segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Alberto João Jardim



Segundo as notícias, o inenarrável Alberto João Jardim mascarou-se de Vasco da Gama e, entre copos, tambores, pernas e mamocas ao léu, declarou “solenemente” que ia à procura de Portugal.

Pena, que não se tenha mascarado de Dr. Miguel Bombarda e ido “solenemente” à procura do seu quarto no hospital...

A equipa médica está a ficar muito preocupada pois desde que abandonou as instalações já faltou a vários tratamentos, nomeadamente de alcoologia e de hiperactividade, que são os que toda a gente conhece... os restantes estão protegidos pelo sigilo médico.

9 comentários:

Maria disse...

Mais uma vez pareceu-me ser 'his master's voice'... veremos.

Abreijo.

Ana Camarra disse...

hehe he

Bem escrito!

beijo

anamar disse...

Sigilo médico e não só...
Dizem...
Uhm....
.))

Antuã disse...

É preciso acabar com o "bailinho" do alberto João.

Anónimo disse...

o bicho da madeira, provoca sérios danos no patrimonio.
quando em avançado estado de deterioração, podemos cheirar um odor a caruncho.há quem aprecie a decomposição, também quem aprecie bichos e outras coisas mais... é tudo uma questão de orientação.
abraço do vale

Fernando Samuel disse...

Este Jardim exala um nojento cheiro a vómitos: de boçalidade, de provocação, de poncha...

Um abraço.

Irlando disse...

Sem querer ofender as pessoas de bem,que existem na ilha da Madeira.
Penso que a ilha é um grande manicómio.

Daniel disse...

São tipos destes que fazem a melhor propaganda contra a democracia.

samuel disse...

Maria:
Sempre foi o criado do poder económico da Madeira...

Ana Camarra:


Anamar:
Mas pronto... sigilo é sigilo...

Antuã:
Já faltou mais.

Duarte:
Resumindo... podridão.

Fernando Samuel:
A tudo isso...

Irlando:
A ilha e uma boa parte dos madeirenses nada têm que ver com aquela “coisa”.

Daniel:
É praticamente a sua “profissão”.


Abreijos colectivos!