quinta-feira, 12 de abril de 2012

Ministro da “Saúde” – A realidade é uma coisa tramada!




O ministro do negócio da saúde, o Sr. Paulo Macedo, fez como costumam fazer os da sua laia: para justificar o injustificável e tentar esconder os interesses que estarão por detrás deste anunciado encerramento da Maternidade Alfredo da Costa, inventou “argumentos e razões”. Que é um luxo desnecessário, que está a mais, que o número de partos caiu para metade, etc., e tal...
Compreende-se o afã do Sr. Paulo Macedo em agradar aos seus ex-patrões e, previsivelmente, futuros patrões, assim que,  enquanto ministro, acabar a sua “comissão” ao serviço da troika e dos mercados... mas, infelizmente para ele, a realidade, pela boca de quem realmente sabe do que está a falar, veio desmenti-lo de uma forma humilhante.
Fica uma dúvida no ar: um governante que sobre um assunto de Saúde Pública mente tão completamente, é ignorante, é estúpido... ou é apenas mais um aldrabão acanalhado?

12 comentários:

Maria disse...

Sem pingo de vergonha!
Não há um que se safe. Todos me metem nojo!!!

Abreijos.

Rogério Pereira disse...

Bem desmontado... a propósito. Passemos a chamar-lhe: Sinistro da Saúde

Antuã disse...

É um aldrabão abominável com o crime sempre pronto a usar.

Justine disse...

Não, não é ignorante! Não, não é estúpido!
E nós também não...

trepadeira disse...

Tudo isso e mais umas coisitas que não vou escrever.

Um abraço,
mário

Luis Filipe Gomes disse...

O homem manda rezar missas de acção de graças. Não sei se antes de ser Paulo era Saulo. Não sei mesmo em qual estrada de Damasco lhe caiu um raio em cima. Sei que de novo a sua mão procura a espada; não para matar cristãos mas para matar os que não são fiéis da sua fé. Afinal quem não quer ver a realidade, ao ver a luz pode ficar cego. Cego com a cegueira definitiva dos néscios que trazem as trevas.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

O actualMinistro da Saúde de Portugal, há-de ficar na história lusa como um dos mais frios economicistas ministros. Este não quer saúde para TODOS, e só "salta em cima" dos mais desfavorecidos. Salazar, 1º Ministro de tristíssima memória na vida Portuguesa, para "amealhar" (...segundo a "teoria" de então), pôs a sociedade Portuguesa a ferro e fogo sob todos os aspectos sociais, tratando vilmente homens e mulheres, e também nunca afrontou as grandes riquezas e privilégios de então.
Afinal,passados tantos e com a devida proporcionalidade das idades, que os diferencia, em termos de metodologia?.

Provoca-me disse...

é um gajo que precisa de conhecer o doce sabor da vingança, e de receber carícias para lá do BDSM. assim carícias à PIDE

Olinda disse...

É isso tudo e mais alguma coisa que não digo.Mente impunemente,e com uma falta de decoro incrível.

Zé Canhão disse...

É uma besta que precisa de ser queimado viva mas por dentro. Não tenho nada a ver com o Santo Ofício. Mas que a besta merece, merece!....

Generosa disse...

Como é possível que este gajo que está ligado a esquemas (Nno,não são negócios) de "saúde" privada, cartões de descontos (tipo cartões das gasolineiras)pode ser ministro da saúde?

Depois,os italianos é que são mafiosos...

gina henrique disse...

É claro que todos eles sabem o que estão a fazer mas o que me impressiona é a maneira displicente com que nos tratam como se fossemos todos muito estúpidos muito ignorantes desde o que fala devagarinho aos que falam mais acalorados fazendo-nos sentir uma porcaria qualquer quando são eles que não prestam e não nós.
O sr Paulo Macedo é tão só igual aos outros...