segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Honduras resiste!



Já todos reparámos que, no essencial, a posição da dupla Obama/Clinton em relação aos golpistas das Honduras, para além de alguns “anémicos reparos” ao fascista Micheletti, que usurpou o poder... é pedir calma ao presidente legítimo e deposto pelo golpe. Assim vão dando tempo para que os golpistas estabilizem a situação no país, criando, muito convenientemente, um “perímetro sanitário” de silêncio sobre a luta e as grandes manifestações do povo hondurenho, de apoio ao seu presidente exilado e sobre a violência com que essas manifestações são reprimidas, violência que continua a produzir mortes entre os apoiantes de Manuel Zelaya.


É natural que pensem assim. Apesar do esforço dispendido, do grande trabalho que lhes dão a preparar, da enorme despesa para os financiar e depois sustentar, estes derrubes de governos democraticamente eleitos e a ascensão dos fieis ditadores, para os EUA são, evidentemente, “Golpes de Sorte!”

Sempre a fazer lembrar a estória de um conselheiro da Casa Branca que chamou a atenção de um dos presidentes dos EUA para o facto escandaloso de um dos protegidos do governo Norte Americano, num dos países da América Latina, ultrapassar constantemente todos os limites, mesmo para um ditador e, basicamente, ser “um filho da puta”, ao que o presidente respondeu, “sim, mas é o nosso filho da puta”.

17 comentários:

Anónimo disse...

Para filhos da puta, filho da puta e meio...
Rui Silva

Anónimo disse...

hum.....???

salvoconduto disse...

Então será caso para dizer que os filhos da puta estão bem uns para os outros.

alex campos disse...

Nunca tive ilusões com o Obama. A política é exactamente a mesma, só mudou a táctica. Quer dizer, e parafraseando um cantor, eles entram ora com botas cardadas ora com pézinhos de lã.
F*****daP****

Um abraço

Maria disse...

Ainda por cima atrevem-se a dizer que é uma lição para que o Zelaya não siga as pisadas de Chavez...
Quem disse que Obama era diferente?
Só na cor da pele!

Abreijos
(com saudades de tudo - inclui migas)

pintassilgo disse...

Uma coisa é certa Obama é Filho da Puta.

o castendo disse...

O ditador chamava-se Anastasio Somoza García, Nicarágua
O presidente dos EUA Franklin D. Roosevelt (FDR)
O ano da frase 1939

Justine disse...

Viró disco e tocó mesmo! A hipocrisia instituída, a luta pela hegemonia do mundo...

Irlando disse...

Palavras para quê.São artistas "americães

Anónimo disse...

Amigos.
Será que a HC não quis saber também o que fazia a namorada do marido?.
Olhem bem para a boquinha da foto e pensem.

Anónimo disse...

Amigos.
Atrás faltou que a sra. além de ser ministra de um presidente negro agora está em África.
Será que o marido lhe disse que em África é que era bom?

Fernando Samuel disse...

Todas as ditaduras fascistas da América Latina, foram implantadas e (ou) apoiadas pelos EUA.

Um abraço.

Luis Nogueira disse...

A Maria tem mesmo a certeza de que o Obama é preto? Olha, eu não... Parafraseando já não sei quem: "Raspe-se um imperialista preto, e encontra-se um imperialista braco". O que o gajo me parece é um "calcinhas"
a querer imitar os fs. de ps. brancos que se sentaram na mesma cadeira, i.e. a caterva dos presidentes dos gringos antes dele...

Luis Nogueira

Anónimo disse...

Quae todos os que aqui deixam comentários são pessoas de muito baixo nível se se levar em linha de conta a facilidade com que insultam pessoas que não conhecem de lado nenhum. Os comentaristas são racistas, estúpidos, ignorantes e deveriam ser obrigados a provar as suas insinuações e afirmações.
Alarves!

Anónimo disse...

Quae todos os que aqui deixam comentários são pessoas de muito baixo nível se se levar em linha de conta a facilidade com que insultam pessoas que não conhecem de lado nenhum. Os comentaristas são racistas, estúpidos, ignorantes e deveriam ser obrigados a provar as suas insinuações e afirmações.
Alarves!

samuel disse...

Rui Silva:
Lá diz o povo..

Anónimo:
???

Salvoconduto:
Estão quase sempre.

Alex Campos:
Quem teve... está muito a tempo de as perder.

Maria:
Fartam-se de “dar lições”!

Pintassilgo:
Não diria tanto...

O Castendo:
Obrigado pela precisão! ☺
A sério... é que por vezes pode pensar-se que este tipo de frases são fruto da imaginação.

Justine:
Como desde há muito tempo... sempre!

Irlando:
Infelizmente, acabam por sujar o nome dos verdadeiros artistas americanos, que nalguns casos são excepcionais...

Anónimo:
Por esse caminho, não costumo ir...

Fernando Samuel:
E isso não é “teoria da conspiração”. É História!

Luís Nogueira:
Naqueles lugares não conta a cor da pele... e o dinheiro não tem cor!

Anónimo:
Já o senhor é de uma lisura digna de uma lápide tumular.
Siga o seu caminho em paz...

Anónimo:
Então? Não ouviu à primeira?!


Abreijos (quase) colectivos!

Antuã disse...

Não diria que o´Obama é preto. Nem isso ele é. E não sou racista nem jamais identifiquei alguém pela sua cor. eles, os fascistas, é que fizeram campanha com o bronzeado do Fulano.