quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Grã



Pese embora o ar de virgens no meio do bordel com que, tanto Alexandre Soares dos Santos (patrão da Jerónimo Martins, dona do Pingo Doce), como outros patrões de outras grandes empresas (esta pulhice é generalizada) juram em coro estarem apenas as mais puras intenções por detrás das suas fugas de capitais e de sedes de empresas para “paraísos fiscais”, mentindo... perdão, afirmando com quantos dentes têm na boca, não se tratar de uma fuga generalizada aos impostos, mas sim blábláblá... a realidade vai-nos dizendo, imperturbável, que até hoje ainda não se encontrou praticamente mais nenhuma razão para estas deslocalizações selvagens, a não ser, claro, os baixos salários, o que não é o caso da Holanda, o país em causa nesta notícia, sendo que, normalmente, estas novas “empresas” criadas nestes paraísos mafiosos, quase nem funcionários têm.

Portanto, sendo um dado adquirido as vagas de fuga de capitais e sonegação fiscal conseguidas por este meio (nem a pública Caixa Geral de Depósitos escapou à tentação!), a única coisa que espanta é a empáfia com que o calhordas do tal Alexandre Soares dos Santos do do Pingo Doce, tem passado a vida nas televisões e jornais, dando lições de moral a governantes, trabalhadores e empresários... a bem da nação e da sua imagem de “grande, impoluto e sábio empreendedor português”.

Dizem os registos que em 2000 este indivíduo foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, “pela prestação de serviços relevantes a Portugal”, sendo que logo depois, em 2006, foi mais uma vez agraciado, desta feita, e em “reconhecimento dos seus atos em favor da colectividade”, com a Grã-Cruz da Ordem de Mérito.

Enquanto não for possível aprovar leis que impeçam esta pouca vergonha, não será possível, por agora, “agraciá-lo” com um balde de qualquer coisa... desde que seja também num formato bastante “Grã”?


19 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

Se falharem as leis que impeçam esta pouca vergonha, podemos sempre fazer uma tentativa nesse sentido... :)
Abraço!

Maria disse...

O projecto-lei não vai ser aprovado... portanto não vai haver leis a impedir este tipo de fugas...
Mas eles andam a 'pedi-las'. Talvez as 'tenhem'...

Abreijo.

Eduardo Miguel Pereira disse...

Samuel, tocaste precisamente na ferida que tenho em aberto com este Sr., que se prende precisamente com as suas constantes aparições nas TV's com o ar mais sério e honesto deste mundo, dando lições de moral a toda a gente, desde o varredor da rua até ao PR, e depois na prática é o que se vê.

Cambada pá ! isto é insuportável, e esta gente, como não tem educação nem formação democrática, jamais entenderá ou se dobrará a qualquer luta que se promova contra eles através dessas vias.

Cheira-me que só falando a sua (deles) linguagem é que se poderá inverter este rumo.

Mário disse...

Samuel,

Afinal são 19, já, as empresas do psi 20 que gozam com quem lhes paga.


Abraço

trepadeira disse...

Não se poderiam deslocalizar os pulhas,sei lá,para ... para ...o raio que os parta.

Um abraço,
mário

FXabier disse...

Bom dia para todos.
Sinceramente este tipo de coisa não me espanta, são capitalistas e está tudo dito.
Do que acho falta é dos comentários e críticas daqueles "pais da democracia" que sempre estão disponíveis para dar o seu sábio contributo. Gente da qualidade de...... sei lá Alvaro Barreto, Marcelo R. e um largo etc.

Fernando Samuel disse...

E ele bem merece ser agraciado com um balde de qualquer coisa - mas bem cheio...

Um abraço.

relogio.de.corda disse...

E nós a "grãmar" esta pulhice toda!

Antuã disse...

Um balde é muito pouco.

Zé Povinho disse...

Não me surpreende a notícia, nem a falta de vergonha desse senhor e dos políticos da maioria, afinal temos reconhecidamente uma saúde para pobres, leis de arrendamento para pobres, electricidade para pobres e justiça fiscal para pobres.
A discriminação não é positiva em nenhum dos casos.
Abraço do Zé

Graciete Rietsch disse...

Um balde bem "Grã".

Um beijo.

Anónimo disse...

"Ganda" post, este. Mas é mesmo por andar-mos todos "agraciados" com um grande balde de populismo/comunismo/socialismo, é que estas coisas acontecem...
Mau é que os que provocam estas situações, tenham a lata de criticar.

samuel disse...

Anónimo (02:44):

????
Deve andar a fumar qualquer coisa também "em grã" :-))) :-)))

Anónimo disse...

Querido Samuel, nacionalizar já e depois entregar o negócio ao camarada gestor nomeado pelo comité central,seria a maneira de o Povo finalmente ter acesso aos produtos a preços sem lucro. Isso sim,óh os belos tempos das Lojas do Povo,a alegria daqueles povos,fartos e cultos e as Dacthas dos gestores...
Belos Tempos.

Vasco Reis disse...

É só Baldes,os comentadores devem andar debalde.

samuel disse...

Anónino (21:53):

Ó "querido"... se alguém lhe disse que havia hoje casting para fazer o papel de parvo, enganou-o. A haver... pelo menos não é aqui.

samuel disse...

Vasco Reis:

Uau!!! Profundo!

Anónimo disse...

Ó Querido samuel vocemeçê de castings deve perceber melhor que eu e quanto á erva com que replica qualquer comentário que não lhe agrade,já chateia,meta lá a cencurazinha meta.

samuel disse...

Anónimo (17:53):

Meta-a você... :-))) :-)))