sexta-feira, 15 de março de 2013

Trabalhadores da RTP - E ao quilo... quanto valem?



O senhor "da ponte", o salazarista “distraído” e grande especialista em cervejolas que Relvas sentou na cadeira da Administração da RTP para lhe facilitar a negociata da tão desejada venda ao desbarato do património construído ao longo de décadas pelo esforço dos trabalhadores da estação pública de televisão e dos portugueses em geral... já sabe quanto "vale" cada trabalhador da casa.
O inútil pode não ter uma única ideia sobre o que deve ser a Televisão e Rádio públicas, pode não ter ideia do que faz cada trabalhador que dirige, ou qual a importância do seu trabalho... mas sabe quanto "vale" cada um. São 45 mil euros... ficando por saber se este preço é válido para trabalhadores ainda vivos, ou já esfolados e amanhados.
Diz que cada vez que se poupar essa quantia “mágica” poupa-se um trabalhador ao possível despedimento. Como argumento demagógico está na média: poderia ser menos, mas também poderia ser mais porco.
Claro que antes de ofender os trabalhadores, agrafando-lhes uma etiqueta com o “preço”, não se lembrou que tem por lá vedetas que em dois ou três meses estoiram esse orçamento, sendo que, nalguns casos, não se vislumbra a troco de quê.
Claro que não se lembrou de que neste preciso momento tem, como tem tido a outras partes, uma megalómana e parola embaixada de enviados a Roma, seguindo cada flatulência do novo Chefe de Estado do Vaticano e do enxame de cardeais, embaixada que está a estoirar dinheiro que daria para “salvar” um número indeterminado dos tais trabalhadores...
Parafraseando o Papa Francisco, que disse sobre a sua própria organização (com propriedade, admita-se!) «Sem Jesus Cristo, podemos ser uma ONG piedosa, mas não a Igreja», também a RTP, desgraçadamente, enquanto for dirigida por estes trastes, poderá até ser uma “ong” que fornece, aqui e ali, uns programas de televisão “passáveis”... mas não é um Serviço Público de Televisão!

7 comentários:

Provoca-me disse...

Com esta coisa da embaixada no Vaticano e a verdadeira novela do papado, ainda vão conseguir arranjar mais fiéis assim à pressão. Então a correr com trabalhadores, piorando ainda mais o canal, o caminho ainda fica mais facilitado para ainda corroer mais um bocadinhooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo a cabecinha tonta de muitos telespectadores. No fundo são apenas simples curiosidades. Isso e agora os apresentadores, comentadores andar com o Se Deus Quiser a toda a hora e a todo o momento. Ah e o paspalhão do Cavaco segundo consta vai felicitar o Nazi da Argentina como Presidente da República. Brilhantes tempos.

Graciete Rietsch disse...

Tristes tempos estes em que um ser é avaliado pelo preço que custa!!! E a riqueza que produz não vale nada?

Um beijo.

curiososempre disse...

Acho que está na hora Samuel. Este é o segundo "post" abonatório ao novo traste fascista que puseram no vaticano como chefe. As notícias abundam por aqui, sobre quem foi e é tal figura. Acho que está na hora de retirar os parabéns aos bons católicos e esclarecê-los. Um mentiroso hábil, colaborador da ditadura de videla, responsável(pelo menos moral,segundo muitas mães, do desaparecimento de muitos bébés) e falso apoio aos familiares, sobre o desaparecimento de muitos adultos. É importante que as mulheres católicas saibam o que ele pensa delas e o seu lugar na sociedade. Este homem é um fascínora Samuel. Impõe-se um esclarecimento. Saudações democráticas

samuel disse...

curiososempre:

Meu caro... os "parabéns" do primeiro post não podia ser mais irónicos! Estavam condicionados ao facto de tudo o que de "bom" se está a dizer do senhor Francisco ser mesmo verdade... e das manchas, ou crimes, no seu passado serem mesmo mentira.

Quanto ao segundo post "abonatório", este em que le aponto uma frase sobre a igreja ser uma coisa com Cristo e outra sem Cristo... também não podia ser mais irónico! Se me conhecesse (ou lesse regularmente) saberia que tanto me faz uma Igreja com ou sem Cristo!

Será sempre, de uma maneira ou outra, uma máfia... e, mesmo sendo Cristo uma figura histórica... não acredito, nem por um momento, no cristianismo, como aliás em qualquer outra religião.

Quanto ao senhor Francisco, a História e as notícias comprováveis que forem chegando dirão aquilo que tiver que se saber.

Saudações.

Olinda disse...

Vedetas que ganham balûrdios obscenos,para dizerem baboseiras,sîmbolos
do consumo de revistas cor-de-rosa,mas que ajudam as pessoas a ficarem
" quietas".A conveniencia ê bem paga,claro.


Um abraco

Luis Filipe Gomes disse...

ponte que o partiu!
com pontes destas prefiro atravessar a vau.
pode ser ponte, mas é levadiça.

Anónimo disse...

Gente destas só existe um sítio onde podem ir e ficarem lá para sempre!
Vicky