segunda-feira, 18 de junho de 2012

Génio de capitalistas espreme trabalhadores portugueses


Não, o título deste post não é uma tentativa de fazer um trocadilho com os chorudos ordenados dos jogadores de futebol, já que estes, ao que me dizem, dependem exclusivamente do “mercado”... e eu, como vai sendo sabido, não entendo bulhufas deste tipo de “mercadorias”.
Sendo assim, o meu título não é um trocadilho, ou uma piada, mas sim o melhor comentário ao título do CM que vem logo abaixo da festa da bola, dando-nos conta dos 605 mil portugueses que sobrevivem com o Ordenado Mínimo Nacional. Sobretudo, com a parte da capa que, em letras mais pequenas, nos diz ter esse número de portugueses ainda mais violentamente explorados do que a média aumentado para o dobro (*), em apenas quatro anos.
Haveria muito para dizer sobre esta realidade... mas nunca um trocadilho ou uma piada!
* Notícia um pouco mais desenvolvida na "Agência Financeira", já que a notícia do "Correio da Manhã" é exclusiva da edição em papel, pelo menos até ao fim do dia.

12 comentários:

Provoca-me disse...

E a Victória do Ciclista Rui Costa nem aparece na página, enfim.

Provoca-me disse...

E o que aparece em Grande Plano é o bronco do Ronaldo que se lembrou de jogar bem e marcar dois golos, isto porque ninguém pode criticar a princesa capitalista! Mas é interessante ver estas capas de jornais, as televisões e afins que passam telenovelas diárias desta treta do futebol, e depois metem assim para um canto os prémios e as victórias que atletas de outras modalidades ganham, e os reais problemas do país.

Anónimo disse...

E eu a pensar que o Samuel, hoje, viria aqui escrever sobre as eleições na Grécia. Afinal, já lá vão dois post´s e nada.
O que tem a dizer sobre o resultado do PC Grego, que apenas alcançou 4 por cento dos votos, ou seja, passou o ser o partido com menos votação, tendo ainda menos percentagem do que a abstenção.
Vai insultar os gregos como faz com os portugueses que acusa de serem atrasados e pouco informados quando votam noutros partidos que não o seu? Sinceramente, gostaria de conhecer a sua opinião sobre este assunto. Se calhar anda o mundo todo enganado e os comunistas portugueses, quais iluminados, é que estão certos. Será?

Saudações

António Ramos

José Rodrigues disse...

Agora a alimária escolhida por uma minoria de portugueses que ocupa o palácio de Belém,embalado na alienação colectiva e à socapa, promulga as alterações ao Código do trabalho.Quero ver se a seleção da bola manda mensagem de repúdio...e de apoio aos trabalhadores portugueses!

Abraço

samuel disse...

António Ramos:

Mais uma vez reafirmo que escrevo sobre o que quero, quando quero e não sobre o que você (ou seja quem for) pensa que eu vou escrever.

As análises sobre resultados de eleições a seu tempo se farão (ou não), mas para já, sobre a sua provocaçãozita, quando diz,

"Se calhar anda o mundo todo enganado e os comunistas portugueses, quais iluminados, é que estão certos"… sempre lhe digo:

Não, génio!
Como a História sempre nos diz, as maiorias é que têm sempre razão!
A maioria que elegeu Hitler.
A maioria que elegeu os canalhas que nos governam (e que, pelos vistos, apoia).
A maioria que consome música pimba em vez de Chopin.
A maioria que papa novelas em vez de ler… e quando lê, lê livros do Paulo Coelho ou da Nora Roberts, em vez de literatura...

Portanto, caro António Ramos, como vê, você está carregado de razão… e, ao que parece, está com a maioria!

Parabéns!

Saudações

Antuã disse...

Olha se o filho do Cristiano não fazia anos!...

Medronheiro disse...

O António Ramos pertence à maioria que pensa com os pés.

Zé Povinho disse...

É preciso ser um génio para se sobreviver com 485 euros/mês, embora por enquanto eles sejam apenas um número que atinge já os dois dígitos.
Abraço do Zé

Graciete Rietsch disse...

O contraste entre os dois títulos é flagrante. A maioria que o permite que explique o fenómeno, porque, pensando com a cabeça, é difícil de entender.

Um beijo.

Provoca-me disse...

Realmente o António Ramos deve ter ficado parado no tempo.
Já agora partilho consigo esta imagem que publicaram noutro blogue. http://aventar.eu/2012/06/18/eleicoes-na-grecia/

Provoca-me disse...

http://www.rtp.pt/play/p170/e83302/bairro-alto Apesar do Ricardo Pais ser do PS segundo me consta, o homem é um acérrimo defensor da cultura e do teatro, e aqui nesta entrevista arrasa completamente e bem as telenovelas portuguesas e brasileiras, e que as brasileiras secaram o teatro... e mais não será necessário dizer, penso eu.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Sinceramente, ainda não vi um jogo de futebol do Europeu/2012... inteiro. Aliás nesse nesse campo,até tenho muitos poucos minutos sentado na cadeira, e não me sinto "motivado" para... algo mais.
É uma afronta a quem nada tem, a quem luta diáriamente, e a quem (quem sabe) tenha o seu futuro hipotecado o ´que os futebolistas Portuguses e demais, ganham, e usufruem.
Inveja? Não. Sentido de classe? SIM.