto,acabamos todos na Nouvelle Cuisine a discutir Grelos