segunda-feira, 4 de junho de 2012

Selecção Nacional de Futebol – Nós, os ricos...


Subitamente, descubro que um terço dos produtos à venda nos supermercados têm tudo que ver com futebol, com o jogador a, b, ou c, com a Selecção Portuguesa e, sobretudo, com patriotismo. Muito patriotismo. Patriotismo a rodos.
No entanto, nenhum produto se funde tanto com o espírito da quadra desportiva, como a cerveja! São corredores inteiros de espírito patriótico espumante e fresquinho. Ofertas de copos, cachecóis, camisolas, porta-chaves, bolas de praia, bonés... e pilhas para a telefonia. E tudo se vende. Às caixas, garrafas, latas, paletes, barris. Porque uma coisa é certa:
Ainda não se descobriu em que é que o português consome mais cerveja; se a regar os festejos, ou se a afogar os desgostos. Mas nunca falha... bebe-se sempre!
Vá... não fiquem a olhar assim para mim. Não sou adepto, mas gosto dos meus amigos o suficiente para fazer votos de que, como cá na minha área de trabalho, um mau ensaio geral seja seguido de uma grande estreia.
Um lugar no pódio deste Europeu de Futebol já ninguém nos tira: o da selecção com maior orçamento para instalações de luxo e demais mordomias adjacentes.

11 comentários:

Provoca-me disse...

Ai tanta cerveja que vai ser vendida, ao mesmo tempo que a malta pseudo patriota se está a embebedar que nem gente grande, estou para ver o que os Nazis do PSD no Governo decidirão!

Anónimo disse...

bem gosto da minha cervejola, mas nunca acompanhada de Selecção, seja ela qual for :)

vovómaria

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

As mordomias que os profissionais portugueses vão usufruir, o estatuto de "prima donas" que protagonizam (porque lhes dão meios e atenção...), e quando outros nem para comer têm, são demasiadamente ofensivos a qualquer um outro "qualquer Português", que sinta o sangue que lhe corre nas veias, e cada menos estimulada essa natural circulação.
Os ricos (...futebolistas), abalaram hoje de Portugal com pompa, circunstância, e a atenção (para vender..) dos canais televisivos. SINCERAMENTE, e desculpem-me ser assim mesmo; não é "disto" que necessitamos no contexto geral da sociedade Portuguesa. Culpados? NÓS, até que invertamos a nível global da sociedade Portuguesa, a nossa postura.

Provoca-me disse...

Revolução nas mentalidades Manuel Forte.

trepadeira disse...

De bola só sei que não quero nada com aquilo e com o que anda à volta.

Cerveja,que bem fica o patriotismo regado com holandesa pois,de portuguesa já não tem nada,nem sequer dinheiro dos exploradores.

Continuo a preferir tinto,feito aqui,ou ali no vizinho.

Um abraço,
mário

Bolota disse...

Samuel,

Desculpa o abuso, mas é digno mostrar ao mundo quanto somos bons a gastar em tempos de crise.



1 - Portugal - Opalenica - 33174 euros

2 - Rússia - Varsóvia - 30400 euros

3 - Polónia - Varsóvia - 24000 euros

4 - Irlanda - Sopot - 23000 euros

5 - Alemanha - Gdansk - 22500 euros

6 - Rep. Checa - Wroclaw - 22200 euros

7 - Inglaterra - Cracóvia - 19000 euros

8 - Holanda - Cracóvia - 16200 euros

9 - Itália - Wieliczka - 10500 euros

10 - Croácia - Warka - 8300 euros

11 - Dinamarca - Kolobrzeg - 7700 euros

12 - Espanha - Gniewino - 4700 euros


Simplesmente patetico. Começo a ter vergonha do povo do qual faço parte, se calhar fica-me mal mas é o que sinto

Anónimo disse...

Os trabalhadores ficam sem subsídios de Natal e Férias, mas para o futebol existem milhões de euros!!!..
É preciso distrair!!!....
Vicky

Antuã disse...

Enquanto a maioria pensar com os pés!...

Anónimo disse...

tiram subsídios de férias e de natal (que até é uma reposição de acerto dos dias que faltavam pagar no resto do ano) e paga o estado uma fortuna para suas excelências jogarem à bola. e qual é o retorno disto? retirar os passes de estudant? diminuir drasticamente os estudantes na faculdade? aumentar o nº de pessoas a comer das carrinhas de misericórdia, estacionadas à noite pelas cidades fora?...E canta o povo o Hino Nacional depois de um jogo - treino de pós época? ò Senhor Primeiro Ministro afinal a onde está a tal disciplina que falou? "é preciso disciplinar, e tal..." é este o sentido de estado de instituições que reje como esta que gasta 8 (oito) vezes mais que a seleção espanhola (essa sim com sentido de estado)? quer dizer vão suas excelências gosar à fartazana com os meus subsídios, o dinheiro dos passes sociais, das ajudas retiradas ao povo? e o que gastam trutas como administradores não executivos de juntas metropolitanas e outros orgãos de estado? A final que disciplina é esta? E o Povo não acorda? Continua a cantar o hino e alimentar babugem utópica dispesista que quer voltar aos tempos de ignorância da outra senhora?

Nuno Barata disse...

Vejam bem a coincidencia,temos como nunca o FADO,património da humanitas"
Temos Fátima como nunca o 13 de Maio deste ano,foi o que foi.
E agora para completar temos o
FUTEBOL,com cavaco,leonor beleza e transmissões em directo para ver partir e chegar o Avião...
Afinal a culpa não era do "botas".
As ovelhas merecem ser pastoreadas.Que Deus lhes dê pouco pasto.Assim seja,Amen.

Bolota disse...

Barata,

E esqueceste-te do Rock in Rio, Bué da gente.

No entanto, hoje fui a uma das grandes superficies das muitassssssssssssssssss da minha zona e...comentario da senhora que estava a pesar os legumes, este ano e estamos em Junho, numa zona estival e o movimento é o movimento num dia de inverno do ano passado.

Num ano, tudo se alterou e se tivermos em conta que o Passsos entrou á 1 ano...