segunda-feira, 5 de julho de 2010

Vital Moreira & Maria de Lurdes Rodrigues – Homenagem(s)



«A anterior ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, publicou um livro sobre as virtudes da escola pública.
Com toda a legitimidade o faz. Ninguém como ela à frente do Ministério da Educação contribuiu mais para dar sentido ao ensino público, reordenando a rede escolar, melhorando as condições físicas e tecnológicas das escolas do ensino básico e secundário, alargando o horário do ensino básico, combatendo o abandono e o insucesso escolar, reforçando a acção social escolar, introduzindo a avaliação das escolas e dos professores, conferindo mais autonomia e responsabilidade às escolas, universalizando o ensino pré-escolar e o ensino secundário, apostando no ensino profissional.
Enfrentando com coragem e determinação todas as resistências corporativas e oposições políticas, Maria de Lurdes Rodrigues foi simplesmente a melhor dos ministros da Educação desde o 25 de Abril».


E porquê – perguntarão vocês – esta transcrição integral de um post do Dr. Vital Moreira, aqui no “Cantigueiro”... e ainda por cima, logo este?
Porque quem, como eu, tem a atrevida pretensão de escrever, esporadicamente, uma ou outra coisa que apela ao sentido de humor de quem lê... deve curvar-se perante uma grande peça humorística como esta, ou pronto, vá lá... uma grande anedota!

13 comentários:

Sal disse...

Nem mais!

smvasconcelos disse...

Em que país tem vivido esse lunático?!

Tomei a liberdade em enviar o teu post, por e-mail a dois amigos professores, a resposta veio logo: Hã??!! e "Anedota mesmo", respectivamente.

Pois... Não há muito mais a responder, de facto.

bjs

donatien alphonse françois disse...

Desde que a Carolina Salgado escreveu um livro,qualquer manhosa faz o mesmo...

Aristides disse...

Três grandes anedotas encimam o teu post. Qual delas a melhor!
Abraço

Maria disse...

O homem passou-se. Definitivamente.

Abreijo.

maia disse...

Ainda bem Samuel, que nos trouxeste esta anedota, com estas anedotas. Faz bem rir. Ainda por cima são feios como o caraças!

Graciete Rietsch disse...

Só quem não conheceu o mandato da Milu como Ministra da Educação pode aceitar esse elogio. Mas também vindo de onde veio é anedótico. Conheci muitas professoras que se aposentaram com penalização porque não conseguiam exercer a sua função de professoras pelas imposições de D. Marilu."A melhor Ministra da Educação desde o 25 de Abril" é mesmo de rir.

Um abraço.

isabel cardoso disse...

Desde o 25 de Abril?! Só?!...não! à vontadinha, à vontadinha desde para aí qualquer coisa como o período do Homo Sapiens Neanderthalensis ! Aliás os dois, a Maria de Lurdes e o Vital, são espécimes desse "elo perdido", coitaditos nunca atingiram o Sapiens Sapiens mas disfarçam muito bem no meio dos outros todos com quem costumam confraternizar. O diacho do Vital afinal até lhe escorrega a chinela para a piadazita, quem diria? habituei-me a vê-lo muito cheio de ódios, rancores e ressentimentos que assim até lhe acho... vá, uma certa graça.

Antuã disse...

O Vital é um palhaço com alguma piada.

Fernando Samuel disse...

Um elogiador à dimensão de uma elogiada...

Um abraço.

conceição disse...

a melhor ministra desde o 25 de Abril? anedota pura e dura. nem mais. como é possível ainda falar numa pessoa, será? , que fez mal a tanta gente, que pôs o ensino de rastos, apesar de ele nunca ter estado bem. pior é impossível!!!

Cloreto disse...

Flureto de sódio e sulfataras várias

António disse...

Óh Vital Moreira! dá-me cá esses ossos! Saíste-me cá um traidor!... vou-te contar...