terça-feira, 16 de junho de 2009

Cavaco Silva - A (falta de) imaginação no poder





Para um Presidente da Comissão Europeia, fosse ele quem fosse, ser muitíssimo importante e decisivo para o seu país de origem, em detrimento dos restantes países membros, teria que ser uma pessoa absolutamente desprovida de carácter e no fundo, um corrupto. Ora José Manuel Durão Barroso, cuja principal função é estar de gatas perante as grandes potências europeias e os EUA e sendo, portanto, pouco mais que um inútil, não parece que tenha beneficiado Portugal em coisa nenhuma... o que sempre é um ponto a seu favor.

Estabelecido que Portugal não ganha nada com a portugalidade do Presidente da Comissão Europeia, a insistente excitação com a nacionalidade do homem só pode ser fruto da parolice. A mesma parolice que nos faz derreter de patrioteirismo com uma qualquer bota de ouro, saltos disto ou daquilo, primeiro lugar em concurso de arrotos, ou desenhos em muros, feitos com xi-xi... que apenas honram os atletas e autores dos “feitos” e não o país, que não poucas vezes não lhes liga a ponta de um corno se não trouxerem para cá uma medalhinha qualquer.

Cavaco Silva, que hoje em dia, basta mexer a boca para se ficar logo a saber que está seguramente a dizer uma tolice, disse «não imaginar algo mais importante para os superiores interesses de Portugal do que a escolha de um português para presidente da Comissão Europeia».

Curiosamente, da parte de Cavaco Silva esta declaração não podia ser mais acertada! Durante todos os anos em que teve a obrigação de realmente “imaginar” alguma coisa que servisse os superiores interesses de Portugal, não imaginou uma única de jeito, que fosse. Porque é que havia de o conseguir agora?

11 comentários:

Maria disse...

Mentes pequeninas de "nada a dizer".
Quando o homem mexe a boca eu lembro-me sempre do bolo-rei...

Abreijos

Antuã disse...

Esse guarda-livros incompetente até acha que toda a receita é lucro sem ter em conta as despesas!... Echegou esta coisa parola à presidência da república!...

Camolas disse...

- O que eu não pagava para descobrir "os rabos de palha" do cavaco.

cetautomatix disse...

Depende do que se entenda por superiores interesses de Portugal. Ou do que seja Portugal, para esses efeitos. Se um determinado subconjunto dos portugueses, que sabemos quem são, se arrogar proprietário da identidade nacional, ter este português na presidência da CE serve seguramente os superiores interesses [deles].
Assim, é parolo, é parolo, mas também o cabeça de abóbora era e foi precisa muita força e paciência para ele sair. É como dizem certos "párias" desta sociedade: agora é preciso levar o voto até à luta.

vovó disse...

dizia a minha mãe, e muito bem: espíritos tacanhos e mentalidades nulas!

lia disse...

Carmélio, plenamente de acordo com tudo o que diz.

Pata Negra disse...

Totalmente de acordo! Acrescento uma ideia batida: que europa é esta que escolhe um dos quatro da fotografia dos açores? uma fotografia que mudou tragicamente a história da Humanidade!
(é a segunda vez que te peço Samuel, não me ponhas fotos destes tipos a ilustrar as tuas acertadas palavras - ainda vou acabar por te partir o blog!)
Um abraço português mas nem por isso melhor que os outros

ZERO À ESQUERDA disse...

Balão Raposo? Ná... não conheço.

anamar disse...

Santa noite , Samuel...
:))

Fernando Samuel disse...

Durante os anos em que foi primeiro-ministro e durante os anos que leva com pr, tudo o que fez foi contra os interesses nacionais, contra a democracia, contra Abril...

Um abraço.

samuel disse...

Maria:
Dá logo vontade de abrir um guarda-chuva... em legítima defesa.

Antuã:
Para o que está a fazer... é qualificado.

Camolas:
Mesmo que haja alguma coisa, deve ser algo assim pequeno, como ele...

Cetautomatix:
Digo algo parecido desde que ele chegou a presidente do PPD e depois Primeiro Ministro. Muitos dos “barões” do PPD, na “vida real” nem os bons dias lhe dariam... mas serviu bem os seus objectivos.

Vovó:
E sabia bem o que dizia!

Lia:
Quando o Carmélio disser, possivelmente também estarei de acordo! ☺ ☺ ☺

Pata Negra:
Não te acanhes... os blogs são como tudo. Este parte, aquele parte...

Zero à Esquerda:
Como disse uma vez o falecido José Calvário, “é a sua sorte, meu amigo!”

Anamar:
Pronto... não foi má...

Fernando Samuel:
Ou seja, cumpre escrupulosamente o seu programa!


Abreijos colectivos!