segunda-feira, 27 de maio de 2013

Ruy de Carvalho – Na verdade... nunca é tarde!


O (grande) actor Ruy de Carvalho está furioso com o governo e o ministro das Finanças. Num texto publicado numa rede social mostra toda a sua irritação para com a política cultural (chamemos-lhe assim) do governo do PSD, “política” que consiste, basicamente, em ignorar a cultura, cortar os apoios à actividade cultural e dar a máxima “atenção” não ao trabalho dos artistas, mas sim ao pouco dinheiro que ainda lhes possam roubar.
Fala da reiterada falta de respeito pelos artistas por parte do Estado, do roubo do que lhes é devido em termos de direitos artísticos que têm que ver com os seus actos criativos. Fala... e tem toda a razão!
Ao contrário de uma boa parte das pessoas que já reagiram à zanga pública de Ruy de Carvalho, não consigo embandeirar em arco com esta epifania do actor. E é pena!
É pena que tenha levado quase noventa anos para abrir os olhos.
É pena que tenha andado, durante tantos anos, a dar o seu contributo pessoal para que esta gente faça o que faz, oferecendo o seu público apoio, repetidamente, aos governantes do PSD e a Cavaco Silva, este tanto enquanto governante, como enquanto Presidente.
É pena que, em tantas décadas de uma vida ligada à cultura e à arte, não tenha descoberto que não, os políticos não são todos iguais, ao contrário do que veicula no seu texto, ao dizer que “não há um político que se demarque...”
É pena que só tenha decidido levantar a voz quando o Fisco bateu à sua porta e lhe saqueou os bolsos.
Felizmente para Ruy de Carvalho, ao contrário do que se diz no famoso poema de Brecht (que não é do Brecht), mesmo agora, depois de durante tantos e tantos anos ter ignorado quase todos os que antes dele sofreram e se indignaram... ainda há vozes dispostas a levantarem-se por ele... e com ele.

11 comentários:

Anónimo disse...

deixa cair o gajo. sejamos implacáveis com quem nos tem matado.

Maria disse...

..............
"pois quando o povo acorda é sempre cedo"
como disse Ary dos Santos.
E o que já discuti isto hoje... e sou sectária, que faria se não fosse :))))))

Abreijos

Anónimo disse...

é pena.

vovómaria

Graciete Rietsch disse...

Quando o desgoverno bate à nossa porta, então abrem-se os olhos. Tantos anos a colaborar!!!!!
Por isso também não entro no coro dessas pessoas. Estou com os que sempre se opuseram este sistema destruidor.

Um beijo.

João de Sousa Teixeira disse...

Pois eu vou por aí. Explico: vou por esse poema do Brecht, que não é do Brecht. É que o dito nunca foi tão "claro" como hoje. Aliás, as lágrimas de crocodilo nunca me comoveram.

Abraço

Antuã disse...

Eu quero que o rui de Carvalho vá dar uma voltinha.

lino disse...

Nunca entendi como é que actores como Ruy de Carvalho e, sobretudo, Eunice Muñoz deram a cara pela eucaliptal figura.
Abraço

Luis Filipe Gomes disse...

Ruy de Carvalho tem uma belíssima voz!
Ainda hoje me lembro da primeira vez que a sua voz me impressionou profundamente, foi num documentário dobrado que vi há muitos anos.

O autor e narrador original do documentário encontrava-se num charco com água acima dos tornezelos.
A água era negra. Estava repleta de matéria em suspensão que as chuvas de Outono tinham erguido daquele leito feito de toneladas de cinzas provenientes dos fornos crematórios em que um número incontável de seres humanos tinham sido reduzidos a pó após sofrerem o genocídio da solução final.
Entre essas cinzas as cinzas dos familiares do autor, único sobrevivente da sua família.
A voz do autor dobrada pela voz de Ruy de Carvalho tinha uma cadência assombrosa, profunda, desencantada, firme mas sem ódio, testemunhando para os que não eram daquele tempo poderem saber.

Ruy de Carvalho tem uma belíssima voz, é pena que não a tenha feito ouvir outras vezes.

Bolota disse...

Luis Filipe,

Este vai ser o destino dos muitos Ruis de Carvalhos que alimentando o sistemas eles proprios serão vitimas do sistema.É isso mesmo, porque não levantou a voz o Rui de Carvalho quando tinha voz??? Agora piou tarde.

Vou ser cruel...acreditas que é se calhar é bom que os que tem voz levem tambem nos cornos de vez em quando para acordarem???

Olinda disse...

O que levou Ruy de Carvalho a dar a cara pela direita -reacionâria?Defesa de classe?(Nao de actor,mas de origem)O que motivou Ruy de Carvalho,a demarcar-se dos mesmos que sempre apoiou?Dinheiro.Ou melhor,falta dele.Isto anda tudo ligado.Ê a mesma pessoa.

Um abraco




Provoca-me disse...

Então de quem é?