sexta-feira, 7 de junho de 2013

Eina ca ganda notícia!!! *


São recorrentes as notícias sobre o Duque de Edimburgo, o príncipe Filipe, casado com a rainha de Inglaterra.
Ora vê o seu nome ligado a um qualquer escândalo ligado a dinheiro ou sexo, ora comete mais uma das suas costumeiras gaffes (quase sempre de carácter vincadamente racista, mas também quase sempre disfarçadas de "humor inglês")... ora, repetidamente, é hospitalizado para ser operado a isto ou aquilo.
Fora isso, tem que suportar todo aquele protocolo cinematográfico, toda aquela família (i)real... e sim, já disse, é, desde tempos imemoriais, casado com Isabel de Inglaterra.
Não consigo vislumbrar de onde diabo tiraram os britânicos a ideia peregrina de que o homem é um “príncipe consorte”!
* E isto é para não dizer o que realmente penso sobre a parolice dos media portugueses, sempre de perna aberta para estas estorietas sobre a “realeza”... talvez para pagar a extrema atenção diária que os jornais e televisões desses países dão a Portugal e aos portugueses. Deprimente!

6 comentários:

José Freitas disse...

Peço desculpa pelo comentário, mas deve ter interesse.
A ideologia do ex-BE Daniel Oliveira tem muito do nacional-socialismo inicial. Raivoso racista-colonialista Daniel Oliveira, nostálgico dos negreiros portugueses que vendiam os angolanos e as angolanas como escravos, gostava de ser ele a enriquecer à custa das riquezas dos angolanos, nunca os angolanos ou angolanas.

Daniel Oliveira não sabe ou faz que não sabe que um dos países mais corruptos do Mundo, em 2013, é Portugal. Não sabe que o seu patrão o PSD Pinto Balsemão está ligado à organização criminosa internacional que dá pelo nome de «Grupo de Bilderberg». Não sabe que a SIC, que lhe paga, é financiada com dinheiro dos contribuintes portugueses, como a TVI, visto que num explícito caso de corrupção a RTP está proibida de aceitar livremente publicidade, que corruptamente tem que ceder à SIC e à TVI. Não sabe ou faz que não sabe da ascensão por roubo-extorsão à viúva de Pinto de Magalhães por Belmiro Azevedo na Sonae e a corrupção dos juízes que «legalizaram» tal crime; do roubo feito por António Champalimaud aos próprios irmãos, no chamado caso da herança Sommer, também «legalizado» por juízes corruptos; do caso BPN que envolve altas figuras do PSD; das mafiosas parcerias público-privadas; do caso BANIF; do escandalosíssimo caso da venda do Pavilhão Atlântico, que dava lucro ao Estado de Portugal, por preço criminosamente baixo pelo PSD à família PSD Cavaco Silva, mais concretamente a um indivíduo do PSD casado com uma filha de Cavaco Silva, que nem sequer tinha dinheiro para o comprara mesmo em saldo corrupto, mas o dinheiro apareceu...

Luis Filipe Gomes disse...

Não há paciência para tanta excelência, tanta subserviência, tanta minudência, tanta infancência e tanta realência.

samuel disse...

José Freitas:

Você pode pedir as desculpas que quiser... mas isso não altera a realidade:

O seu "comentário" vem aqui completamente a despropósito e, pelo menos em parte, é perfeitamente disparatado!

Quanto à história da corrupção em Portugal, ela é tão evidente e óbvia, que nem vale a pena comentar.

O que é pena é que, pelo menos a ver como se atira ao DO, não consiga vislumbrar a mesma podridão que assola a família Santos, os generais, etc., etc. etc., em Angola.

Ultrapasse essa "limitação" e o seu comentário fará muito mais sentido... tirando os insultos gratuitos e delirantes ao DO e embora noutro post, que não este.

Saudações.

anamar disse...

Anda tudo tonto...
:((

Abracinh

Maria disse...

Além do homem estar enrugado e a precisar de um pouco de ferro, tem pingo de ranho a cair do nariz...
É, também, deprimente... :-DDDDDDDDD

Beijo.

trepadeira disse...

Quando acabarão estas excrescências da idade média?

Abraço,
mário