sábado, 23 de junho de 2012

UGT – João Proença... e uma sucessão que se anuncia muito “auspiciosa”


Uma das muitas vantagens que as conversas de café com os amigos têm sobre os blogues, jornais e telejornais, é que não dependem da actualidade para terem interesse. Sendo assim... lá estava o meu amigo desabafando comigo sobre duas notícias já com alguns dias, envolvendo “sindicalistas”.
1. O mais que certo sucessor de João Proença à frente da UGT, Carlos Silva, promete ser ainda melhor que a encomenda! De facto, fica-se sem grande coisa para dizer, ao apreciar a satisfação do “sindicalista”, pelo facto de o seu patrão, Ricardo Salgado, dono do BES, «lhe desejar muita sorte, afirmando ser para ele um orgulho ter um seu colaborador à frente da UGT».
Não... o meu amigo não estava a inventar! A entrevista em que o “sindicalista” e futuro dirigente máximo da UGT fez estas “confidências”,  pode ser lida AQUI.
2. O ainda secretário geral da UGT, o inimitável João Proença, declarou que que a revisão do Código do Trabalho (que há bem pouco tempo assinou)é má, não serve para nada, nem ajuda a resolver nenhum problema.
Quando o meu amigo se preparava para “ilustrar” a sua estória disparando alguns adjetivos sobre o grande João Proença, eu, para o acalmar e, sobretudo, poupar os ouvidos das senhoras que tomavam chá na mesa ao lado, resolvi dizer-lhe que o caso do Proença não é único... dando mesmo como exemplo a estória de uma fantástica tia de um colega meu dos tempos de escola, que quase todos os dias vinha para a rua e assinava tudo o que lhe puséssemos à frente: livros, cadernos escolares, fotografias, bilhetes de rifas...
Claro que a senhora tinha a excelente desculpa de ser louca juramentada, diagnosticada, medicada... e só não internada, porque nunca fez mal a ninguém. Dava-lhe apenas para se tomar por uma grande artista de cinema ou teatro, ou grande escritora, ou diva da ópera... e dar autógrafos a condizer.
Qual será a desculpa de João Proença?!

9 comentários:

Pata Negra disse...

Um amigo meu disse o mesmo da mulher pouco tempo depois de ter assinado o casamento.
- Se é assim tão má porque é que casaste com ela?
- Porque nas festa do casamento fui o centro da festa, fiquei numas fotos e recebi uns trocos!...
Isto anda, anda, que o patrão da UGT ainda há-de ser um banqueiro!...
Um abraço por uma Proença a Nova

Graciete Rietsch disse...

Não é nada modesto o novo serviçal da UGT e combina perfeitamente com o grande patronato,dono de Portugal.

Um beijo.

trepadeira disse...

E tudo abentado pelo espírito santo.
Pode ser que comecem a pisar estes bichos viscosos.

Um abraço,
mário

Antuã disse...

Que cheiro a Cacia quando se fala no Proença!!!

Edgar Carneiro disse...

Sentem-se tão à-vontade que já nem sequer têm cuidado com as palavras. Confundem o fim "desta história" com o fim da História.

Anónimo disse...

Mais um que se junta a todas esta corja para vender todos e tudo.
Saudações
Vicky

Anónimo disse...

Triste "UGT", mas existe, apesar de tudo, outro "sindicato"????
Não se esqueça, Samuel, os sindicatos, são os maiores inimigos dos trabalhadores, só semeiam ilusões.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Mais um faz de conta.

Júlio disse...

Mas existe alguém mais imbecil que o anónimo? Não há outra central imbecil assim.