sexta-feira, 21 de junho de 2013

Pensar com os pés...


É uma velha e farta tradição, alimentada por muitos futebolistas, descontados aqueles que não dizem nada e aqueles que sabem o que dizem:
Ao mesmo tempo que lhes vão saindo maravilhas dos pés... saem-lhes rios de asneiras pela boca fora!
Por este andar... haverá (espero!) cada vez mais gente a esquecer os “Pelés” deste mundo... e a pensar nas suas próprias vidas e no futuro dos seus filhos. Cada vez haverá mais gente a trazer para as ruas a sua indignação e palavras de ordem como esta:
«Brasil, vamos acordar! Um professor vale mais que o Neymar!»

20 comentários:

José Rodrigues disse...

Pelé é propagandista da mixórdia;coca-cola é que é...por cá também há ídolos de pés e barro!


Abraço

Provoca-me disse...

O Romário também já veio dizer que o Pelé estava melhor calado, e que as pessoas têm o direito e o dever de se manifestar.

Anónimo disse...

Sim é verdade que a Coca-Cola é uma mixórdia mas mais grave do que a Coca-Cola é o prenuncio de uma nova ditadura perante manifestante anti-partidos e que hostilizam Cuba. Não auguro nada de bom e nestas alturas a Coca-Cola está sempre por detrás a servir à missa dos abstémios que se guiam por um novo Papa como foi na Polónia com o Valesa. Eu por mim apoiava o Pelé que não tem rigorosamente nada a ver com os pés de barro da malandragem nacional.
Acham disparate? Fechem os olhos e olhem para o tecto fixamente e verão desfilar o Pinochet com uma gravata às riscas e um sorriso de boche estampado na camisa a toda a largura do peito.
Não há manifes assim na Inglaterra ou nos Estados Unidos porque eles são a verdadeira democracia?
Não li nada do Papa nestes últimos longos dias referente ao Brasil, talvez eu ande distraído, talvez.
JM

Maria disse...

Há gente que só devia fazer o que sabe. E ficar calada deixando análises políticas para quem as sabe fazer. Neste caso o homem só deve dar chutos na bola. Ponto.

Abreijo

Anónimo disse...

O Pelé, com os pés, pensando ou não, era uma maravilha. Agora, em termos de pensamento, foi sempre uma lástima. Pensou sempre com... a carteira! Esteve sempre do lado errado do povo que o idolatrava.

Rui Silva

Ana disse...

O que eu quero é que tanta gente na rua faça ouvir a sua voz pela Reforma Agrária, que diga a Dilma e a todos os outros do poder, que o seu passado de luta é o passado, o presente e o futuro em que acreditam as várias gerações dos homens e mulheres que exijem trabalhar a terra e que a querem partilhada. Homens e mulheres que sem comida e sem conforto se organizam em marchas atravessam estados e levam a sua luta a todos os outros. Depois o Pelé, o Lula, e ... são os que torcem quando é preciso lutar.

Anónimo disse...

Bom post. Muito bom mesmo

Graciete Rietsch disse...

Não tenho uma opinião totalmente formada sobre os acontecimentos no Brasil, porque ando cansada e não tenho tentado informar-me convenientemente.
Sobre o Pelé e outros que tal, penso que são produto de uma sociedade que impõe valores de atração imediata, desprezando a análise, o pensamento e a cultura.
Entre nós algo de semelhante se passa.
Espero que continue e saia vitoriosa a luta por uma sociedade mais justa de que o futebol e o lazer também façam parte importante, como complemento, e não como objetivo de negócio.

m beijo.

MARIA POVO disse...

Sócrates (O jogador da bola do brasil) disse que andava nas manifs para estudar Gramsci!!!!
O pélé teve a resposta das redes: deixa o futebol e junta-te aos milhões!!!
mais informações para termos a noção exacta da realidade brasileira ver resistir.info.

Próxima semana VIVA A GREVE GERAL!!!

Ana disse...

"(...) Sobre o Pelé e outros que tal, penso que são produto de uma sociedade que impõe valores de atração imediata, desprezando a análise, o pensamento e a cultura. (...)"
Não partilho esta opinião que considero uma eterna desculpa que os desculpa eternamente. São pessoas, são responsáveis pelo que afirmam, pelo que fazem, por quem apoiam, por quem não defendem! E fazem/dizem justamente o que o poder quer que façam/digam.

Anónimo disse...

nem mais Ana (11:53). essa coisa do "coitadinho do povo"... etc, etc, já enerva e não há paciência para tanto "mimimi...".

vovómaria

trepadeira disse...

Parece haver uma certa incompatibilidade entre aquilo para que serve o tal futebol profissional e o pensar.

Abraço,

mário

filipe disse...

Sobre o Pélé, citação de um blogueiro (brasuca): "Pelé pede para que o povo apoie a Seleção Brasileira e esqueça as manifestações.Pelé em vez de apoiar a legítima manifestação popular, pede que os brasileiros esqueçam os protestos!!! NÃO ESQUEÇAM, a Fifa vai ter um lucro de R$ 10 bilhões com Copa do Mundo no Brasil. O Empresário Edson Arantes do Nascimento e a sua grife Pelé se mantém em plena forma no campo do marketing e fatura R$ 30 milhões por ano.
Imaginem então quanto ele vai ganhar com a Copa!!!"
Claro, né?
Abraços.

OLima disse...

Romário manda calar Pelé http://www.publico.pt/multimedia/video/romario-manda-calar-pele-20130620-145451

Luis Filipe Gomes disse...

Os futebolistas não diferem de qualquer outra classe profissional; e há de tudo.
O que é curioso é que as têvês que passaram o Pílé e a sua verborreia não passaram o que disse Romário.
Romário é deputado federal Pelo Partido Socialista Brasileiro (PS do Brasil nada tem a ver com Ps de Portugal). Romário foi um dos denunciantes da corrupção ligada aos desvios orçamentais na construção de estádios de futebol. Algo que aconteceu por cá e ajudou a levar ao Estado de Submissão e Ocupação em que nos obrigam a viver.
É pena que o Pilé não tenha visto que a verdadeira Selecção Brasileira está nas ruas e grita: "Mais estádios não, queremos escolas e hospitais, saúde e educação."
Fiquei a saber que o vendedor de Banha-da-Cobra que foi contratado por altura da construção de estádios cá, é o mesmo que está lá no Brasil agora. É de facto um tipo habilitado, pois por cá embandeirou o país, e mesmo hoje há gentinha que julga que a Portuguesa é o hino da selecção...a selecção do jogo da bola... do pontapé na bola.

Pintassilgo disse...


Um humilde Vicente faz o Pelé em merda.

Anónimo disse...

As estrelas do futebol, no geral, não passam de grunhos, imbecis ,mercenários da bola e peseteiros, passe a redundância: para eles, no geral, repito, a vida consiste em malas gucci, penteados preciosos dos seus cabelinhos, namoradas vistosas com silicone nas mamas e no cérebro, carros topo de gama, os seus comentários sempre fabulosos e originais: " penso que o grupo de trabalho se encontra unido" , " penso que o golo que marquei, foi todo o grupo de trabalho que marcou, foi o colectivo" , " penso que o mister é um grande treinador", " penso que vai ser um grande jogo', "o mister não me convocou mas penso que vou continuar a trabalhar para merecer a confiança do mister", " o que vou fazer? trabalhar, trabalar e trabalhar mais" penso que o adverdário tem uma grande equipa e um grande treinador" "penso que o jogo teve 2 partes distintas" etc.

Depois há a sofisticação: " penso que prognósticos só no fim"

Há a clarividência: " Na minha vida só tenho uma cor: o azul e o branco"

Há a inteligência: " Formamos uma boa dupla de três centrais".

Há a perspicácia dos comentadores" E neste momento entra um objecto estranho no relvado, certamente arremessado por um telespectador".

Há o comentador ecologista: " É um estádio muito bonito, sobretudo muito arejado"

Há o comentador visionário " Lá vai o rapidíssimo Lentini" ( Lentini um grande jogador italiano precocemente falecido em circunstâncias trágicas.

Há o comentador poeta " E agora, em pleno jogo, uma plácida mosca pousa ao de leve no ecrã da tv, invade-nos o jogo e interrompe-nos o pensamento"

E há o mais espantoso comentário que houvi sobre futebol, esse sim soberbo de ironia. Gary Lineker, england, um dos jogadores mais talentosos ( pés e cérebro) que conheci, depois de outra, mais uma, derrota de Inglaterra contra a Alemanha: " O futebol é um jogo com 90 minutos, dentro de 4 linhas, em que no final ganha a Alemanha.

O pelé ( escurinho) não passa de um tonto, que pensa com os pés, foi defensor da ditadura brasileira e só diz disparates. perdoai-lhe senhor.


Tudo isto para dizer o quê?

O Sócrates , jogador, foi um grande senhor, na bola e na vida.

Enquanto os colegas da bola se entretiam com as suas malas gucci, os seus esplendorosos penteados e as suas namoradas com silicone nas mamas e no cérebro, o Sócrates tirou o curso de Medicina e passou a vida, como médico, a tratar das crianças miseráveis das favelas de s. paulo.

Foi um extraordinário e respeitado ( em todo o mundo) dirigente sindical dos jogadores e, graças à sua intervenção, os jogadores brasileiros adquiriram direitos laborais e tornaram - se reinvicativos como nunca o tinham sido.

O Sócrates foi um enorme activista político, defensor feroz dos mais deprotegidos, combatente da ditadura, comentador de assuntos políticos e desportivos em várias publicações de esquerda, uma voz tonitruante e respeitada contra as injustiças sociais, respeitada no Brasil e no mundo. Uma pessoa por quem sempre tive uma admiração extraórdinária.

Sócrates, além de jogador de bola e de médico era um grande intelectual que andava em manifa para lutar por um brasil melhor e mais justo.

O Sócrates morreu no dia 4 de Dezembro de 2011, causa da morte: muito alcool, muito tabaco, sobretudo muita vida.


Isto posto,

O comentário a que respondo da comentadora Maria Povo " Socrates o jogador da bola do brasil disse que andava nas manifs para estudar Gramsi!!! , não só revela um absoluto desconhecimento de quem foi esse jogador de bola, mas revela sobretudo a imensa estupidez de quem faz comentários deste género.

Um tiro no pé, por conseguinte, assim do género: o jogo teve duas partes distintas : a primeira e a segunda.


O Puma disse...

Um dia
ao um dia
quando o povo sair
Todo
a rua

Meg disse...

Há criaturas que falam, outras... vomitam!!!!

Olinda disse...

De futebol,sou uma leiga.Nao gosto do que se passa ,ä volta dele e,desligo.Deu-me gozo ler,primeiro,este post,e depois,o comentârio do anôn. das 17:24.Aprendi,que houve um Sôcrates com consciencia de classe.
Quanto ao comentârio do Pêlê,acredito que nao foi ingênuo,ele tem um peso muito grande sobre as massas,e usou esse poder.

Um abraco