segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Conselho de Estado


Enquanto se marca uma vigília para junto da Presidência da República e se alimentam expectativas (provavelmente exageradas) quanto aos resultados da próxima reunião deste grupo de cidadãos... cidadãos que, na sua maioria, já tiveram oportunidade para fazer alguma coisa de extraordinário pelo país, mas não fizeram... a passerelle por onde desfilam os notáveis do PSD (como Manuela Ferreira Leite ou como Capucho) e do CDS (como Bagão Félix, ou o vice-presidente José Manuel Rodrigues) que “condenam” Passos Coelho e o seu governo, já parece a Segunda Circular em hora de ponta.
Lamento não poder ajudar... mas a verdade é que não faço a menor ideia de como vai decorrer a reunião do chamado Conselho de Estado. Uma coisa, sei:
Vai ter altos... e baixos!

11 comentários:

trepadeira disse...

Seria uma solução nivelá-los.Estão todos anibalados.

Um abraço,
mário

Felicidade Carvalho disse...

Como é que Cavaco vai sair desta? A manelinha tentou dár uma ajuda,mas os estragos são muitos!Não era este o governo que Cavaco queria?

JotaB disse...

Direccionemos a nossa revolta para os políticos e os partidos.
E essa gentalha está na assembleia da república e nas sedes partidárias.

http://www.youtube.com/watch?v=pE_VbjcFz4c
http://www.youtube.com/watch?v=RNr1eOhA4qE&feature=related

Os actuais partidos e políticos terão que desaparecer do nosso horizonte.
É aqui, a meu ver, que deveremos actuar, concentrando toda a nossa energia.

Notas finais:
O aníbal silva não merece que gastemos um segundo das nossas energias com ele, pois é um zero absoluto.
O governo cairá inevitavelmente, se resultarem as nossas acções, estas ou outras.

Acabemos com esta farsa a que chamam democracia.

Olinda disse...

Vai ter altos e baixos,mas,a patifaria estâ bem nivelada.

samuel disse...

JotaB:

Já tivemos um regime assim, obrigado!
Era dirigido por Salazar!

Se nesta altura do campeonato ainda não sabe distinguir entre partidos e partidos… e acha que toda a gente que está na Assembleia da República é "essa gentalha"… não sei muito bem o que lhe dizer.

Salvo, talvez, que de cada vez que se faz um discurso como o seu… aqueles que você quereria atacar mas, pelos vistos, não consegue distinguir, ficam extremamente agradecidos.

Provoca-me disse...

Ficam extremamente contentes porque conseguiram passar bem a mensagem. Ou melhor fizeram bem a lavagem cerebral impondo ao povo o todos iguais, e são todos incompetentes e corruptos. E depois a malta cai que nem um patinho.

Graciete Rietsch disse...

Em tamanho, porque em ideias estão bem nivelados pelo salazarismo peçonhento.

Um beijo.

JotaB disse...

Eu já tenho 65 anos. Sei bem o que foi “o tempo da outra senhora” e não tenho saudades desses tempos.
Quis dizer e repito:
- Estes políticos, estes partidos políticos e este regime político, NÃO!


Façamos tão só o que fez a Islândia.
Nada mais.

Aconteceu na Islândia

“A negativa do povo da Islândia a pagar a dívida que as elites abastadas tinham adquirido com a Grã Bretanha e a Holanda gerou muito medo no seio da União Europeia. Prova deste temor foi o absoluto silêncio na mídia sobre o que aconteceu. Nesta pequena nação de 320.000 habitantes a voz da classe política burguesa tem sido substituída pela do povo indignado perante tanto abuso de poder e roubo do dinheiro da classe trabalhadora. O mais admirável é que esta guinada na política sócio-económica islandesa aconteceu de um jeito pacífico e irrevogável. Uma autêntica revolução contra o poder que conduziu tantos outros países maiores até a crise actual.
Este processo de democratização da vida política que já dura dois anos é um claro exemplo de como é possível que o povo não pague a crise gerada pelos ricos.”

Ouvir em:
http://www.youtube.com/watch?v=lNt7zc6ouco


A Islândia é a utopia moderna
(Miguel Ángel Sanz Loroño)

Ao rejeitarem, num referendo, o resgate dos seus bancos tóxicos e o pagamento da dívida externa, os cidadãos islandeses mostraram que é possível fugir às leis do capitalismo e tomar o destino nas próprias mãos.

Ler em:
http://www.presseurop.eu/pt/content/article/1320761-islandia-e-utopia-moderna

Jose Rodrigues disse...

Eu acho que só vai ter gente com altos rendimento$$$$...



Abraço

samuel disse...

JotaB:

Então está bem.

Quanto à Islândia, consta que eles não julgaram e condenaram TODOS os políticos…

Quanto a si… se de facto o salazarismo não lhe deixou saudades (o que é bom!) fica-lhe bastante mal misturar os herdeiros e saudosos do fascismo com todos aqueles que lutaram e deram (nalguns casos) a vida para que nos livrássemos desse pesadelo.

Em vez de aconselhar mais leituras disto e daquilo, pense um pouco nisto :-) :-)

Saudações.

Maria disse...

ou vai ter 'baixos'... e 'altos'...

;)