quarta-feira, 18 de abril de 2012

UE – União Empresarial?


Por mais que, em princípio, simpatize com a medida adoptada pela Presidente Cristina Kirchner, não possuo “ferramentas” que me permitam fazer uma análise séria ao que se está a passar entre o governo da Argentina e a petrolífera Repsol. Nem quanto à justeza, nem à legalidade, nem à oportunidade e utilidade real da nacionalização, nem ao que realmente possa estar por detrás do caso. Ainda assim...
Mesmo que a chamada União Europeia já nos tenha habituado à ideia de que os seus dirigentes e burocratas (quase) só levantam os nutridos rabos das cadeiras para arranjar dinheiro para os bancos (ou para si próprios)... ainda assim, o que se está a passar com relação a este episódio é nojento!
Nojento é mesmo uma palavra suave para classificar uma UE que, ao mesmo tempo que assiste, quase impassível, ao massacre dos trabalhadores de vários dos países que a integram... está numa agitação assinalável, reagindo mesmo violentamente à “agressão” do governo argentino... a uma gigantesca empresa privada espanhola.
Pena... que os simples trabalhadores contribuintes não sejam defendidos com esta garra! Pena... que os cidadãos não possam, a título individual, “desariscar-se” desta tremenda e descarada vigarice que é a chamada União Europeia!

10 comentários:

do Zambujal disse...

Esta(s) garra(s) são para outras façanhas!

As coisas estão a ficar cada vez mais claras. Desde há pouco tempo, desde 1848.

Antuã disse...

A união dos Eunucos é assim.

salvoconduto disse...

Calhorda é o que é, já que não quero conspurcar o teu blog. Kirchner sempre disse que a Repsol será indemnizada. A Argentina apenas chamou a si o que sempre foi dela. Que lhes sirva de lição, aos argentinos claro, quando permitiram a privatização dos hidrocarbonetos.

Maria disse...

As vezes que me apetece emigrar...

Abreijo.

Provoca-me disse...

Esse homem mete-me nojo, e os outros idem aspas aspas.

Provoca-me disse...

http://www.facebook.com/photo.php?fbid=311710805567136&set=a.134719369932948.27970.100001846580108&type=1 Camarada, vê lá se a tromba não é mais bonita.

A.Silva disse...

Que boa fotografia do porco!

Graciete Rietsch disse...

Esta UE é uma empresa fraudulenta que usa o ser humano como instrumento para conseguir mais dinheiro volátil aos seus apaniguados.

Um beijo.

trepadeira disse...

Cada vez que algo deixa de ser de exploradores para passar a ser de todos,incomoda todos os exploradores e lacaios ao serviço.

Um abraço,
mário

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Não acham que o ex-maoísta está a ficar obeso para além do normal, e nomeadamente pós o ano de 2005?.