segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

O “namoro” (*)



… … … …          
…mandei-lhe uma carta          
e ela disse que não”          

* Espero que o Viriato da Cruz e o Fausto consigam perdoar este meu desaforo!

9 comentários:

Rogério Pereira disse...

Perdoa, perdoa...
A ideia é boa
(a denúnciar outra, péssima)

Anónimo disse...

Esta, só mesmo do Samuel...

Rui Silva

filipe disse...

Inspirada!...
Como é usual, por estes lados. Saudações, carregadas de desamor pelo namoradinho das cenas tristes!

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Quanto a mim a pessoa mais insegura, a quem poderá cair o poder ao colo.
Portugueses, votem em consciência, não se abstenham (sobretudo), porque nós não podemos continuar a viver assim.

Retornado disse...

Pela foto, até parece que tal como o Viriato da Cruz, também para ele não é estranho o cacimbo tropical do vale do Loge.




Maria disse...

É uma 'ganda tampa'!!!!
Têm muito pra dançar, ainda :)

Graciete Rietsch disse...

Bem lá no fundo, eles vão-se entendendo.

Um beijo.

Luis Nogueira disse...

Olha, este dava um cartaz daqueles mesmo de que o professor Bibi Nhanho gosta, não viste o que o tipo disse do cartaz da Inter para a manifestação de sábado passado? Deve ter tido a aprovação do Porventura de S.S. e foi passado a Eco e Barthes.
A este do Seguro ficava bem uma legenda do género: "Baby, vamos à luta?"
Abraços
Luis Nogueira

heretico disse...

nao me parece que a carta chegue... "a Garcia"!...

enfim, talvez chuegue ao Garcia Pereira...

abraço