quinta-feira, 31 de outubro de 2013

O rato pariu uma montanha!

Quero dizer... o rato pariu uma montanha de propaganda, de mentiras, de baboseiras, aldrabices, banha da cobra, desculpas esfarrapadas para os crimes continuados que o seu bando de ratazanas governamentais cometeram e pensam ainda cometer contra os portugueses.
Guião... só se fosse de um filme “classe B”, misto de má ficção científica e estória de gangsters.
Entretanto, como parecem ainda não ter entendido que já quase toda a gente percebeu as suas manobras de desvio das atenções do essencial para o "fait-divers", manobras que consistem em anunciar, estrondosamente, umas porcarias quisquer... para depois de umas horas de reacções, virem dizer que não é nada, tudo não passa de mais um “estudo”... afinal, constatamos que o Governo não está particularmente interessado no número de cães ou gatos que mantemos nos apartamentos.
Afinal, o drama é outro! Pelo menos a ver pelo ar grave do indigente membro do Governo que veio falar do assunto, o indignado Governo está muito mais preocupado com o número de presidentes da “FÍFIA” que podem viver no apartamento do Cristiano Ronaldo... e que ainda por cima ficam lá sozinhos a dizer asneiras de cada vez que ele se desloca à “Cova da Irina”, em romagem de saudade e profissão de sentida fé.

Haja pachorra!!!

7 comentários:

OLima disse...

Cada vez mais desconfio de que o ruído à volta da rábula do presidente da FIFA terá sido aproveitado para fazer uma cortina de fumo a questões como esta http://www.publico.pt/desporto/noticia/fpf-gastou-o-dobro-do-previsto-com-as-seleccoes-a-e-sub21-1610831

Anónimo disse...

Peregrinar na Cova da Irina não deve ser nada mau.
Especialmente para quem ainda tenha alguma "fé"...

Rui Silva

luís rodrigues coelho Coelho disse...

...estou como dizes...
-Já não há pachorra...para tantas e tão ignóbeis mentiras e comunicados ocos, vazios de oportunidade e de verdade...
Caras sérias só mesmo aquela que vimos...PPortas

Graciete Rietsch disse...

Temos que fazer um grande esforço para não a perder e continuar a lutar, a lutar ... a tentar esclarecer.

Um beijo.

Anónimo disse...

Homem, não foi o rato, foi o caldas:

http://malandricesdascaldas.no.sapo.pt/images/falo.jpg

deixo o boneco certo para dedicar ao Governo neste post.

Maria João Brito de Sousa disse...

Já não há, não, Samuel... e eu até tenho a versão virtual de um rato que vai parindo montanhas...


Abraço!

Antuã disse...


É um grande rato!