quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Isabel Alçada – Dá muita vontade de rir... mas depois fica-se com alguma pena...



Mesmo sabendo que não vou ser original, pois já outros blogues pegaram neste assunto; mesmo não pretendendo assumir o papel de “serviço público”... a verdade é que me sinto na obrigação de fazer com que um ainda maior número de pessoas veja este espantoso quadro de comédia burlesca.

Trata-se de um vídeo verdadeiramente demencial, em que a nossa surpreendente Ministra da Educação faz uma comunicação «aos alunos, aos professores... e até às famílias», alinhando um impressionante chorrilho de disparates, de que o impagável «estudar desenvolve o cérebro» é apenas um exemplo. Tudo dito com um ar, para dizer o mínimo, aparvalhado e tristemente cómico.

Claro que posso estar enganado e esta seja uma qualquer técnica revolucionária de comunicação que a D. Isabel Alçada tenha aprendido naquele famoso “mestrado” que adquiriu em apenas alguns dias, num rápido passeio aos Estados Unidos.

Fiquei (penosamente) à espera de que a comunicação terminasse com o tradicional «e depois casaram e viveram felizes para sempre»... mas nada feito.

Já nem as estórias da carochinha são o que eram!

19 comentários:

Fir disse...

Aprendem-se coisas verdadeiramente úteis como, por exemplo, "um dia tem 24 horas". Já agora, enquanto a senhora ministra deu exemplos sobre a divisão destas horas, podia ter aconselhado os meninos a reservarem algum tempinho para ler uns livros de uma certa e determinada colecção infanto-juvenil.
Mas do que gosto sobretudo é da alternância de planos (agora com zoom, agora sem zoom). Será uma metáfora audiovisual para a alternância que tem acontecido no país nas últimas decadas?

smvasconcelos disse...

A rua sésamo socretina, como dizia uma maiga minha...
bjs,

Anjos disse...

Fiquei "encantada"!!!
Que bonitooo!!!

Claro que se trata de algum casting para uma qualquer telenovela, ou estarei enganada?

É uma actriz/candidata muito expressiva...(Pena é que transpareça ecessiva hipocrisia)

Gostei,porque aprendi muitas coisas:
deseja bom ano lectivo.. até às famílias; a duração do dia; temos que nos alimentar bem (será que vão passar a fornecer alimentos às famílias dos alunos mais necessitados?); os mais velhos podem dedicar-se às actividades que gostam (e os outros, não devem?); o tempo que é "pra" estudar, é "mêmo" só "pa" estudar;os alunos que aproveitam bem as horas têm muito "maus"(logo corrigido para bons) resultados e precisamos de nos orgulhar dos nossos alunos!

Que lição maravilhosa!...
Até estou a pensar propor à Direcção da minha escola que ponha este vídeo a passar, até ao final da semana, para que todos os alunos aprendam "A Lição da Isabelinha"!

Bruno disse...

Não via um sketch tão bom envolvendo ministérios desde aquele dos Silly Walks. (Este: http://www.youtube.com/watch?v=a17QkZO4mkY )

Anónimo disse...

Bordaloca do pinheiro onde se alçando fazem pela vidinha de-leitando nobre povo, contra os canhões? marchar marchar!

relogio.de.corda disse...

Mas que m***da é esta???!!!!
Esta senhora não deve estar a dirigir estas palavras aos professores, com certeza!!!

Crixus disse...

Se o ridiculo matasse... já não tinhamos ministra da educação. Até a pose faz lembrar uma catequista dos anos 40

Aristides disse...

Simplesmente...simplesmente...como direi?...inacreditável!
Abraço e já agora bom ano lectivo.

Milan Kem-Dera disse...

Foi, certamente, a irreprimível e saudosa memória das "conversas em família" que levaram a D. Isabel a gravar este programa.
Todavia... ó esquecimento imperdoável: - faltou o retrato do "chefe" na parede!

Graciete Rietsch disse...

Não se esquecam que ela escreve livros infantis, o que até é muito de louvar quando os livros têm um conteúdo que as crianças possam assimilar.
Mas ela falou do começo das aulas para alunos, pais e professores. Quer dizer reduziu-os todos à categoria de crianças de embalar. E onde está a educação e o ensino?

Com ministras destas para onde irá a Escola?

Um beijo.

donatien alphonse françois disse...

Pena dos alunos,dos pais e dos professores...somos governados por tontos...(mas que lhes dá para o mal)

anamar disse...

Não consigo chegar ao fim...
Apre!!!
:))

Antuã disse...

A Isabel foi alçada ao cúmulo da estupidez.

Juvenal Ferreira disse...

Não consegui...

Não aguentei...

Mas não consegui mesmo ver até ao fim...

Deve ser defeito meu.

Quem será o Pai da Criança? disse...

À porta do Ministério da Educação, na Av. 5 de Outubro, foi encontrado um recém-nascido abandonado.
O bebé foi limpo e alimentado pelos funcionários que decidiram dar conhecimento do assunto à Ministra da Educação.
Depois de oito dias é emitido o seguinte despacho, dirigido ao Secretário de Estado:

Forme-se um Grupo de Trabalho para investigar:
a) - Se o 'encontrado' é produto doméstico deste Ministério;
b) - Se algum funcionário deste Ministério se encontra com responsabilidades
neste assunto.

Após um mês de investigação, o Grupo de Trabalho, conclui:

'O encontrado' nada tem a ver com este Ministério pelas razões seguintes:
a) - Neste Ministério não se faz nada por prazer nem por amor;
b) - Neste Ministério jamais duas pessoas colaboram intimamente para fazerem alguma coisa de positivo;
c) - Neste Ministério tudo o que se faz não tem pés nem cabeça;
d) - No arquivo deste Ministério nada consta que tivesse estado terminado em apenas 9 meses.



Dá tema, para mais um livro da colecção " UMA AVENTURA ... "

Anónimo disse...

A minha gata chama-se Carochinha e tem histórias bem melhores do que esta!!!
Se o Ministério da Educação quiser ela concerteza não se importará de fazer uns vídeos para pôr na web.

Fernando Samuel disse...

Adorei, adorei, adorei...

Um abraço.

Luis Ferreira disse...

A senhora ou é tonta ou... ao que isto chegou, metas ela uma criança no autocarro às 7 da manhã e que só regressa a casa às 7 da tarde e depois conversamos...
É o que está a acontecer neste país a milhares de crianças, à pála de uma melhor educação porque 20 crianças não têm condições para estudarem, etc.etc. conforme estudo de não sei de onde.
QUE RAIO DE PAÍS É ESTE... deixem-me ir pra ilha ...

Maria disse...

Bom ano lectivo pra ela também, já que me parece que NÃO estudou bem quando devia (cérebro mal desenvolvido...)

Ainda não tinha visto esta pérola!!!

Abreijos.