terça-feira, 25 de junho de 2013

O senhor “da Ponte”... e o Serviço Público


O senhor “da Ponte” – da ponte salazar, claro! – que foi colocado pelo genial Relvas na administração da RTP, com a tarefa de a destruir e vender ao desbarato, plano que foram forçados a adiar... já se chegou à frente com uma nova proposta de contrato de Serviço Público de rádio e televisão.
Muito blábláblá... mas, muito curiosamente, o que vem à cabeça da notícia sobre a lista de ideias do tal “projecto”, é a rescisão de contratos com um número indeterminado de trabalhadores... sendo mesmo destacado o facto de ser essa a "preocupação pessoal" do presidente.
Isto apenas confirma e reforça que para esta quadrilha, “serviço público” é destruir o que é efectivamente público, para favorecer os negócios privados de uns tantos amigalhaços.
Tanta gente boa e inocente que, por distrações de uma fracção de segundo, se esbardalha* a descer escadas, ou contra árvores, postes e muros... e estes canalhas seguem em frente, impávidos e serenos, impunes, incólumes...
* Escolhi este maravilhoso verbo “esbardalhar”, primeiro, porque estava a ver que nunca mais tinha a oportunidade de o usar... e depois, porque implicando (normalmente) apenas umas mossas e uns arranhões, deixa claro que não desejo a morte a nenhum destes trastes.

6 comentários:

Provoca-me disse...

Pois o Presidente do Concelho da RTP Alberto da Ponte.

Antuã disse...


O melhor é corrê-lo a pontapé.

trepadeira disse...

Esbardalhar,lindo,morte?qual morte?muitos e bons na cadeia.

Abraço,

mário

Donatien disse...

Requalificação imediata do José Rodrigues dos Santos!
Não aceito que ele seja principescamente pago com o dinheiro dos meus impostos!

Luis Filipe Gomes disse...

É um boi, quero dizer boy, um "tedy boy"; ou como por cá se dizia é um téribói.

Juca disse...


O que não falta para aí é bois É um tal marrar no vermelho. E eu que não sou do Benfica! Mas mas não suporto o FCPC.