sábado, 22 de junho de 2013

Israel – Mais uma “lamentação” a juntar ao muro...


Um dos muitos habitantes de Jerusalém que tiveram a fatalidade de serem, ao mesmo tempo, israelitas e árabes, fez, há pouco, a sua última visita ao histórico “Muro das Lamentações”. Ali chegado, quis afirmar a sua pública convicção de que o seu “deus” é grande. Enorme erro!
Poderia, como qualquer um de nós, dizer simplesmente “Deus é grande!”... ou Dios es grande, ou Dieu est grande, ou God is great, ou Gott ist groß...  mas não! Levado pela sua manifestamente infeliz natureza de árabe, disse Alla’hu Akbar… o que lhe foi fatal!
Um dos “nervosos” seguranças israelitas que por ali andava, despejou-lhe uma interminável rajada de balas no corpo, assassinando. Estava desarmado. Não constituía qualquer espécie de ameaça.
Numa trágica ironia, acontece que o “deus” do assassinado e do seu carrasco, é exactamente o mesmo. Acontece também que, desgraçadamente, em nenhuma das duas versões é o que se possa chamar um “deus” grande. Pelo menos não é, nem um milímetro, maior dos que a infinidade de pequenos e médios “deuses” que povoam a História da Humanidade, desde os simples “deuses” das florestas... até ao mais arrogantes e pretensiosos... todos saídos da imaginação temerosa do homem.
Acontece que nenhum desses esteve nem perto de conseguir igualar o número esmagador de seres humanos chacinados em seu nome. Este pobre israelita/árabe foi apenas mais um, numa, aparentemente, imparável lista de actos de profundo ódio que vem desde a casa desavinda de Abraão, passando pelas "Cruzadas", pela "Santa Inquisição", por cada acto terrorista do cobarde fundamentalismo islâmico... até ao intolerante e venenoso "cristianismo" de qualquer beata de uma qualquer das nossas aldeias.

38 comentários:

Evanir disse...

Uma luta sem guerra sem sangue mostrar ,
que apesar da pessíma educação
e exemplo dada pelos governantes:Mostrar que temos a educação
recebida dos nossos pais.
Nossos jovens são filhos da nossa incansável
esperança por um Brasil sem fome
de todas as necessidades.
Tenho estado um pouco ausente nesses últimos tempos
fico triste quando a vida por trás da telinha
me obriga a ficar longe de você.
Carinhosamente te desejo um abençoado
e feliz final de semana beijos no coração.
Evanir.
Tem Uma Mensagem Acorda Brasil.
Juntos Vamos Acordar O Brasil..
Somos Todos Irmãos....

Espião da Mossad disse...

A Mossad vai-te fazer a "folha" Samuel...

Desta não te vais safar, vais fazer companhia ao Arafat...

samuel disse...

Espião da Mossad:

Se há coisa que deve irritar a Mossad e o governo proto-fascista de Israel... é ser defendido por imbecis!

Logo... mais depressa lhe fazem a "folha" a si, pobre anónimo. :-) :-) :-) :-)

Antu disse...

Já estou cansado de deuses.

Anónimo disse...


O Cantiguista atacar Israel?
É obra.

Julguei que fosse mais um comuno-filo-sionista/capitalista. E que há por ai em barda.
O lambe-botismo filo-judaico é o maior cancro da humanidade.

Os protocolos......Estão a acontecer....




Anónimo disse...

Como ateu que sou, não fico satisfeito com este caso.
Só mataram um?????? Que desperdício, as balas não são baratas...

luís rodrigues coelho Coelho disse...

...e os homens se esqueceram de tolerância e amor...
e...Deus...?

Graciete Rietsch disse...

Quantos crimes se cometem em nome de Deus ou deuses mais pequenos,da democracia, da igualdade, da ajuda, etc,etc.etc.
E onde está a justiça dos Homens que não é nenhum deus inventado?
Este crime que referes é horroroso!!!

Um beijo.

samuel disse...

Anónimo (03:02):

Foi isso que percebeu?!!! Coitado!!! :-) :-)

samuel disse...

Anónimo (03:44):

É sempre reconfortante comprovar que os canalhas da sua laia… são também tão profundamente estúpidos!

Daí, a publicação deste seu arroto.

trepadeira disse...

É uma gaiola imaginária da qual só saem os que querem voar.Os outros,embora não vejam a gaiola,estão sempre dentro dela.

Abraço,

mário

Anónimo disse...

Como judeu fico estarrecido com sua ignorância. Você como todo estalilista não enxerga a gravidade do fato em si. Ir para o Muro falar em alá é provocação da maior. Você está esquecendo os atentados contínuos e diários que o povo de Israel sofre sempre em nome de Alá . Está esquecendo as bombas nos onibús das crianças e dos velhos. Nos inocentes. Você está esquecendo o que representa o Muro. Estes fatos não são de Deus. Estes fatos são de política. Você não entende nada. Não se meta onde não é chamado onde não entende nada, seu estalinista. Estáline matou quese tantos judeus quanto o Hitler. Esses judeus estavam desarmados. Está negando o direito de um povo a se defender? Vá para lá depois fale. Está como Fidel que ficou acusando judeus da desgraça capitalista na terra?. Vá com Deus e não meta Ele em negócio comunista como fez Saramago. Você é um covarde de tendência que dá vómito. Calhando nem publica.

José Rueff

samuel disse...

José Rueff:

Primeiro que tudo… você, como judeu, devia era ter vergonha nessa cara!

Depois, porque raio não haveria de publicar o seu lamentável comentário?

É sempre bom que se fique a conhecer a estirpe de canalhas que continua a explorar o sacrifício das vidas dos pais e avós às mão criminosas do nazi/fascismo, para justificar a forma não menos FASCISTA com que extermina palestinianos, sejam crianças, sejam mulheres… sendo que têm uma doentia e "corajosa" atracção por inocentes e, de preferência, que estejam em casa... desarmados.

É sempre bom admirar o grande "apego à justiça" de energúmenos que continuam, contra toda e qualquer ideia de legalidade internacional… e apoiados apenas pela violência das armas e os falcões ultras dos EUA… a ocupar/colonizar ilegalmente territórios, mesmo sabendo que os cidadãos israelitas que são persuadidos a tornarem-se colonos, se arriscam a ser apenas mais carne para canhão e alvos da justa ira dos espoliados.

Não me venha com fanáticas MAIÚSCULAS para se referir ao seu deus, patrono dos vossos crimes.

Ninguém é minimamente obrigado a referir-se de forma subserviente aos deuses dos outros... sobretudo quando esses deuses, tão ostensivamente, não o merecem!

Deixe-me ficar bem longe do deu deus fascista!

Passar bem!

Anónimo disse...

Acho até graça! VOCÊ JÁ VIVEU EM ISRAEL? JÁ ViVEU EM CUBA ONDE IRMÂO SEGUE IRMÂO NO PODER? ou fala só do que ouve? do que mandam você dizer? Defende Arafat e outros que vivem no maior luxo enquanto palestino morre de fome e de analfabetismo? Onde criança casa com velho e mulher é morta sem julgamento? Onde criança é armada e serve de carne para canhão. Não meta DEUS neste negócio. Você é comunista para uma coisa mas para outra que DEUS me livre. É como você se dá de jeito. Só tem mais bate papo QUANDO CONHECER LÁ O QUE FALA. Agora que estou fazendo um trabalho em Portuga,l não acho mais que os portugueses sejam lixo na Europa. Nem toda mulher é feia de bigode, nem todo homem escarra para o chão, manda traque e mija para o canto na avenida. Nem todo português é burro. A realidade é diferente quando se vive nos lugares. ISSO VOCÊ NUNCA APRENDEU porque tem cabeça feita por sua ideologia e uma coisa é crime outra é heroísmo. Morda seu pé.

José Rueff

samuel disse...

José Rueff:

Que o seu deus o cubra de bênçãos... seja la isso o que for... que o meu amigo, ostensivamente, parece estar bem necessitado. :-) :-) :-)

Apenas algumas singelas observações, para de futuro o amigo Rueff evitar fazer uma tão lamentável figura de parvo:

1. Aposto que não encontrará, entre os milhares de textos que já aqui publiquei, uma única linha defendendo o fanatismo islâmico ou o estilo de vida social que aponta ao mundo árabe. Seja o lugar da mulher na sociedade, seja o papel das crianças, seja o que for.

2. Assim, achando que só pode comentar uma realidade, quem tenha "vivido lá"... não me parece que venha a ter muitos amigos historiadores. A menos que algum deles tenha "vivido lá"... no achamento do Brasil, ou no velho Egipto, por exemplo... :-)

3. Arafat não vive no "maior luxo" em parte alguma! O homem já morreu! Nunca lhe disseram?!!! :-) :-) :-) :-)

4. Não use tantas MAIÚSCULAS, criatura. Assim, torna a sua utilização tão vulgar... que acaba por desvalorizar o seu próprio deus sempre que lhe escreve o nome em letras grandes. :-)

Passar bem!

Anónimo disse...

Negócios de judeus:

http://www.alertadigital.com/2013/06/19/desmantelada-una-red-israeli-que-traficaba-con-organos-humanos-de-ciudadanos-brasilenos/

A nojeira da humanidade tem sempre o seu selo.

Pintassilgo disse...


José Rueff você é eleito de deus e nós somos uns míseros filisteus. Mas pode ser que a queixada de burro se volte contra o Sansão!...

Provoca-me disse...

Estive a ler o comentário do Sr. Rueff e a sua resposta camarada, mas espanta-me que não fale de Staline, faz-me concluir que vá na cantiga que o Staline era realmente assassino e ditador, quando é totalmente errado. Posso estar errado, mas é realmente muito estranho não ter escrito nada sobre as mentiras que esse senhor disse sobre Staline. Que pena ter deixado passar em claro.

samuel disse...

Provoca-me:

Caro anónimo… apenas duas observações:

1. Em vez de ter desperdiçado este tempo a recriminar-me pelo facto de não gerir o meu blog e as resposta aos comentários, digamos, como você gostaria… poderia ter tomado a iniciativa de responder você mesmo ao Rueff.

2. Não ajuda nada à recuperação da imagem do socialismo e do comunismo, tão atacada, tão insultada e tão denegrida com mentiras… fazer de conta que não conhece as verdades.
Os erros, muitos deles, grosseiros e contra os interesses de todo o povo soviético, cometidos por gerações de dirigentes desviacionistas, corruptos, arbitrários, tão comunistas quanto eu sou piloto de naves espaciais... e o mais que se tem visto, foram um forte contributo para a queda do campo socialista, com os resultados desastrosos que daí vieram para a luta de classes e os trabalhadores em todo o mundo. Pelo menos disso (se não admite mais nada)… não desculpe nem o Stalin nem os outros.
Mais especificamente, quanto ao pepel histórico de Stalin...esse é um assunto sério, não se debate em cima do joelho e, sobretudo, não a dar importância às provocações dos "rueffes" deste mundo.

Saudações.

Anónimo disse...

Muito bem Sr Samuel.

Stalin, e mao e outros foram uns canalhas genocidas. É bom saber reconhecer isso.

Mas não gosto nada dessa vossa conversa de "luta de classes e os trabalhadores em todo o mundo".

Nada mesmo.

Dividir assim a sociedade é básico, mesquinho e até contra-natura.

A sociedade é só constituída por "trabalhadores"? E o que é um trabalhador?
Quem tem um pequeno negócio, um pequeno comércio que mal dá para sobreviver é um capitalista fascista?
E um profissional liberal, por conta própria?É um individualista?

Enquanto vocês não se convencerem que uma ideologia politica só serve se ela tentar responder a todos os sectores da população e apoiar todos os que produzem e trabalhadores ou empresários ou outros profissionais, não vão a lado nenhum.

samuel disse...

Anónimo (19:53):

É por causa de generalizações como essa que os fascistas que tomaram o poder em Israel vão podendo vitimizar-se com o que chamam a continuação da perseguição ao povo judeu.

Desgraçadamente, muitas vezes, estas generalizações são mesmo perseguição ao povo judeu e antisemitismo do mais nojento. Ignoro qual é o seu caso…

O povo judeu tem tanto que ver com esta estorieta do tráfico de órgão humanos, feito por um grupo de bandidos, como o povo português teve que ver com as chacinas da guerra colonial, etc., etc., etc.

samuel disse...

Anónimo (00:00):

Não se "estique", caro anónimo…

Dispenso bem a comparação de Stalin com Mao… e, sobretudo, não reconheço porra nenhuma quanto à sua cansada cassete de adjectivos.

Já agora não se faça de sonso! Há classes, sim! Nunca reparou?

Claro que não há só trabalhadores. Há também aqueles que os exploram.
E sim… entre o pequeno comerciante da minha rua, que se esfalfa a trabalhar com a família e os muitos e gigantescos filhos da puta dos donos dos "continentes", "pingos-doces", "zaras", "cortes ingleses" e quejandos, que colocam esses pequenos comerciantes e industriais na miséria… vai o espaço de um abismo de diferença e conflito de interesses de classe!

E há a "luta de classes" sim senhor!!! Como não?! Não lhe dá jeito? :-) :-)

Anónimo disse...



Estaline, Staline e Stalin ?

Será que se estão a referir a Josef Vissarionovitch Иосиф Виссарионович ?

Para se poder discutir esta pessoa tem que se ter alguns conhecimentos históricos daquilo que era a Rússia Czarista, as transformações que a Revolução Bolchevique produziu e o contexto em que se deram.

Não julguém os incredulos que a Revolução de 1917 foi feita por decreto.

Custou seis milhões de mortos, a somar ás centenas de milhares dos que já tinham morrido na IGG.

O país em 1921 estava arrasado, todas as infraestruturas destruidas, os cidadãos mais válidos tinham morrido ou estavam estropiados.

A somar a isso as principais potencias capitalista criaram a Entente para participar diretamente na agressão à Revolução (os Americanos tomaram Murmansky, os Japoneses invadiram o Extremo Oriente, os Franceses saquearam Odessa e os Ingleses provocaram uma orgia de sangue em Baku).

Basta dizer que 1918 ainda andavam todos engalfinhados na Europa no entanto entendiam-se com os Alemães para agredir a Rússia revolucionária.

Depois de derrotados e expulsos da já então União Soviética instauraram um férreo bloqueio economico ao país.

Será que esses que criticam gratuitamente a União Soviética (e os seus lideres) não sebem que o Imperio Czarista em muitas áreas estava cem anos atrasado em relação ao resto da Europa?

Basta dizer que em certas regiões só uma em quinhentas pessoas sabia ler.

Esta simples abordagem da realidade histórica demonstra que não se pode discutir Estaline sem primeiro conhecer o contexto da situação e o desafio belicista e de isolamento movido contra o país por as potencias capitalistas.

Porque tentar discutir levianamente o duro processo em que se realizou a Revolução Bolchevique, omitindo os desafios que teve que enfrentar e finalmente depois de consolidada o enorme contributo que deu para o progresso da humanidade demonstra apenas duas coisas.

Ignorância ou antipatia por o Socialismo.


Finalmnete quanto a Estaline, faço minhas as palavras que um participante noutro blogue escreveu.

"Face às condições desumanas que a burguesia está a impor à minha classe só me resta escolher Estaline como ídolo"


Quer se goste ou não Estaline foi um dos principais protagonistas do processo de conslidação do Socialismo.

E porque será que em todas as sondagens efetuadas na Rússia Estaline aparece sempre com avaliações positivas superiores a 50 %?

E porque será que os Russos e outros povos da antiga URSS estão a erguer estátuas a Estaline por todo o lado?

Talvez seja melhor parar um pouco antes de fazer-mos considerações despropositadas!

Khe Sanh






Provoca-me disse...

Se eu sou fraco, se o Camarada sabe e escreve muito melhor do que eu, para que é que eu hei-de fazer figura de parvo se há alguém que pode fazer boa figura?! Chamo-me Pedro Marques, como já deve saber, e o camarada também devia ter lido, que Stalin não é de todo responsável pelas coisas que se dizem por aí.

samuel disse...

Pedro Marques:

Ora aqui está um nome bem melhor! Claro que também poderia ser um pseudónimo… mas soa melhor. :-) :-) :-)

Na verdade, amigo, tirando umas vezes em que fui eleito "chefe de turma" e a eleição para a Assembleia Municipal de Montemor-o-Novo (como independente), nunca fui eleito para mais coisa nenhum. Sobretudo neste blog! Logo… não posso "representar" ninguém. Nem pretender que o faço.

Há milhões de coisas, entre realidade e ficção e tratando os mais variados assuntos, que eu "devia ter lido"… mas ainda não li.
Quanto ao José Estaline… tudo depende do que se diz - e não se diz - por aí. :-) :-) :-) :-)

Anónimo disse...

Concordo com o camarada Sanh.

Aliás o massacre de Katyn não foi ordenado pelo Estaline. A assinatura que consta do decreto que ordenou o massacre não é dele: foi falsificada.

E quem assassinou Trotsky no México foi Rámon Mercader e não o camarada Estaline, como algumas más línguas insinuam.

E, claro, os milhares de camaradas assassinados, todos eles participantes da Revolução de Outubro, todos bolcheviques não foram assassinados pelo camarada Estaline


Os processos de Moscovo não existiram: sonhei com eles esta noite.

Os milhões de mortos ( repito: milhões) não foi o Estaline que os matou. Invenção do imperialismo.

Gulag? não existiu, invenção daquele reacionário e do outro, Boris Pasternak

Sibéria? uma instância turística onde se pratica sky.

Eu aprecio, e concordo com o camarada Sanh, com a extraordinária consolidação do socialismo: é vê-la, a condolidação: pujante, consolidada, passe a redundância, vigorosa, nomeadamente na Rússia, na Moldávia, na Ucrania, na Alemanha do Leste, na Roménia, Bulgária, em Cuba e nessa maravilha de socialismo consolidado que é a Coreia do Norte.

Prova da consolidação: estátuas ao camarada estaline a florescerem por todo lado, estátuas ( merecidamente, aliás) gigantescas daqueles camaradas, da coreia norte, pai, filho e aquele gordo que agora não lembro o nome, aliás, provavelmente o único obeso numa população de esqueléticos.


Muito bem camarada Khe Sanh:vamos parar um pouco para apreciarmos, embevecidos, a consolidação do socialismo, e vermos, esmagados pela generosidade dos Russos e de outros povos da antiga URSS, o florescer de novas estátuas ao camarada Estaline.

Já me esquecia: e ao Ribbentrop aquele grande benfeitor da Humanidade que celebrou com o camarada Molotov o glorioso pacto de não agressão germano-soviético? Exacto esse que pulverizou a Polónia do mapa mundi.

O camarada Sanh não acha que os povos da antiga URSS lhe deviam, também, fazer estátuas por todo o lado?

samuel disse...

Anónimo (13:09):

"Para a mentira ser segura
e atingir profundidade
deve trazer à mistura
qualquer coisa de verdade."

... mas pelo menos, recitou o guião com alguma graça! :-) :-) :-)

Anónimo disse...

José Rueff,não sei pq mordem em Staline-ele era filho de judeus;foi casado com 3judias,teve filhos que mandou para a guerra-Jakov.
Pq vocês tentam sempre,mas ,sempre ocultar os judeus na ideologia comunista.Mais,seu ignorante,vá ver quem eram os grandes pilares da Alemanha -RDA!!!!Judeu,para si,só fascistas!Vá para o real cara***!

Anónimo disse...

Milhões mortos no consulado de José Filho do Judeu David, Iossif Vissarionovitch Djugashvili ,foram perto de 755 mil pessoas.Como os poderei levar a sério????Em vez de compararem o nazismo(capitalismo, em força) com o Comunismo(Ditadura do Proletariado,comparem-no com o Sionismo Racista(nem são bons para com os sEFARDITAS E etíopes..),apoiante das ditaduras da burguesia na América Latina.Tenham vergonha nesse focinho.Fascistas!

Anónimo disse...

é preciso não esquecer que o estaline estudou no seminário de tibilissi, deve ser por isso que ele gostava tanto de judeus.

Anónimo disse...

Anónimo das 13.00 sabe o que são camaradas no Alentejo? São bois de junta.
Por isso pergunto-lhe se alguma vez me viu atrelado na canga ao seu lado?

Mas vamos ao que interessa, que é desmontar o ror de falácias que aqui tentou armar, agora não vai ter que engolir sapos vai ficar com outros bicharocos mais repugnantes atravessados na garganta, salamandras gigantes.

Começamos por Katyn. Nunca lhe explicaram ainda que Katyn foi consequência disto?

http://sp.rian.ru/international/20090901/122932496.html

A partir de agora já não é mim que vai ter que desmentir é os governantes Polacos. Em Katyn entre os muitos milhares de prisioneiros Polacos capturados por os Soviéticos foram sentenciados apenas aqueles que participaram nestes massacres vinte anos antes. E os números estão muito longe dos vinte mil propagandeados por a desinformação capitalista.

Quanto à alegada assinatura de Estaline dando ordem para as execuções, sim está comprovado que é falsa.
http://prensapopular-comunistasmiranda.blogspot.pt/2010/09/nieto-de-stalin-acusa-los-archivos.html

http://imbratisare.blogspot.pt/2010/09/un-nieto-de-stalin-acusa-los-archivos.html

http://port.pravda.ru/news/russa/08-10-2009/28114-algacoesstalin-0/

E a imprensa que lhe tolhe as sinapses nunca lhe o informou acerca disto?

http://pt.wikipedia.org/wiki/Babi_Yar

Por o seu paleio prova que não, interessa mais afiarem-lhe os dentes e as garras para retraçar os comunistas?

Ficou ou está provado que foi Estaline que ordenou a morte de Trotsky? Mostre!

Por outro lado é um exercício de pura demagogia dos anti comunistas virem carpir a morte de comunistas às mãos dos próprios camaradas. Os comunistas sempre souberam assumir os seus erros, os excessos e desvios da ideologia que defendem, não precisam da tutoria dos seus inimigos de classe.

Aconselho-o a lembrar os milhões de vitimas do sacrossanto capitalismo.

Khe Sanh

Continua...

Anónimo disse...

Para não continuar a debitar falsidades também o aconselho a informar-se se os processos de Moscovo não tiveram a sua origem na aprovação da nova Constituição Soviética de 6 de Setembro de 1936 ( a que o fantasioso Krutchev chamou de Constituição Estaline) sim; quando foi retirado todo o poder económico e politico à burguesia remanescente que ainda continuava a resistir .

E esses processos não teriam servido também para castigar aqueles que estiveram envolvidos nesta tramoia?

http://sp.rian.ru/opinion_analysis/20130221/156466617.html

A dado passo diz isto.

“La operación ‘Primavera’ causó más daño al Ejército en lo que se refiere a pérdidas por parte de los expertos militares educados que la época del ‘Gran Terror’ de 1937 y 1938.”

Portanto se está a tentar pedir meças quem provocou mais terror que quem pode começar por aqui. Concluindo; os contra revolucionários já estavam a eliminar membros próximo do circulo do poder.

Quanto à Sibéria e aos GULAG. Informe-se como foi povoada a Sibéria, leia o que escreveu esse “perigoso” comunista que foi Bertrand Russel em “Realidade e Ficção” «Todo o mundo olhava para a Rússia Czarista com um horror arrepiado; Bastava a menção da palavra Sibéria para lhes gelar o sangue nas veias».

Se isto ainda não o convence leia também de Julio Verne “Miguel Strogoff” e constate quem é uma das principais figuras do romance senão a filha de um médico deportado para os confins da Síbéria.

Tente informar-se ainda quantos milhões foram deportados por Stolypin entre 1905 e 1908 e em que condições.

Parece que estamos a abordar a URSS e Estaline, não Cuba ou a Coreia do Norte e nem outros casos que está a tentar alardear.

Mas se pretende mesmo disputar olimpíadas macabras posso lembrar-lhe quem foi que contribuiu para que esse tal célebre respeitador dos direitos humanos que foi Pol Pot chegasse ao poder no Camboja e quem o segurou por mais seis anos como “legitimo” representante dos Khmer Vermelhos na ONU depois dos Vietnamitas com a ajuda dos guerrilheiros da FUNSK o terem escorraçado de Phom Pen. Veja se é capaz de se lembrar que foi?

Se a União Soviética era esse tal inferno em chamas como os seus inimigos propagandeiam, quando lá cheguei para trabalhar por conta de uma firma Italiana nem cinzas vi.

O que foi que capitalismo levou de bom para aqueles povos? Não pergunto o que melhorou, o que foi que não piorou?

Assuma-se agora não seja demagogo!

Existem hoje mais crianças desprotegidas só na Rússia que existiam em toda a URSS no tempo da II GG. A Russia é hoje o maior exportador de crianças, só para os EUA em vinte anos enviaram quase 70 000 crianças, os chamados órfãos com pais.

O analfabetismo já é uma realidade, a esperança media de vida dos homens nalgumas regiões é inferior a 55 anos quando no conjunto da URSS era superior a 70 anos.
Khe Sanh

Cont…….

Anónimo disse...

Porventura tem a coragem de assumir que hoje nos antigos países socialistas a maioria da população tem melhores condições de vida que tinham antes, na Roménia e Bulgária em particular?

Quanto a estátuas tenho apenas duas considerações a fazer.
Primeiro; os Russos são uma cambada de burros estão todos errados, é um Português dos confins da Europa o espertalhão, que nem consegue distinguir as iniciativas das pessoas anonimas das decisões de governantes (Coreanos).

Segundo; se odeia quem ergue estatuas a Estaline tem bom remedio vá restaurar a estatua de Salazar para acalmar esse rancor fascizante.

Teve uma ideia brilhante lembrar-se de Ribbentrop. Foi pena ter-se esquecido daqueles que assinaram o tratado de Munique onze meses antes? E quais os objetivos.

Não se lembrou que nesse até participou o ilustre democrata Mussolini.

Quanto à partilha da Polonia. Uma pergunta muito simples. Os Soviéticos ultrapassaram a linha Curzon?

Portanto tome juizinho e não venha para aqui brandir demagogia barata.

Ou está a contar apenas com a sua esperteza e esquece a inteligência dos outros?

E para finalizar quero ainda lembrar-lhe mais umas quantas façanhas demoníacas orquestradas por Estaline.
Os bombardeamentos de Dresden, Hamburg e Frankfurt , massacrando milhares de civis indefesos; a fome de Bengala milhões de Indianos mortos de fome por lhes ter sido saqueado todo o arroz “base de sustento da população”.

O incitamento à insurreição do ghetto de Varsóvia com as tropas Soviéticas a mais de 500 Kms.

Mais; esta tramoia também foi engendrada por Estaline já no final da guerra , contando com o recurso a milhares de militares nazis capturados?

http://es.wikipedia.org/wiki/Operaci%C3%B3n_Impensable

Hiroxima e Nagasaki. A destruição e o caos provocados no Iraque Afeganistão, Libia e Siria atualmente, são tudo obras de Estaline?

Que conste ninguém na União Soviética foi perseguido, descriminado, linchado na via publica por ter a cor da pele diferente (escura ou clara) e isso aconteceu na catedral do imperialismo muitos anos depois da morte de Estaline.
Só terminou depois do levantamento maciço daqueles que sofriam a vergonhosa segregação racial, submetendo alguns Estados a ferro e fogo deixando muitas localidades reduzidas a cinzas.

Isto não denunciam os convictos admiradores do capitalismo.

Será por cobardia?

Khe Sanh

anónimo das 13.09 disse...

camarada Khe Sanh, você OFENDE-ME: eu não sou o anónimo das 13.00 mas sim o anónimo das 13.09.

Camarada, veja lá se tem mais respeito pelo nome que chama às pessoas respeitáveis...ou lá no politburo e no kgb não lhe ensinaram a ter boas maneiras?

Anónimo disse...

Camarada?
Por favor não insista! Os meus camaradas são seres de outra espécie. Entendeu?

Ofender quem? Ignora que a verdade resiste ao tempo e à mentira? Sentiu-se ofendido por ter sido confrontado com a verdade?

Não retiro nada do que escrevi.

Os factos são coisas teimosas, e a história não é um caderno de exercícios onde podemos apagar aquilo que não nos agrada.

E qual a diferença entre as 13.00 e as 13.09?
Além de tentar fazer-se engraçadinho também é exigente?

Que pessoas respeitáveis? Quem quer ser respeitado deve saber dar-se ao respeito, nunca ouviu dizer?

Veio todo lampeiro, armado em vivaço com graçolas ( o sarcasmo do seu comentário era isso mesmo, graçolas saloias) julgando que estava a tratar com lerdaços, ignorantes.
Além do mais tergiversando daquilo que estava em discussão.
Nem podia passar sem trazer à liça Cuba, Coreia do Norte e blá, blá? Mude de branqueador, já há detergentes melhores!

Se não gosta de Cuba, vá para o maravilhoso paraíso social que é o Haiti, vá para as Honduras onde se respeitam os mais elementares direitos dos cidadãos, particularmente dirigentes sindicais, juízes e jornalistas, nos últimos dois anos foram assassinados impunemente mais de trinta.

Se a Coreia do Norte também lhe é desagradável, vá para os “resorts” imundos das Filipinas onde residem mais pessoas que a população da Coreia do Norte. Lá têm liberdade para tudo exceto para se livrarem da miséria, da exclusão e da exploração cruel.

E na próxima quando se referir a Trotsky, lembre-se primeiro quem deu ordens para sufocar a revolta de Kronstadt e dos camponeses de Tambov com uso de gases tóxicos.
Ou a quem o filho Sendov foi pedir dinheiro à Alemanha (recolha de fundos entenda-se).

Quem dominava o Politburo parece ser Vossa excelência a única pessoa a ignorar.

Não sabe quem eram? Os mesmos que dominavam as cúpulas do PCUS, destruíram o país e roubaram os bens do Estado deixando milhões de pessoas na pobreza extrema. Quer nomes?

Ou como disse Edgar Morin “aqueles que oprimiam o povo foram os mesmos que destruíram o país e depois deitaram a mão a tudo quanto puderam, passando-se serenamente para o outro lado”.

Sabe que corre uma petição publica na Rússia para retirar a Gorbachov a condecoração que recebeu de Medvedev?

Portanto falha redondamente nos seus palpites quando me julga ao lado desses canalhas.

O KGB é outro caso, não me podiam ter ensinado as boas maneiras na medida em que exigiam gente com boa formação.

O que aprendi de bom com eles é como se enfiam 50 gramas de aço na nuca dos inimigos da minha classe, isso ainda não esqueci e quando for preciso estou preparado para fazê-lo.

Vá digerindo mais estes dois bicharocos.

http://www.mariosousa.se/MentirassobreahistoriadaUniaoSovietica.html

http://sp.rian.ru/opinion_analysis/20130625/157387229.html

Foi este o progresso que o capitalismo levou àqueles povos, em 200 países a Rússia no tocante à apresentação de novos contributos (artigos) para a ciência encontra-se no 193 º. Revista Nature.

Que excelente recorde com que o capitalismo brindou aqueles povos. Mas isto é na Rússia herdeira da URSS, imagine-mos nos outros países.

Anónimo disse...



Por esquecimento não coloquei o nome no comentário em resposta ao anónimo de 25 de Junho de 2013 às 21:33.

Khe Sanh

samuel disse...

Anónimo:

A sua resposta (ou lá o que aquilo era) ao Khe Sanh, até poderia ter sido publicada… não lhe tivesse escorregado o pé para a chinela e a língua para a ordinarice.
Acontece que o blog é lido, maioritáriamente, por pessoas que, pelo menos a ver pela linguagem que usam, não pertencem à sua estirpe.

Numa próxima, com a língua um pouco mais "lavada"… quem sabe? :-)

Saudações.

samuel disse...

Anónimo(zeco) das 09:03:

Mais uma vez, não conseguiu produzir texto publicável... coisa que o Pavlov deveria poder explicar.

Ora então, adeus!
Ora então… até que enfim!!! :-) :-) :-) :-)