sábado, 22 de junho de 2013

Universidade de Coimbra - Património Mundial da Humanidade


Paulo Portas diz que «É um grande dia para Portugal e para Coimbra. A meritória candidatura a património mundial passou com brilho e beneficiará a cidade em várias áreas»… apontando o turismo, a economia, o cosmopolitismo da cidade, como algumas dessas áreas.
É tudo verdade! Mais uma vez, parabéns à cidade, à sua Universidade e a todos aqueles que, desde 1290 e até hoje, contribuíram para o sucesso desta candidatura a Património Mundial da Humanidade.
Ainda assim, permito-me dizer que mais prestigiada ficaria ainda a universidade de Coimbra - e todas as universidades públicas - se o governo de canalhas a que pertence o senhor Paulo Portas não estivesse a asfixiá-la… com o único e venal propósito de beneficiar o negócio do ensino privado detido por alguns dos seus “clientes” e desenhado para os mais ricos.

8 comentários:

CAA disse...

Parabéns ao arquitecto Nuno Lopes e à sua equipa pelo trabalho que levou a que esta candidatura se concluísse com este sucesso. Ainda só vi rostos estranhos a falar disto e não vi o o seu nome mencionado em lado nenhum, mas era bom que se falasse nele...

Antuã disse...


Não há portas que se comparem à Porta Férrea.

Graciete Rietsch disse...

Não conheço a Universidade. Andei sempre pelo Porto. Mas,pela imagem, deve ser muito linda e, segundo tenho ouvido dizer tem um ótimo Museu da Ciência. Já ando há muito para lá ir, mas ainda não calhou.
Pena que estes governos que temos tido andem a destruir todos os graus de Ensino.
Então o matemático Crato tem dado uma bela contribuição para essa sanha destrutiva do bem precioso que é o Ensino.E os professores têm sido corajosos.

Um beijo.

José Rodriges disse...

Só é possivel esta maravilha,graças às "Portas que Abril Abriu".O jesuíta Paulinho e pascácio Cavaco são hipócratas nos elogios.Eles querem é as Unversidades como no tempo do "botas" e do cerejeira...

Abraço

augusta disse...

A "minha" universidade. Onde, com JHS ministro, mil flores com espadas foram cortadas, mas sobre isso, já por aqui, por alturas de 17 de Abril falei.
Hoje não há JHS, mas há PP e afins, e o ataque à escola pública é brutal.
A Biblioteca Joanina é lindíssima. O Jardim Botânico. O Museu da Ciência,o Museu da Física, o "Chimico". Os Gerais com a Porta Férrea!

Um beijinho. Bom domingo e mesmo que o Douro corra ao contrário e o rio nasça no mar, um bom São João.

José Freitas disse...

E o património da corrupção?
Um caso gravíssimo de corrupção em Portugal é o caso «Lusoponte», que envolve o governo de Cavaco Silva. O ministro do PSD Ferreira do Amaral arranjou um monumental «tacho» na «Lusoponte». A gravidade do caso «Lusoponte» põe em causa o rotativismo da III República, porque a «Mota-Engil», que já foi presidida pelo PS Jorge Coelho é altamente beneficiada neste caso de corrupção, diante dos nossos olhos. A Parceria Público-Privada com a «Lusoponte» envolve o escandalosíssimo e corruptíssimo pagamento pelos contribuintes portugueses de 400% do que a «Lusoponte» gastou para fazer a ponte Vasco da Gama sobre o rio Tejo. Este pagamento de 4 pontes Vasco da Gama por uma só à «Lusoponte» é da máxima gravidade. Vale bem a pena investigar este caso.

Carlos A. Augusto disse...

Finalmente o arquitecto Nuno Ribeiro Lopes foi ouvido... http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=3285530

Judite Castro disse...

Foi também a minha Universidade.

Mas é bom não esquecer que na mesma semana, dia 19, a UNESCO considerou mais um documento português como MEMÓRIA DO MUNDO: Diário da primeira viagem de Vasco da Gama à Índia, 1497-1499.
Está na Biblioteca Municipal do Porto.

Já lá estavam, entre outros, a carta de Pero Vaz de Caminha e o Tratado de Tordesilhas.

O texto é do cronista Álvaro Velho e entra muito bem acompanhado na MEMÓRIA DO MUNDO.
Entre os 50 novos documentos de 2013 estão o Manifesto do Partido Comunista de Karl Marx, originais de Óscar Niemeyer, o Diário Che Guevara eoutros bem interessantes.
Vale a pena espreitar