segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Francisco Lopes - ... está nas vossas mãos!



Para aguardar as reacções dos media e dos seus comentadores habituais e, igualmente, por uma questão de “gestão de audiências” aqui do estabelecimento bloguista, esperei até hoje para falar da minha ida até Lisboa, para me associar à candidatura de Francisco Lopes. Segue então a “crónica”.

Na passada sexta-feira, dia 10, a Europa foi pequena para acolher todos os que quiseram estar com Francisco Lopes na apresentação da sua candidatura à Presidência da República.

Bem... não foi bem a Europa, Europa... por enquanto foi apenas a Sala Europa do Hotel Altis, em Lisboa, mas que, deve dizer-se, leva uma data de gente!

Francisco Lopes atacou frontalmente a (provável) candidatura do actual Presidente Cavaco, um mero prolongamento em Belém do Primeiro Ministro Silva... de má memória. Disse que a sua (nossa) candidatura é a única portadora de uma vontade sincera e consequente de ruptura com as políticas que nos trouxeram até ao triste “lugar” em que estamos.

Disse coisas bonitas como: «É preciso transformar desânimos e resignações em esperança combativa. Confiem nas vossas próprias forças! Mobilizem a vossa vontade, energia e capacidades! O futuro de um Portugal mais justo e desenvolvido está nas vossas mãos!»

Disse muito mais coisas que é importante que um número cada vez maior de pessoas saibam que disse... e o que quis dizer exactamente quando o disse. Esse é, talvez, o nosso papel...


Entretanto, passados estes dias e algumas reacções assim e assado... não deixa de ser interessante que, de uma forma geral, os adversários do PCP e de Francisco Lopes, alguns mesmo, bastante mais inimigos do que adversários, se “queixem” muito da pouca popularidade do candidato, de ele ser pouco conhecido, de isso ir fatalmente arrastar o PCP para um mau resultado eleitoral. Mas... que diabo! Não é isso mesmo que lhes já jeito? Então, queixam-se de quê?

Não deixa igualmente de ser, no mínimo, curioso, que um dos humoristas “oficiais” do Bloco de Esquerda, se dê ao trabalho de, na sua última crónica da “Visão” , para além de alinhar no “coro do candidato desconhecido”, fingir que está a fazer uma piada sobre o BE e o seu candidato presidencial, que, como diz, «é do PS», apenas para poder à mistura passar o seu recado, afirmando que Francisco Lopes é o candidato do Partido Comunista da União Soviética, representante de uma “linha dura” mais dura ainda do que seria a de um hipotético candidato apoiado por Brejnev... pretendendo, claro, que isto passe por uma peça humorística e não por aquilo que realmente é... e que não vale a pena gastar “banda larga” a classificar.

Quererá isto dizer que a candidatura comunista é incómoda? Se for o caso, ainda bem!

12 comentários:

smvasconcelos disse...

Se o for para eles, tanto melhor. Para mim, é a única candidatura viável!Aquela que é, de facto, de esquerda!
bjs

Sopro leve disse...

Mas qualquer candidatura do PCP incomoda muita gente, sendo que qualquer pessoa sabe, mesmo fingindo não saber, que as canditaturas do PCP nunca existirão para camufular o sistema actual, como as restantes candidaturas que entre si só diferem do cheiro, pois quanto ao resto são iguais... é preciso denunciar a realidade em que vivemos, e quem tem pactuado com isso.

Graciete Rietsch disse...

Pois, de facto a candidatura comunista incomoda muita gente, mas o BE não pode deixar de cumprir a sua missão, achincalhar para benefício de quem não está com o Povo Português.

Um beijo.

Suq disse...

Eu acredito no Pai Natal , na Fada Madrinha e Nos anjos de guarda ao Palácio de Belém ,

Nelson Ricardo disse...

É a candidatura de quem defende os direitos dos trabalhadores e do povo. E é óbvio que incomode muita gente à conta dessa firmeza.

Um Abraço.

Luis Nogueira disse...

O "inteligente lá de casa", Ricardo Araújo, salta-pocinhas político e tudo, nem sequer se apercebe de quem é e do que sempre fez o Alegre. Nem sequer se precebe que o poeta de Águeda é capaz de dizer, depois de ter votado todas as revisões da Constituição... vem dizer que com ele ninguém toca na Constituição.
Não se pode tirar sangue de um nabo. Este araújo é tão burro que nem sequer percebe que ao meter o gasganete na coleira do BE, ficou preso à trela do PS.
Mais tontinho do que ele na "Visão", só o antigo estalinista de Freamunde (J.C. de Vasconcelos, o Santa Teresinha).

Luis Nogueira

Fernando Samuel disse...

Talvez falem no «candidato desconhecido» para não falarem do objectivo da candidatura...
(andamos a encontrar-nos muito: também tropecei na Visão...)

Um abraço.

Fir disse...

Pode-se fazer humor com tudo menos com o PCP. Que tristeza!

(Declaração de interesses: tenho imenso respeito pelo PCP e pelos seus ideais e é possível que venha a votar em Francisco Lopes)

Antuã disse...

Gosto muito de os ver preocupados.

Elísio Alfredo disse...

Já sabemos o desfecho, n'é! Mas o Francisco é o meu candidato e ponto final. Quanto ao resto, como é costume dizer-se "os cães ladram..."

amigona avó e a neta princesa disse...

Estamos nessa meu amigo...
Abreijos...

samuel disse...

Fir:
Está enganado...
Primeiro, em julçar que "não se pode" fazer humor com o PCP. :-)))
Segundo, por achar que "aquilo" que o RAP escreveu é mesmo humor.

Abraço.