sábado, 9 de março de 2013

António Borges – Um ser infecto...


António Borges é um salafrário viveu toda a sua inútil vida de parasita como lacaio da pior escória do capitalismo selvagem e sem pátria. Recentemente, decidiu cravar os dentes nas veias dos trabalhadores portugueses. Só do seu “part-time” como consultor do governo, ganha cerca de vinte e cinco mil euros mensais pagos directamente pelos contribuintes. O salafrário acha que «o ideal era que os salários descessem», juntando assim a sua extremamente bem paga opinião à polémica sobre a descida, ou subida do Salário Mínimo Nacional.
Esta posição de António Borges pode querer dizer muita coisa... mas uma quer dizer de certeza:
grandecíssimo "filho da puta" que, evidentemente, sabe bem que são estes a quem quer baixar os salários que lhe pagam o estilo de vida milionário, mostra que para além de gostar que os "seus" euros corram como um rio, todos os meses em quantidades descomunais para a sua conta bancária... gosta também que eles venham a saber a sangue e a morte!
Façam-me o favor de não me perguntar o que é que eu desejaria que acontecesse a este tipo de bandalhos, caso os ventos da História, juntamente com o nosso esforço, nos proporcionassem uma nova Revolução. Receio que a minha resposta dê cabo do pouco que resta da minha antiga imagem de “boa pessoa”!

20 comentários:

Olinda disse...

Estas coisas,que perderam a vergonha,pois estao a ter uma marê favorâvel äs polîticas ,que as sustentam,pensam que podem ter a sua vidinha milionâria e tranquila eternamente.Deixa-os pensar...

Um abraco

Provoca-me disse...

Forca? Cadeira Eléctrica? Umas chumbadas? Eh eh eh. Estou a brincar, mas estes filhos da puta aos poucos e poucos andam a matar tantas pessoas como no tempo do Salazar. E como não é só aqui, e como a guerra deles não é com armas, a coisa é tão séria, e tão grave que as manifestações e greves são coisa pouca.

Anónimo disse...

Pois eu, sei bem como gostaria de o vêr: nas mesmas posição e situação em que ficou o Mussolini!
O talho até podia ser o daqui da rua, para não ter de me deslocar muito.

Rui Silva

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Ouviu-o ontem nos jornais da TV e não consegui acabar de jantar.
Será que ele não tem um espelho onde se possa ver e ouvir a dizer estas aberrantes afirmações ?????

A estes fulanos só mesmo a guilhotina para acabar com aquelas ideias de matar o povo à fome e de o escravizar até à morte...

Jorge disse...

Abominável!

José Luís Moreira dos Santos disse...

Este abominável homem da fossalidade intelectual, como tantos outros, não são apenas perigosos por dizerem estas baboseiras,as quais têm um conteúdo ideológico preciso, são ainda mais perigosos porque provocam a ira apaixonada, e esta desvia a necessidade de desmontagem séria, verdadeira e pedagógica desse conteúdo ideológico. Os insultos e as juramentações, são o fruto doce que esses velhacos colhem, pois quando propalam as suas baboseiras é já a solicitude de condenações que eles desejem. Depois, há ainda o fato de esses velhacos terem todos as tribunas ao dispor, mesmo para ter quem os defenda como pobres incompreendidos e mal tratados, enquanto que quem os queira denunciar ficam à porta de uma desejada oportunidade. Penso que nos estamos a deixar encurralar e a aproveitar mal as pouquissimas oportunidades de desmascarar esta carneirada. Não sou sábio nem suficientemente talentoso para saber o que fazer, mas cada vez estou mais convicto que é preciso continuar a fazer o que bem se faz, mas também a passar a fazer melhor o trabalho de denuncia desta carneirada. Acho que misturar política e moral, quero dizer, argumentar com dados morais o que deve ser combatido com argumentário puramente político, deixa larga margem para as escapadelas fáceis e proveitosas para esta canalha. Os que melhor sabem que são uma reles canalha são eles mesmos, melhor seria tudo fazer para que o povo simples e honesto também soubesse. Há tanto por fazer!
José Luís Moreira dos Santos
Pardilhó - Estarreja

Antuã disse...


Um ladrão e um criminoso hediondo.

Graciete Rietsch disse...

è um criminoso e como tal merece um castigo equiparado àquele que ainda se usa na grande democracia americana.

Um beijo.

Bolota disse...

Moços,

Uma coisa me consola.
Estes cabrões tambem morrem e a avaliar pela aparencia...

Mas quando é que chegamos a roupa ao pelo a um pintas destes??? Já propuz por ai qua na proxima vez que encontremos esta gente, em vez de ir vesstidos normamente, vestir-mos fato e gravata.
A confusãos erá tanta que seja ele quem for acaba por mama-las

Bolota disse...

Ainda voltei atras.
Sabem o que foi o meu almoço??? Coelho, coelho com ervilha, mas este acho que tem de ser comido vivo

Abraços

Reaça disse...

Também não simpatizo com este, mas ao contrário do Samuel apoio gente como o Lech Wallesa.

samuel disse...

Reaça:

É, muito provavelmente, um direito que lhe assiste… mas então eu, ao contrário de si, prefiro viver num mundo em que os homossexuais, desde os totalmente anónimos e anónimas, até aos milhares de grandes criadores que, nos mais diversos campos da criação artística, ajudaram o mundo a avançar das cavernas para a luz… não sejam discriminados, perseguidos, violentados e, sempre que isso se proporciona, presos ou enfiados em fornos crematórios, como parece defender o energúmeno Lech Walesa!!!

O senhor apoia o que quiser… mas não deixa de ser triste, com uma década de Século XXI já passada!

Rosa dos Ventos disse...

Acho que bastava pô-lo a viver com o ordenado mínimo nacional e ter que pagar tudo com isso, até a renda de casa!
Claro que morreria de fome em pouco tempo!

O Puma disse...

Uma nódoa a preço de oiro

Luis Filipe Gomes disse...

Não passa de um bicho. O que é surpreendente é o aumento da praga e a tolerância de que vai gozando.

Pata Negra disse...

As revoluções, muitas vezes, desenvolvem-se quando menos se espera. Se esta coisa andasse, o povo acordasse e amanhã despontasse uma revolução, o que faríamos a um cabrão destes? Permitiríamos que fosse para o Brasil??? Não! Matar não! Mas, pelo menos, fazê-lo viver com o ordenado mínimo!
Eles estão cá com uma força! Faz-me lembrar a força de Franco com o apoio de Hitler! Ná! Isto está mesmo a ficar negro!
Um abraço com a força que temos

Anónimo disse...

É um canalha abdominável!
Vicky

Anónimo disse...

abdominável??? tá boa essa...

Anónimo disse...

Por ser tão asqueroso anda podre de doente!Deus escreve direito por linhas tortas...

samuel disse...

Anónimo (19:46):

Não, não escreve, meu caro! :-)

Ultimamente tenho visto partir assim mais pessoas decentes do que canalhas como este Borges.