quarta-feira, 3 de abril de 2013

Aberrações da Natureza...



Chega da Inglaterra a notícia do espanto provocado pelo “quinto”. O “quinto” é um cordeiro (ou cordeira) que nasceu com cinco pernas, mas que faz a sua vida normal, indiferente ao facto de ser uma aberração da Natureza.
Não vejo qual é o espanto! Nós temos cá um Coelho com cérebro de hiena... e que também vive indiferente ao facto de ser uma ainda maior aberração da Natureza.
Ainda por cima, estou certo de que o cordeiro “quinto” não faz mal a ninguém.
Segundo a notícia, os veterinários que estão a acompanhar o “quinto” que não estão certos de que a amputação da quinta perna seja o melhor para a saúde do cordeiro.
Ao contrário desses veterinários e no que diz respeito ao “nosso” Coelho, eu tenho várias ideias sobre o que seria melhor para a saúde do país... mas acho melhor guardá-las para mim.

10 comentários:

Maria disse...

Os coelhos não são... quadrúpedes?
Acho que coelhos bípedes só os amestrados... ;)

Abreijos

José Carlos Igreja disse...

O nosso coelho tem cerebro de abutre

Graciete Rietsch disse...

Coelho, nem cozinhado.

Um beijo.

Antuã disse...


Este coelho é venenoso. sirvam-no aos seus aliados anticomunistas.

Arlinda disse...

O perfeito ANORMAL:

«Ninguém quer um país pobre, mas o ideal era que os salários descessem»

Afonso Jorge disse...

Infelizmente o nosso coelho foi alimentado com relvas putrefactas.

Anónimo disse...

Parece que os comunistas ajudaram a levar a travessa com o coelho para a mesa mesmo sabendo que tinha veneno, não? Até a carregaram com bastante força. Parece que nem meteram os pés na cozinha para discutir a ementa com os chefs.

samuel disse...

Anónimo (14:55):

Safa!!! Você ainda vem só aí?!!!
Isso é que foi ficar para trás!...

Já quase toda a gente, entretanto, conseguiu perceber o que se passou... :-) :-)

Pintassilgo disse...


Este anónimo só tem uma cassete.

Zuruspa disse...

Os criadores väo tentar desenvolver esse anho de 5 pernas, e se possível que nas próximas geraçöes venha mais uma!
Já viram que é 20% a mais de carne de alto valor acrescentado?