sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Sinais de Figo *





Apesar de, inteiramente no seu direito, Luís Figo ir repetindo a frase que mais se ouve nestas ocasiões, «Estou tranquilo com as minhas acções e com a minha consciência», isso não parece estar a ser suficiente para convencer os investigadores policiais, que continuam a desconfiar seriamente do pagamento ao ex-atleta pela PT de verbas exorbitantes em troco de um “apoio” à Taguspark, que ainda ninguém percebeu... e do apoio a José Sócrates, que toda a gente viu.

Ficamos, pelo menos, a saber da facilidade com que centenas de milhar de euros são entregues para fins nebulosos e a tranquilidade com que gestores de dinheiros públicos ou semi-públicos enterram fortunas em offshores, talvez na esperança de que nunca mais ninguém tenha notícia deles.

A serem fidedignas as escutas divulgadas aqui, este tipo de gastos são, segundo o aparentemente “certinho” Marcos Perestrelo, jovem estrela do PS, uma coisa que «vale muitos votos», mesmo reconhecendo que «essa m... dá muitos subsídios de emprego»... o que deve ser uma espécie de amostra do humor negro destes “novos socialistas”.

A investigação fará o seu caminho e, na melhor das hipóteses, demonstrará que Luís Figo é afinal apenas mais um português doido por dinheiro... e que gosta genuinamente de José Sócrates. Não é o único. Existem muitos portugueses doidos por dinheiro.

Adenda: Como é hábito quando alguém não consegue desmentir alguma declaração que lhe foi atribuída, também o nosso Secretário da Defesa, Marcos Perestrelo, já veio dizer solenemente que aquelas frases estão... «descontextualizadas». Portanto, ficamos a saber que sim, Marcos Perestrelo terá dito a Paulo Penedos que “alguma coisa renderia muitos votos” e que “aquela m... daria para muitos subsídios de desemprego”... só que foi noutro “contexto”.

Acho que fiquei na mesma.


* Com um pedido de desculpas ao Jorge de Sena.

10 comentários:

salvoconduto disse...

Para além de deter o poder essa gente convence-se mesmo que o tem e aí é que a porca torce o rabo...

Rui da Bica disse...

Vergonhosa e chocante a constatação de que uma empresa pública pague uma campanha de apoio eleitoral seja de quem for e o reconhecimento mais que irónico, sarcástico, dum membro do governo, relativo ao esbanjamento da m**** que tanta falta faria a milhares e milhares de famílias, em fundos de desemprego !
No meio de tudo isto, o Figo será o menos “criminoso”, podendo alegar que o dinheiro não foi para ele, mas sim para a Fundação.
.

Antuã disse...

Mercenário do futebol e mercenário político.

joão l.henrique disse...

Porque será que na Catalunha, ao senhor Figo lhe chamam o pesetero?

Um abraço

Anónimo disse...

Estes políticos são uns pulhas do piorio.

Sem escrúpulos, e a carneirada do povo vamos na conversa destes escroques.

Fazem dos atletas, desde este jogador de futebol, a Rosa Mota, Carlos Lopes e outros, muletas para as suas campanhas, que na sua juventude e ingenuidade, se prestam inocentemente, até porque tudo é feito atraves de agentes tão ou mais inescrupulosos que os politicos.

Agora, já não há TARRAFAL!

Anónimo disse...

money talks...
abraço do vale

Fernando Samuel disse...

De um Figo que já sabe dizer que está tranquilo com a sua consciência, há que dizer que é um autêntico Figo Maduro...


Um abraço.

Curioso do Mundo disse...

Cantiga descontextualizada : "Eu não sou como a Figueira/que dá fruto sem dar flor...(oculta(?)...


Abraço

Maria disse...

Sabes quem era o candidato do ps contra o isaltino? Esse: Marcos Perestrelo!
Mais: a minha freguesia virou ps. Imaginas o que isto que dizer?

Abreijos!

samuel disse...

Per tutti:
Entretanto, dias passados, a confusão não faz senão aumentar...


Saludos colectivos.