segunda-feira, 4 de junho de 2012

Papa Ratzinger – Estará com um parafuso a menos?


Caridadezinha, sempre! Sobretudo, se muita gente estiver a ver.
Ter muita pena dos “pobrezinhos”, sempre! Sobretudo, se muita gente estiver a ouvir.
Questionar as causas (e os causadores) da existência da fome e da pobreza... nunca! Nem em pensamentos, porque pode até ser pecado!
É esta regra de ouro, esta velhíssima receita cobarde, que tem mantido as religiões de bem com os deuses e os diabos, fazendo exactamente aquilo que dizem não se dever fazer: servir a dois senhores.
Ó Samuel... e a que é que vem esta “homilia”? – perguntam vocês.
É apenas uma forma de estar entretido... sem dizer o que realmente penso de mais uma das ideias “peregrinas” de Herr Ratzinger, o alemão que por estes dias faz de papa católico.
Para evitar, como já disse, adjectivos de que venha a “envergonhar-me”, prefiro deixar apenas quatro notas.
1. Alguém devia dizer ao papa, que a razão da existência de tanta miséria e fome é exactamente a fauna de “padrinhos” que governam e sugam o mundo.
2. Alguém devia gritar aos ouvidos do papa, que os explorados precisam de justiça e não de padrinhos e madrinhas.
3. Alguém devia avisar o papa de que esta sua ideia é uma cópia triste, vergonhosa e humilhante, das campanhas de “apadrinhamento” de animais dos Jardins Zoológicos, por figuras públicas e outros voluntários com uns trocos disponíveis.
4. Por fim, devo dizer que estou bem ciente de que o facto de todos os meses contribuir (via conta da ZON) com alguns euros para a Isabel dos Santos, não conta para esta campanha do papa... ainda que Isabel dos Santos pertença a uma família de um país cheio de seres humanos que vivem na miséria.
Devo acrescentar ainda que estive, estou e estarei disponível para a solidariedade e para o combate contra os “padrinhos” fabricantes de guerras, exploração, fome, miséria e morte... caminho que, estou certo, não farei na companhia deste papa e de muitos dos seus defensores e seguidores, mas que, felizmente, não farei sozinho!

11 comentários:

Anónimo disse...

Como eles gostam da caridadezinha!!!... Assim podem ser uns dos "Senhores do Mundo" e eis a nova ordem mundial!
Vicky

Tiago Mouta disse...

Amén...Subscrevo integralmente!
Um abraço e bem haja

Anónimo disse...

o papa...!!!... um nojo!!!!
a Isabel dos Santos... e andei (há muitas luas) a cantar "a vanguarda do povo angolano, é o MPLA!"... se arrependimento matasse!!!... e tenho alguns que bem me arrependo!

vovómaria

Graciete Rietsch disse...

Totalmente de acordo, Samuel.

Um beijo.

maia disse...

Dou comigo a pensar: Que raio de nome este, Papa! Pois é, papam bem e ainda querem papar os outros por parvos. E será que olhando os papas e as isabel dos santos não se enxerga mesmo a caridadezinha? É preciso que se acorde toda a gente!

Antuã disse...

Os padrinhos roubam que se farta e depois dão umas migalhas daquilo que roubam.

Provoca-me disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Q0npNn9kpTo

trepadeira disse...

Por aí também vou,sem papas nem bolos.

Um abraço,
mário

Provoca-me disse...

Qualquer Papa que lá estiver não se vai esforçar muito para acabar com a caridade e a pobreza!

Aurora disse...

Porra! Samuel!
Se não existissem os pobrezinhos o
que seria da caridade.

Provoca-me disse...

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/fatima-recria-aparicoes-da-virgem-maria