segunda-feira, 13 de Maio de 2013

“Primeiro levaram os comunistas...”


Sempre existiram. Desgraçadamente, o mais provável é que continuarão a existir por muito tempo. Sempre foram, são e serão um dos sustentáculos e verdadeiro “abono de família” do patronato e do capital... a somar ao poderio económico, quando não mesmo da força das armas, que esse patronato já detém.
Falo dos trabalhadores que, confrontados com uma acção de luta movida por outros trabalhadores das suas empresas e estando contra essa luta, não se limitam a estar contra e não participar, como seria, no limite, o seu direito. Antes, optam por fazer de cães de guarda do patronato, ou do governo, atacando violentamente os seus companheiros de trabalho.
Claro que estes vendidos e traidores nunca dirão não a uma qualquer conquista que seja conseguida por estes colegas a quem insultam. Nunca rejeitarão um euro que seja, de aumento de vencimento, que seja conseguido por um sindicato “dos comunas”... apesar de, durante as lutas e reivindicações, não pouparem nos insultos a esses que, ao longo da História, os têm vindo a arrancar ao trabalho escravo... por má consciência. Por sentimento de culpa típico dos traidores.
Só assim se explica a acção de um trabalhador dos CTT que, perante a luta dos seus colegas contra a anunciada privatização e destruição do serviço público de correios, opta... por tentar atropelar esses colegas com um camião.
Claro que o faz por pura cobardia. Porque teme que lhe aconteça o que já acontece a mais de um milhão de desempregados, preferindo, de forma invertebrada, ficar do lado dos poderosos, esperando vir a ser, por isso, recompensado.
Lembrando o famoso poema que parece do Brecht, mas provavelmente não é... chegará o dia em que ouvirá à sua porta os passos daqueles que vão buscá-lo, como antes foram buscar os comunistas, alguns operários, sindicalistas... mas quando der por isso já será tarde!

8 comentários:

Olinda disse...

Para este trabalhador ,e outros da mesma laia,nunca os acordarao de madrugada.Eles pertecem ao grupo,que por ,uma merda de vinte escudos,denunciavam os colegas que lutavam por uma vida melhor para todos.Concordo plenamente,que esta escumalha,sao os primeiros a porem-se na fila,para obter direitos,que nunca lutaram por eles.

Um abraco

Anónimo disse...

Pára aí Samuel. Apesar de esse sacana o merecer, NÃO PODE chegar tal dia!

Rui Silva

Anónimo disse...

A notícia em si, tentativa em atropelar homens e mulheres do mesmo ofício a mim não me surpreende rigorosamente nada. O desespero por parte de quem nos governa (PSD/CDS) e dos seus lacaios de serviço é de tal ordem, em ver o terreno a fugir –lhes debaixo dos pés , que tudo lhes serve para intimidar os que lutam e resistem contra “ o terrorismo social” implantado no País por Passos Coelho/Paulo Portas, com o patrocínio do Sr. Aníbal Cabaco Silva.
Por muito que lhes custe, que vão fazendo as malas de partida, porque o fim deste (des)governo ao serviço da alta finança nacional e estrangeira está muito próximo.
Depois de este governo ir para o caixote do lixo, o Sr. Cavaco Silva que meta as mãos na consciência e renuncie também ao cargo que ocupa!

Graciete Rietsch disse...

Esquecem-se que os que "defendem",o utilizam para depois o descartar!!!
Afinal não são só inimigos dos companheiros. São inimigos de si próprios.
São cobardes e traidores.

Um beijo.

Anónimo disse...

Se calhar deveria ter um encontro do 3º grau...e, aparecer com os cornos deitados abaixo,para aprender.

Antuã disse...

Precisa dumas farpas espetadas no lombo.

trepadeira disse...

É apenas um lacaio sem consciência.
"Roma não pagou a traidores".
Também estes não vão ter pagamento,hão-de viver sempre de cócoras.

Abraço,

mário

Anónimo disse...

Os cobardes agem e reagem dessa forma matando à socapa mas esquecem-se que o feitiço vira-se contra o feiticeiro e são os cobardes a perderem!
Vicky