quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Então vá!... Allez, allez! (ou lá como é...)



Eu e o futebol, mantemos desde sempre uma relação de cordial indiferença. Como todas as regras têm excepções e para sossego dos amigos "sofredores", exclareço que hoje, no jogo do Dragão "de encontro" à Finlândia, o meu desejo de que a Selecção Nacional ganhe é um bom pedaço maior do que a grande vontade de ver o Scolari espalhar-se e ir à sua vida...

Mesmo sem perceber nada de bola... estar sempre a dizer que basta empatar será a melhor "mentalização" para os jogadores que vão estar em campo?

5 comentários:

Fernando Samuel disse...

Eu desejo muito que a Selecção Nacional vença.
Eu desejo muito que o Scolari vá à vida.

Não se pode... ter as duas coisas?

Sophiamar disse...

Eu não sou indiferente ao futebol e hoje muito menos. Quero que o meu País traga a vitória.
Hoje é dia de prémios lá no meu blogue. Trá-los, por favor.

Beijinhos, cantigueiro do meu tempo. Saudades!

Sophiamar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

obrigado pelo referencial musical que indica , às sempre suscitam o desejo de procurar em casa ou pedir aos amigos ou tentar o mercado. Reconhecido!
E viva a música!

Luis Eme disse...

O problema é sermos um país de "empatas"...

O Scolari sabe que já está em contagem decrescente, há muito tempo.

O giro é ver tanta gente a pensar que desta vez é que vamos ser campeões...