domingo, 18 de novembro de 2007

Ó p'ra mim...




...tão triste! 

José Manuel Durão Barroso finalmente saiu do coma profundo e descobriu que foi enganado no "negócio" das armas de destruição em massa, na posse do Iraque. Deve estar perfeitamente devastado... 

Não posso estar mais "solidário"!

8 comentários:

Anónimo disse...

Caro Samuel.
Corrija caso queira as tais armas de destruição maciça, por destruição em massa.
Não ironizo porque pode haver um desaguisado sem fim , só por isso .
cordialmente

Hertz disse...

Coitado,também foi traído!

samuel disse...

Em massa!
Está feito, obrigado!

samuel disse...

Caro anónimo

Mesmo grato pela correcção da sua correcção, estou contente por não ter dito, como no Telejornal da RTP1 há minutos, destruição "massiva".

almada disse...

Questionado sobre se houve um acordo tácito entre os 27 para que não haja referendos na generalidade dos países da UE, Durão Barroso garante não ter dado por nada.

“Se houve, não dei por esses acordos”

Está visto que daqui a uns tempos, lá vem o desgraçado queixar-se de que foi enganado outra vez.

Maria disse...

Então mas não sabemos todos que ele é cego e surdo?
Só não ficou mudo...

Fernando Samuel disse...

Devastado, o Zé Manel está satisfeito com a devastação de que é co-responsável: afinal trata-se, apenas, de umas centenas de milhares de mortos, ainda por cima árabes... e que, se não tinham, podiam ter tido as tais armas de destruição maciça.
Dito de outra maneira: «porreiro, pá».

Anónimo disse...

Que linda litografia !
Um dia destes passo com mais tempo para me deter no o marquetingue!