quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Rescaldos, pormenores... e “pormaiores”




Parada de Todeia. Já ouviram falar? É uma pequena freguesia do concelho de Paredes, ali junto ao Porto. No fim da minha intervenção musical, a que se seguiria a Luísa Basto, eram 11 da noite do último dia de campanha entre aquele pequeno aglomerado de pessoas firmemente convencidas de que, embora rodeadas por dezenas de freguesias PSD e PS... a CDU ia ter maioria. Depois da viagem de trezentos e cinquenta quilómetros até casa, onde cheguei pelas 3 da madrugada, só tive que esperar umas horas para ter a confirmação: A CDU teve a maioria! Quase 54%!!! Esta última acção de campanha, naquela espécie de aldeia gaulesa do Asterix, como que deu o mote para o que aconteceria no país.
Lá mais em cima, em Viana do Castelo, “um pontinho vermelho” (como lhe chamou uma amiga) na Meadela em que vivi quando tinha 5/6 anos de idade.
Na cidade de Santarém, a tão gostosa novidade do aparatoso “malho” da candidata do PS... mas isso é conversa mais privada.
Entre tantas estórias e pormenores de campanha, como não destacar as grandes emoções de Loures, Évora, Beja e Grândola... e as outras Câmaras e Juntas, pois a CDU não tem autarquias "filhas ou enteadas”.
Para ser mais exacto e para usar o termo “surreal” empregado pela “rtp-n” e que o Miguel Tiago tão bem apontou... enquanto o PS conquista X, o PSD ganha Y e o CDS tem Z... os comunistas “controlam” 34 Câmaras. A saber:
Avis,
Évora,
Castro Verde,
Serpa,
Moita,
Cuba,
Alandroal,
Alcácer,
Peniche,
Alvito,
Beja,
Grândola,
Vila Viçosa,
Arraiolos,
Constância,
Palmela,
Sobral de Monte Agraço,
Mora,
Monforte,
Almada,
Seixal,
Santiago do Cacém,
Alpiarça,
Sesimbra,
Silves,
Loures,
Benavente,
Barreiro,
Vidigueira,
Alcochete,
Moura,
Setúbal,
Montemor-o-Novo,
Barrancos.
Em quase todos esses lugares participei, ao longo dos anos, em sessões culturais em que, teimosamente, insisti numa certa maneira de cantar. Em certos autores. Num reportório que está, ano após ano, a desmentir as copiosas notícias sobre o seu inevitável desaparecimento.
Fica a alegria e a sensação modestamente pretensiosa (passe o oximoro) de ter contribuído com algumas gotas para o mar de esforço e dedicação dos activistas e militantes da CDU.


É bom!

22 comentários:

Provoca-me disse...

O Camarada consegue-me explicar porque não conseguimos conquistar Sines?

Parabéns pelo seu trabalho musical e pela sua escrita.

Ana disse...

É bem verdade: cá temos Loures! E cá temos a freguesia de Loures também com uma vitória expressiva em quase todas as mesas de voto!

José Oliveira disse...

Estou a ver o programa Opnião Pública na SIC NOTÍCIAS e chego à conclusão que o PSD tem um canal de TV, a SIC devia mudar de sigla. O programa é sobre a derrota do PSD, estou à espera de um programa sobre a vitória da CDU.

Anónimo disse...

Bom +

Anónimo disse...

Samuel

Dois pequenos pormaiores:

1 - Não se diz "empregado" mas "empregue" Empregado ê coisa de capitalistas e imperialistas. Sionistas, quiçá...

2 - Já o "controlam" : GOSTEI. aí você já esteve muito bem Samuel.

samuel disse...

Anónimo (13:47):

Caro anónimo… quanto ao "empregue" versus "empregado"… vá estudar melhor a coisa!

Quanto à ironia sobre o "controlam", empregado por alguém da "rtp-n"… se não percebeu a piada, lamento. Por si, evidentemente!!! :-) :-) :-)

Perdeu uma magna oportunidade de não fazer figura de urso! :-)

Graciete Rietsch disse...

Ainda emocionada, só posso dizer "foi uma bela noite".
Continuemos a luta ainda com mais força, porque esta vitória demonstra que a luta compensa.

Um beijo.

Graciete Rietsch disse...

Ainda emocionada, só posso dizer "foi uma bela noite".
Continuemos a luta ainda com mais força, porque esta vitória demonstra que a luta compensa.

Um beijo.

João de Sousa Teixeira disse...

Tão não é?! Deixem-me sonhar!

Carlos Fernandes disse...

Amigo Samuel, parabéns por mas este espetacular "post", esta vitória é boa mas acima de tudo é o reconhecimento da obra feita.
Espero que mais e mais freguesias e depois concelhos, venham, mesmo que aos poucos, a perceber que os comunistas, verdes e outros democratas não comem criancinhas nem dão injeções atras da orelha aos velhinhos, mas sim lutam pelo o bem do povo.
A utopia não tem limites e um dia seremos verdadeiramente livres.
A luta Continua
Viva o Socialismo
Viva a CDU
Viva o PCP

J disse...

o pontinho vermelho da Meadela corresponde, na verdade, à União de Freguesias de Viana do Castelo (St Maria Maior e Monserrate) e Meadela. A CDU teve 4161 votos, o PS 3415, o PSD 1703, o CDS 597 e o mrpp 290. A maior agregação de freguesias do distrito foi conquistada, com muito trabalho, pela CDU. separadamente, já foram as 3 da CDU. a da meadela perdemos há já largos anos, e não temos tido resultados famosos. a de monserrate disputamos em todos os actos eleitorais, há 4 anos perdemos por meia duzia de votos. a de st maria maior sempre foi nossa. a ideia de as juntar era, precisamente, e contando com a meadela, roubarem-nos as outras duas. saiu-lhes mal. Viva a CDU!

J disse...

ah, e em Parada de Toudeia tivemos 67,75%.

PCP - PEV 67,75% 748 votos
PS 20,20% 223 votos

Anónimo disse...

Sábado, às 16 horas, na Voz do Operário, Homenagem ao Poeta da Revolução, José Carlos Ary dos Santos.
As Portas que Abril Abriu

Carmem Santos
Fernando Tavares Marques

Coro Lopes-Graça
Manuel Freire
Samuel
Luísa Basto

Associação Conquistas da Revolução

Antuã disse...


Meu asnático anónimo empregue não existe em português.

samuel disse...

J:

Boa e oportuna correcção, caro J.

Então… já não se pode chamar bem um pontinho. Já começa a ser um "pontão"! :-) :-) :-)

Bom trabalho!


Ah… e sobre Parada de Todeia, olha só a quantidade de votos que ainda estavam por confirmar depois da última vez que o "Expresso" actualizou os números!!! :-) :-)

Maria disse...

É Muito Bom!!!
E todo o cansaço desaparece...

(o pontinho é vermelho!)

Abreijos

samuel disse...

Maria:

Já está extensamente emendado!!! :-) :-) :-)

Abreijos!

MM disse...

Só é pena que não existam muitos mais artistas comprometidos com o lado justa da luta! Obrigado pelo teu esforço em prol do colectivo.

Anónimo disse...

ó colega anónimo e asinino:

tem razão: empregue não existe em português, tal como não existe encarregue ou entregue. Deve existir é em chinês ou, com alguma sorte, em japonês...

Anónimo disse...

Eu também li que os comunistas "reinam agora" . Reinado? reinação? enfim Freud deve explicar este mal estar jornalistico!!!! Mgantes

Anónimo disse...

Os laranjas tresmalhados vão ser expulsos, mas parece que é normal, está no estatutos... Se fosse no PCP era caça às bruxas.

Anónimo disse...

Caça às bruxas: está-se a referir a qual dos dois josés: ao joseph maccarthy ou ao josef stalin?