quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Armando Vara – De betão



Na imagem podemos ver Armando Vara, no tempo em que só tinha olhos para o Millennium BCP. Entretanto, o insuperável ex governante do PS acaba de “cimentar” mais um pouco a sua fulgurante carreira de gestor emérito. Foi colocado na administração da Camargo Corrêa, a gigantesca cimenteira brasileira, que para além de controlar uma boa parte da “nossa” Cimpor, tem vastos interesses em África, na área da construção, mas não só.

São esses interesses que Vara vai servir, mais concretamente em Moçambique e Angola. No lugar que agora ocupa (chairman, como ele diz... e que sempre é uma coisa mais fina), Vara terá que contactar, para além dos grandes patrões brasileiros, com empresários e, sobretudo, altos quadros dos dois países africanos.

Tripudiando a honra de milhões de brasileiros, moçambicanos e angolanos, que fazem o que podem para ganhar a sua vida honestamente e com lisura de processos, quem escolheu Armando Vara para este lugar de administrador, parece ter dado como adquirido que, para muitos desses empresários e altos quadros, o facto de o “famoso” gestor português ser arguido num processo de corrupção ainda não totalmente investigado nem julgado... deve ser “para o lado que eles dormem melhor”... se não for mesmo uma vantagem.

Infelizmente, são bem capazes de ter razão.

9 comentários:

jrd disse...

O Vara tem cá um fôlego!
Pudera com um tratamento peitoral destes!...

Abraço

Maria disse...

A Vara estava a olhar para a pernoca da Bárbara, hehehehehehe!!!!!!!!
O gajo é um sabujo. Ponto.

Abreijo.

Meg disse...

Samuel,
Pensei que a falta de vergonha tinha limites...
NÃO TEM!
E não me conformo.

Abreijos

trepadeira disse...

Eles sabem bem o estofo e estômago que é preciso ter para fazer grandes fortunas.
Um abraço,
mário

Luís Coelho disse...

Dei uma olhada a alguns dos teus artigos e gostei da maneira clara como os elaboras sem medo nem,palavras mansas para tais gestores de fantasia barata.
A podridão até chegou ao Vaticano. Nem São Pedro lhes vale nesta ganância desmesurada.
Depois as creches e a campanha publicitária. Essa foi muito clara.
Resta saber se algumas crianças não foram pagas para fazer aquele número de publicidade enganosa.

Graciete Rietsch disse...

Mais uma denúncia que mostra a podridão dos nossos políticos. Mas poucos se apercebem. Somos um povo conformado como manda a santa religião.

Um beijo.

Anónimo disse...

O 1,5 litro de água seria para ter a vista mais límpida ou porque as vistas lhe causaram secura?

Não sei se poucos se apercebem da podridão dos nossos políticos mas uma coisa sei: a "santa religião" aconselha as pessoas para serem boas mas não as manda serem parvas/tapadas e, atendendo a que,como é amplamente divulgado, é notório o alheamento das pessoas relativamente ao espiritual, não pode ser a culpada pela apatia e resignação do nosso povo. Outra coisa será...

Antuã disse...

Vara ou suinicultura?

Fernando Samuel disse...

Estão cheios de razão, podes crer...

Um abraço.