terça-feira, 3 de setembro de 2013

Que “saudades” das “FARC”!!!


Andava a perguntar-me já há alguns dias, quando é que apareceria nos media “a coisa” que costuma aparecer, sempre, uns poucos dias antes da “Festa do Avante”.
Afinal, a minha quase “ansiedade” não tinha razão de ser. Os nossos media funcionam como um relógio americ... perdão, suíço. “A coisa” aí está!!!
Sem querer pronunciar-me nem sobre o livro, que ainda não vi, nem sobre a alegada inclusão ou exclusão de fulano ou sicrano, nem sobre a recorrência destas tiradas “vistosas” de Carlos Brito...
Rais ma parte se “a coisa”, este ano, não é muito fraquinha... 
diria mesmo, medíocre como os pés que a arrastam!

46 comentários:

Maria disse...

É nojento. A princípio deu-me vontade de rir, mas pensando melhor... eles 'andem' aí com todos os meios...

Beijo.

Ponto de Interrogação disse...

Pois eu cá já li e vi o livro quase todo e aproveito para o recomendar. Concordo! Concordo que essa figura proeminente de nome que agora não me lembro devia constar de uma obra que mais não é do que, mais do que a vertente política, um documento histórico muito bem elaborado tendo como protagonista principal o Grande Álvaro Cunhal. O contexto mais importante da obra é, para mim, a partilha da vida de um ser humano extraordinário, admirável e cuja faceta humana poucos conhecem ou sequer valorizam. Mas, convenhamos, podiam muito bem ter colocado uma publicidadezita a fertilizantes e haveria lugar ao senhor cujo nome não me lembro e também a alguns cabeçudos que contrariam vergonhosamente os ideais que dizem defender.
Cambada!

Luis Rodrigues disse...

Se ainda não leu nem viu o livro
como é que a julga fraquinha?
é claro que o " deus " cunhal é o grande profeta e que os seus seguidores o colocam no "céu " e que os "judas" é para serem mortos mas que diacho,não há por aí uma crise de fé? Ou já agora na atalaia construir
um mausoléu e todos os anos em romaria fazer bicha e olhar o dr.
embalsamado.

samuel disse...

Luis Rodrigues:

E porque pouca de merda, desculpe-me o francês… é que eu teria que já ter visto e lido o livro, para estar autorizado por si a achar esta manobrinha de caca, esta noticiazinha sobre coisa nenhuma… "fraquinha"?

Se a atoarda fosse sobre a China, eu teria que já ter lá vivido?
Se fosse sobre bebés… eu teria que já ter parido um?
Em que condições é que vossa excelência permite que nos pronunciemos sobre alguma coisa?

Quando ao seu "surto de humor", na segunda parte do comentário, confirma o que penso: já há humoristas em excesso… e o triste resultado é este! :-) :-) :-)

Ponto de Interrogação disse...

Caro Luís Rodrigues

Tomo a audácia de intervir, apesar do seu comentário me não ser dirigido mas por vezes há coisas que me causa uma brotoeja tal que fico com cócegas nos dedos...

A "coisa" é fraquinha pela futilidade e pequenez num acto tão mesquinho.

Quanto ao resto acho que nem vale a pena dizer nada porque a começar por "deus" e a acabar em "crise de fé" é tudo um discurso que, parece-me, está absolutamente nos antípodas do que aqui se falou e, também, do que se defende.

Só mesmo alguém que não conheceu minimamente a vida e a obra do HOMEM Álvaro Cunhal para lhe atribuir rótulos com os quais ele não só não identificaria como ninguém que se preze o veria assim. Sabe, é que para referenciar uma referência (passo a redudância) não há "embalsamentos" que valham mas sim o estudo e história de Gentes que pelo seu contributo moral, social, artístico e, sobretudo, humano valem a pena ser partilhados, veiculados e eternizados para que possamos aprender e evoluir com eles.

Mas isto sou eu, claro.

Anónimo disse...

Carlos Brito que foi director do Avante e líder, talvez o melhor de todos, da bancada parlamentar do PC, no tempo em que o PC tinha a melhor bancada de deputados da Assembleia da República. Carlos Brito que ainda se mantém e se afirma comunista. Mais: tem ainda o cartão de militante do partido. Mas só porque não perfilha da cartilha ortodoxa e sectária que sai do Comité Central, pronto, já não interessa a ninguém. Deve conhecer melhor o Álvaro Cunhal do que a maioria, se não toda, das pessoas que fazem parte dos actuais órgãos dirigentes do PC. Devia, se fosse um alguém com o mínimo de decência, ter algum cuidado antes de escrever ou de se pronuniciar sobre ele... Porque a história e as pessoas que a fizeram, à história do PC, muito menos.
Você, caro Samuel, é assim do tipo cada tiro, cada melro. E continua, se calhar sem dar por ela, a contribuir para o afundamento do PC.
VERGONHOSO E LAMENTÁVEL!!!

samuel disse...

Anónimo (17:48):

Pois... mas que mal lhe pergunte, caro "não sei quem"... o que raio é que isso tudo o que diz, tem que ver com o que escrevi???

Anónimo disse...

E o que você escreveu, o que raio tem a ver com a notícia que saiu no jornal i? É mentira o que lá está escrito? Por que raio não há ali nem uma única foto do Carlos Brito que, durante anos e anos, foi um dos braços direitos do Álvaro?
Você não é um comunista. Você próprio o disse e ainda bem. Você é um fantático de um fundamentalista. E por sua causa, e de pessoas como você, que o PC nunca contará para nada a não ser para protestar e fazer barulho. E isso é muito triste. Triste e deprimente.

Zequinha disse...


De tal tocazita não pode sair grande coelho.

samuel disse...

Anónimo (18:09):

"… foi um dos braços direitos do Álvaro…"

Só por essa já valeu a pena a sua visita! Imagino quantos braços esquerdos e pernas teria… :-) :-) :-)

Quanto à essência da coisa, paciência! O senhor não atinge... e eu não sou assistente social, logo, estou-me nas tintas para o que o meu amigo entende ou deixa de entender!

Deu para perceber que está muito zangado com qualquer coisa mais ou menos indefinida que terá, ou não, que ver comigo, que está muito triste (vocês estão sempre!!!) por o PCP não crescer muito mais nas votações… e que além de triste, está deprimido.

Só não deu para perceber quem raio você é… mas isso, o meu caro deve ser o primeiro a achar completamente irrelevante, ou não andaria por aqui, escondido debaixo das saias do anonimato.

Saudações.

Anónimo disse...

Esta gente já não tem qualquer credibilidade, as pessoas já não os
levam a sério porque não são mesmo gente séria.

Ponto de Interrogação disse...

Ó caro anónimo,


que grande salgalhada que para aqui vai. Isto já parece mais ressabiamento (para não dizer dor de corno ou até mesmo fome de protagonismo) do que outra coisa.

O Samuel não quis dizer nada do que você disse que ele disse. Ou então quis mas você não percebeu um chavelho.

Além disso, se o "ainda militante do Partido Carlos Brito" tanto preza o tempo, o privilégio e, pelos vistos, o pouco que aprendeu com Álvaro Cunhal, porque é que não pôs sequer os cotos na exposição e ainda nem sequer leu o livro e já está a apontar o dedo?

Caramba! Se querem argumentar façam-no com coerência e não atirem com as coisas para o ar só porque sim.

Provoca-me disse...

Não foi o camarada que disse. Mas qual seria o mal se o PCP gostasse de Staline, não Stalinista, que isso não existe?!

E porque raio é que o PCP haveria de ter fotografias do fascista do Soares no livro de um Homem/Camarada que arrasa o Márocas em todos os sentidos.

Luis Nogueira disse...

Caros Luis Rodrigues e Anónimo:

Que me desculpe o Samuel, mas eu que sou comunista, tenho que me queixar - muito mais que o Soares que esportulou do Carlucci - de a minha fotografia não vem no livro. Nem falam de mim, vejam lá.
Quanto ao Carlos Brito (que goza, ele bem sabe porquê, de uma reforma que nenhum elemento do partido tem) era melhor meter a mão na consciência e deixar de escrever fosse o que fosse. O padre Brito é a coisa mais parecida com um onagro que se conhece. Só que os onagros não costumam ter cornos~. Além disso os comunistas não se arrependem, criticam-se a si próprios, o comunismo não é uma religião, não pratica a auto-flagelação como o reverendo Brito.
Vai-te encher de moscas Britaço!

Luis Nogueira (já tive mais piada, mas o padreca seca-me o sentido de humor...)

Anónimo disse...

Apoiado, anónimo 17.48!
Já agora, junte ao nome de Carlos Brito o de João Amaral, como dos melhores parlamentares que o PCP teve na AR.
Quem tiver em casa o "Rumo à Mudança", convêm ler de vez em quando. E os livros de Cunhal também!

Pintassilgo disse...


Cagar no Carlos Brito e nos seus bajuladores é pouco.

Antuã disse...


O que aqui vai de coleccionadores de folhas secas!...

Zequinha disse...



É pá também deve faltar a Zita do ar condicionado!

Anónimo disse...

Eles estão na toca sempre à espera de certos momentos,tais como: "A FESTA DO AVANTE" a seguir "AS ELEIÇÕES AUTARQUICAS A DE 29 SETEMBRO p.p." para atacarem o P.C.P.. Será que nada aprenderam com o GRANDE HOMEM QUE FOI E CONTINUARÁ A SER - ÁLVARO CUNHAL?
Vicky

Olinda disse...

Âlvaro Cunhal,foi fiel aos princîpios atê ä morte.Um traidor ,ê sempre um traidor,e serve muito bem os inimigos do povo.Carlos Brito,ficou deslumbrado,pela magnîfica reforma ,e iambêm pelo protagonismo,que ,traindo os principios,seria alvo de quem sempre aproveita este tipo de situacao.

Um abraco

Anónimo disse...

Ainda não vi ninguem comentar o livro da Judite de Sousa sobre o Cunhal.

Não interessa?

O lançamento hoje foi de estalo, com a presença do Miguel Relvas do Marques Mendes do Marcelo Rebelo de Sousa, que foi festivamente saudado pelo Jerónimo de Sousa.

Luis Rodrigues disse...

Fala-se em alhos e aparecem os bugalhos e todos uns porque sim o PCP o Cunhal são os maiores e outros o PCP o Cunhal são uns demónios.Vejam a história e o que deu o stalinismo,o fascismo e outros ismos,vejam o resultado.Olhem existe muita bibliografia sobre os assuntos,não façam do homem o pinto da costa,nem o
vieira,é que isto tudo cheira mais a clubite do que a política.

Anónimo disse...

Voce que aqui por vezes cita o VItor Dias, se o conhece, pergunte lhe porque razao saiu ele do comite central ja depois de ter 'saido' da comissao politica. Va la, pergunte lhe. E, ja que esta com a mao na massa, peca lhe a opiniao sobre o Carlos Brito. Felizmente em O Tempo das Cerejas nao se assiste ao baixo nivel e ma formacao que por aqui se veem em cada post/comentario

Anónimo disse...

Como e que voce permite aqui a publicacao de comentarios de pessoas que, nao sabendo do que falam, insultam o Carlos Brito de forma baixa e reles nao sabendo que ofendendo o estao a ofender a propria historia do PCP.
Voce nao pode ser comunista. Voce e uma pessoa estranhisima!

samuel disse...

Anónimo (00:31:

Pois... de facto, de alguns comentários não gosto por aí além... embora goste menos de anónimos de dedo esticado, escondidos debaixo das saias do anonimato.

Ainda assim tendo a entender o asco que provoca a traição, em pessoas que ou vem do tempo em que isso poderia querer dizer a quase imediata prisão, tortura e morte dos traídos... ou em pessoas que, mesmo não tendo vivido directamente essa realidade, foram formadas, para o mal e para o bem, por esse sentimento de repulsa para com quem deserta ou trai.

Não sou obrigado a gostar de alguns dos termos usados... mas entendo-os completamente!

samuel disse...

Anónimo (00:22):

1. Vá perguntar-lhe você... que eu agora tenho uma data de DVD para rebobinar.

2. Sobre o meu "baixo nível e a má formação"... para grandes males, grandes remédios! Não venha ler!!!

samuel disse...

Anónimo (00:15):

"…o livro da Judite de Sousa sobre o Cunhal… O lançamento hoje foi de estalo"

Cos diabos!!! Não me diga! O livro pode não ser uma maravilha… mas não havia necessidade de tratar a autora de uma forma tão radical! :-) :-) :-)

Graciete Rietsch disse...

Carlos Brito viveu os áureos tempos de Soares que, com Carluci e outros, iniciou a contrarevolução em Portugal.
Devia ter Vergonha!!!!

Um beijo.

AAMiguel disse...

Mas afinal esta fotobiografia pertence a quem? Pelo que foi dito publicamente na sua apresentação/lançamento - a imprensa estava lá - foram as contribuições de camaradas, amigos, familiares que fizeram chegar imagens e legendas que a permitiram fazer. Aliás FMelo na sua comunicação pediu a quem soubesse identificar algumas das fotografias que fizessem chegar essa contribuição ao grupo de trabalho.
Eu estou lá entre iguais no imenso coletivo partidário. Revejo-me em cada página, em cada bela página que documenta o tempo vivido a seguir à revolução: nos encontros com os Pioneiros e com os jovens, nas campanhas eleitorais junto das populações, na construção da Festa, nas campanhas solidárias com a Reforma Agrária. E isto basta! Conhecer o Álvaro é o maior dos privilégios. Assim como é o maior dos privilégios conhecer tantos camaradas e ter sabido "Tomar Partido" e continuar a sabe-lo "em alma e consciência que o Partido que temos é melhos!".

Luis Filipe Gomes disse...

Eu também estive lá em muitas ocasiões e a minha fotografia não apareceu. Tá bem que estava no meio de muitos milhazes, talvez mesmo de dezenas de milhares.

POR ISSO, COMO SOU GIRO, SUGIRO:
Tudo o que é livro de fotografias gritantes de gente deve ter ao lado o orifício de preenchimento em que o leitor poderá colocar a sua cabeça retirada de uma vulgar fotografia tipo passe.
Mais; sempre que haja paisagens, deve haver vários orifícios de preenchimento para se poderem colocar a cabeça de família e amigos. Assim tipo barraca de feira.
Isto enquanto não chegar o self-publishing-on-demand.
Self-publishing toda a gente sabe é edição de autor.
-on-demand quer dizer só se imprime quando houver encomenda mesmo que a primeira edição de 10 000 se tenha esgotado ao cabo de 100 exemplares impressos. 'Tão a ver n'é; aqui está a oportunidade para integrar na edição de raiz, na matriz, a foto tipo passe.
E todos ficames sastefeitos.

Provoca-me disse...

Oh Luís Rodrigues vá ler porra. O que é que o Staline fez????????? Vá lá, conte lá à gente o que é que o homem fez? Que é para eu me rir um bocado.

Anónimo disse...

O Sr. Samuel é exactement ( desculpem-me o português) como o camarada Paulo Portas sobre o Evangelho de Saramago : " NÃO LI E NÃO GOSTEI"

Ou seja: Samuel no seu best ( desculpem-me o alemão)...

Anónimo disse...

É verdade, eu concordo e aplica-se o mesmo texto a Estaline, vírgulas incluídas...

samuel disse...

Anónimo (13:34):

E que está você, pobre indigente sem nome, a insinuar que eu critiquei sem ler?
Espero que não seja por ter dito que ainda não vi o livro!!! :-) :-) :-)

EU NÃO CRITIQUEI O LIVRO, SUA ANÉMONA!!!

O que critiquei, nem foi Carlos Brito, nem Soares, nem a pata que o pôs, pobre criatura!!! Foi o artiguinho do jornal, sua ameba! Foi o "timing" do artiguinho do jornal, pobre alforreca! E ISSO VI, POBRE DE cristo!!! Só não viu quem não quis, dado até ter aqui colocado o link para a "bendita" notícia, grande génio!!!

Get a life… e já gora… um cérebro também lhe daria um jeitaço!!!

Ponto de Interrogação disse...

Samuel (14:30)

Ahahahahahahahahahahahahahahah!!!

Grande resposta!

Fantástico como uma tão "pequena" notícia já fez correr tanta palavra e má interpretação (ou estupidez).

Assino e subscrevo tudo o que o Samuel escreveu! E para melhor compreensão só mesmo com desenhos... da Manga... Anime que são os mais detalhados...

Pedro Namora disse...

Samuel: é tão repugnante usar-se o anonimato para expressar uma ideia, tão nojento, tão revelador da mente porca que usa o estratagema, que por mais que tente não consigo conter o vómito. O mal do pseudónimo, neste caso, é similar: o luis rodrigues é ambivalente e julga-se ubíquo. Mas eu sei-o ajoelhado, disposto a rezar. Enquanto anónimo mata -tadinho, esganiça-se - já luís, esfola. E feliz, prenho da vaidade alarve dos covardes, vai mostrar a façanha cometida.

Anónimo disse...

Pedro Namora

Você aqui não está no prime time das têvês onde costuma ser vedeta e nos costuma comover com as suas lágrimas.

Aqui na net pode debitar o seu habitual e costumeiro ódio e raiva contra o mundo e
contra o universo, que ninguém lhe passa charuto.

Aqui, na net , você não nos comove e atire-me
aos tomates a sua pretensa autoridade moral.

Eu sou comentadoe anónimo e depois?

Quem é você para debitar esse" mente porca" esse " tão nojento" Que raio de autoridade moral você tem para vir aqui destilar ódio e raiva?

Quem é você?

Ou quem raio você pensa que é ?





samuel disse...

Anónimo (21:33):

"Quem é você? Ou quem raio você pensa que é?"


Eu sei que a brilhante pergunta não me foi dirigida… mas ainda assim arrisco uma resposta:

É O PEDRO NAMORA!!!

Tá a ver?... Pedro Namora, conhecido por muita gente, registado no blogger, o que ajuda a confirmar a identidade, diz o que pensa, às claras, assinando o seu próprio nome… por contraste com o "perguntador", agachadinho, escondidinho debaixo das saiazinhas quentinhas do anonimato.

Que parte é que não percebeu?!!! :-) :-) :-)

Anónimo disse...

" É O PEDRO NAMORA!!! "

E quem é o Pedro Namora?

É um deus?

E você? Já tem procuração do deus?




samuel disse...

Anónimo (22:13):

Uau!!! Que profundo! :-) :-)


Mas já que precisa de explicação… o que eu quero dizer com "É o Pedro Namora", é que ele assina o que diz com o próprio nome, de peito aberto, ao contrário de si… que ataca escondinho no escuro… o que, até prova em contrário, é costume considerar-se, vá lá… pouco corajoso.

Que parte é que ainda não percebe?!!!

Zequinha disse...


Este anónimo é filho da puta e o resto é conversa.

Anónimo disse...

ó zequinha somos todos filhos de zeus...

Luís disse...

1- Uma fotografia de Soares com Cunhal?! Quem é que tem prazer em ver uma foto dessas?! Só se forem pessoas que não gostem de um nem de outro.
2- Compreendo que, do mais velhaco pide em agonia ao mais ex-comunista ressabiado, passando por qualquer socialista de gaveta, todos gostassem de ter registo na fotobiografia de Cunhal. Mas, paciência, até eu, que não sou nada disso e sou do povo que Cunhal tanto acarinhou, gostaria! Mas é a vida e não será por isso que eu vou ficar fora da história.
3- A liberdade de expressão, fazer um livro com inteira liberdade de alinhamento e de escolha de materiais. Todos os poderão fazer, os comunistas não!
4- O jornal que despoletou a não-notícia, nunca noticiou uma linha sobre o centenário de Álvaro Cunhal, não noticiou com antecedência o lançamento da fotobiografia.
5- Vão-se encher de pulgas!
Um abraço talvez no sábado

Anónimo disse...

Gosto muito de ver o Samuel a dançar o vira.
"Vira que vira e troca o passo", mas isto sou eu a pensar, ainda por cima sou anónimo, sem nome nem cara!

samuel disse...

Anónimo (02:08):

Pois é… de facto não tem cara nem nome… e vejo que é, também, candidato a palhacito…

Seja como for, não me parece que dance "o vira" nem de longe tão bem quanto a santa senhora que lhe deu essa refinada educação. :-) :-) :-)

alvespimenta disse...

De facto, é inacreditável a mesquinhez rasteira que grassa nestas mentes pseudo-libertárias. Todos conheceram o Cunhal e o brito. Se alguém errou foi o Partido, por atribuir tão importantes tarefas e responsabilidades a um sujeito como o brito. Mas só seria um erro se a prestidigitação fosse uma ciência e não charlatanice. As acções do brito não se justificam com o passado, muito menos quando são usadas à boa maneira chantagista do "olha que sei umas coisas". Traidor é traidor, e só uma moralzinha medíocre e balofa o pode relativizar. Por isso há gente que não abdica dos princípios e outra que se socorre de todos os meios para fins, normalmente inconfessáveis.