quinta-feira, 15 de março de 2012

Governo Passos/portas – Bando de delinquentes


Uma das medidas incluída na bateria de ataques aos desempregados e aos seus direitos, estabelece que, para além de todos os cortes, haverá ainda um corte extra de 10% no subsídio, no caso de ao fim do sexto mês o trabalhador ainda não ter encontrado um posto de trabalho.
Numa altura em que os postos de trabalho diminuem todos os dias, com isso aumentando o número de desempregados, chamar a uma medida deste jaez um “incentivo à procura ativa de emprego”... é o que é, ainda mais, vindo misturada nesta enxurrada de ataques sucessivos ao mundo do trabalho.
Eu prefiro chamar-lhe uma canalhice, bem definidora do carácter dos bandidos que a criaram e do cavacal hipócrita que a promulgou.
Uma medida canalha, uma política de aguilhão, forçando os trabalhadores a aceitar seja o que for... por metade do salário, quantas vezes para reocupar o mesmo posto de trabalho, fazendo exactamenteo que já faziam...

12 comentários:

Provoca-me disse...

E dizem-me que isto não é Ditadura.

Maria disse...

Estes gajos não podem lá ficar muito mais tempo. Senão não sei mesmo onde vamos chegar...

Abreijos.

Antuã disse...

Os bandalhos nazis não têm limite.

Graciete Rietsch disse...

Como é possível ser-se tão CANALHA!!!!!!!!!!!!!

Um beijo.

trepadeira disse...

E se os trabalhadores dos centros de emprego não querem participar na canalhada,alguns,arranjam-se uns canalhas privados,assim tipo mercenários,para o fazerem.

Um abraço,
mário

Elísio Alfredo disse...

Um dia acordaremos. E o sol será muito mais radioso. Quisera que fosse cedo, para poder ver e ajudar. Têm de ser corridos, varridos, sei lá...

Fininho disse...

Os nazis agora não fazem comentários.

Manuel Norberto Baptista Forte disse...

Quem ainda tira a quem quase nada já tem apelidá-los de "delinquentes" é (quanto a mim) algo de simpático, porque a escumalha que nos vai de há décadas sugando o sangue quais vampiros, só têm um nome que els peóprios fizeram por o merecer, que é o de: agiotas. Porquê?. Porque especulam com os valores financeiros, e devido à sua falta de sensibilidade, fazem o povo pagar as suas contínuas e propositadas asneiras.
Que seria desta gentinha se houvesse uma Justiça a valer, e em tempo útil?.

Graça Sampaio disse...

Bando de Caga**ões!!! Sempre a fazerem a política dos patrões!

Jorge Reis disse...

Isto com patrões não vai lá.
Comissários politicos sim !
Nomeados pelo partido,isso sim.
O salário passava logo para o dobro e o abastecimento nas lojas do povo.
Era uma fartura!
Viva a URSS!

samuel disse...

Jorge Reis:

Infelizmente, também não vai lá com imbecis... e a ver pela profundidade e qualidade política dos seus comentários, há tantos, tantos...

Jorge Reis disse...

Olha a esperteza,a qualidade,a profundidade política do comentadeiro Samuel,vá lá um abribeijo.